Europa

A vitória do Galatasaray no clássico contra o Besiktas promete um final fervilhante ao Campeonato Turco

A temporada passada do Campeonato Turco foi bem ruim para o trio de ferro. Enquanto o Basaksehir conquistava o inédito título, os três gigantes de Istambul encaravam suas crises particulares. O Besiktas não foi tão mal assim, na terceira colocação, que valeu uma vaga nas preliminares da Champions por conta das punições ao vice Trabzonspor. O Galatasaray, porém, acabou apenas em sexto e o Fenerbahçe foi o sétimo, sem participar das copas europeias. Por conta disso, o investimento dos três aumentaria e, na atual campanha, o trio de ferro voltou a reinar. Mais do que isso, os rivais proporcionam uma Süper Lig emocionante em 2020/21, com uma disputa acirrada pela taça. Neste sábado, a vitória do Galatasaray sobre o Besiktas por 3 a 1 abriu a briga para as duas últimas rodadas, com os três times separados por três pontos.

Durante o primeiro turno, outros clubes secundários ainda tentavam se meter na disputa pelo título – em especial o Alanyaspor, líder por dez rodadas, mas apenas sétimo colocado no momento. A metade do campeonato, no entanto, já mostrava como os três candidatos seriam os três maiores campeões nacionais. A janela de transferências de janeiro auxiliou, com investimentos significativos de Fenerbahçe, Galatasaray e Besiktas. Enquanto isso, o campeão Istambul Basaksehir não apenas estava fora da disputa, como também atravessou grande parte da campanha ameaçado pelo risco de rebaixamento.

O Besiktas é quem se mostra mais forte pelo título. Os alvinegros passaram grande parte do campeonato na primeira colocação. Tirando um breve período de seis rodadas na virada dos turnos, as Águias acumulam 18 partidas na liderança. O desempenho arrasador de seu ataque ajuda bastante – com o sucesso do trio formado por Vicent Aboubakar, Rachid Ghezzal e Cyle Larin. O Galatasaray foi quem liderou durante o período em que os rivais sofreram uma queda. Fatih Terim é um especialista na Süper Lig e o desempenho da defesa liderada por Fernando Muslera é um trunfo. Mais à frente, Radamel Falcao García é o artilheiro, mesmo se ausentando em parte da campanha por lesão. Já o Fenerbahçe não vê Mesut Özil causar o impacto esperado, mas conta com Enner Valencia e Ozan Tufan entre os destaques. O treinador é o recém-aposentado Emre Belözoglu, que assumiu interinamente após a saída Erol Bulut, demitido em meio a uma sequência instável em março.

O Besiktas até poderia ter saído com o título neste final de semana. Bastava ganhar do Galatasaray e contar com pelo menos um empate do Fenerbahçe. Não foi o que aconteceu. O Fener cumpriu sua missão com dificuldades, ao derrotar o Ankaragücü fora de casa por 2 a 1, graças a um gol de Enner Valencia aos 51 do segundo tempo. Já o Galatasaray fez sua parte no clássico, ganhando por 3 a 1 na Türk Telekom Arena. Ryan Babel abriu o placar para os Leões e Rachid Ghezzal empatou ao Besiktas. Antes do intervalo, Falcao converteu um pênalti que ele mesmo sofreu para retomar a vantagem ao Gala. Por fim, no segundo tempo, Arda Turan sairia do banco e marcaria o terceiro logo nos primeiros minutos em campo.

O Besiktas ainda lidera com 81 pontos, mas o Fenerbahçe tem com 79 e o Galatasaray soma 78. Os alvinegros vinham de uma goleada por 7 a 0 sobre o surpreendente Hatayspor, quinto colocado, e a derrota no clássico foi apenas sua terceira no segundo turno. Porém, os concorrentes também possuem motivos para acreditar. Com Emre Belözoglu, o Fener ganhou seis dos últimos oito jogos e o treinador interino permanece invicto. Já o Galatasaray acumula quatro vitórias consecutivas, sem perder há sete compromissos.

A tabela do Galatasaray é a mais fácil. Pega o rebaixado Denizlispor e o Yeni Malatyaspor no meio da tabela. O Besiktas encara Karagümruk e Göztepe, ambos na zona intermediária. Já o Fenerbahçe é quem tem o adversário mais difícil, o sexto colocado Sivasspor, além de jogar contra o Kayserispor, que ainda luta pela permanência na elite. Na próxima terça-feira, as equipes voltam a campo para a penúltima rodada, enquanto a última ocorrerá no sábado que vem. Vale ficar de olho numa corrida que traz consigo uma ferrenha rivalidade e grandes chances de emoção.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo