Champions LeagueEuropa

Arsenal, Schalke e os novos confirmados na Champions

A Liga dos Campeões já tem 27 de seus 32 participantes confirmados. Nesta terça-feira, mais cinco clubes carimbaram o passaporte à fase de grupos. E ao menos esse primeiro dia de decisões nos playoffs não contou com grandes surpresas. Arsenal, Basel, Austria Viena, Steaua Bucareste e Schalke 04 – este com uma dose exagerada de aflição – avançaram. Confira um resumo sobre cada um dos resultados:

 

 

Wenger diz: “Sai zica!”

A situação do Arsenal parecia bastante resolvida depois da vitória por 3 a 0 em Istambul. O Fenerbahçe até deu sufoco em alguns momentos, mas nada suficiente para atrapalhar a atuação tranquila dos Gunners no Emirates. Aaron Ramsey voltou a fazer diferença e anotou os dois gols no triunfo dos londrinos por 2 a 0. Ótimo negócio para Arsène Wenger, que chega a sua 16ª participação consecutiva na fase de grupos da Liga dos Campeões e terá um trunfo a mais para convencer seus alvos nos últimos sete dias de mercado de transferências.

Draxler merece um aumento

Greece Soccer Champions League

Diante do início errante na Bundesliga, o Schalke 04 também viveu um drama para confirmar presença na fase de grupos pelo segundo ano seguido. Depois do empate por 1 a 1 em Gelsenkirchen, os Azuis Reais até abriram o placar em Salônica, com Adam Szalai. No entanto, o PAOK empatou e ia levando o jogo para a prorrogação com um homem a mais em campo, depois que Jermain Jones foi expulso. Por sorte, os alemães contam com o talento de Julian Draxler, que fez o segundo e serviu outro tento de Szalai, garantindo a vitória por 3 a 2, mesmo depois do gol de Kostas Katsouranis.

Austria Viena quer ser o novo lanterna?

O Dinamo Zagreb bateu cartão nas últimas três edições da Liga dos Campeões, sempre como saco de pancadas da fase de grupos. Porém, o Austria Viena não permitiu que os croatas retornassem ao torneio. Após a vitória por 2 a 0 em Zagreb, os austríacos perdiam por 3 a 1 em casa e estavam sendo eliminados até os 37 minutos do segundo tempo, quando Roman Kienast fez o gol salvador. Os violetas nunca haviam disputado a LC no atual formato e marcam o retorno de um clube do país à fase de grupos após oito anos.

Steaua faz a festa de Gigi Becali na prisão

O Steaua Bucareste vacilou em casa ao empatar por 1 a 1 contra o Legia Varsóvia. Por isso mesmo, os romenos correram atrás do resultado na Polônia. Os donos da Champions em 1986 abriram dois gols logo de cara, com Nicolae Stanciu e Federico Piovaccari, e até permitiram o empate, mas os gols fora de casa foram suficientes para carimbar a classificação. O Steaua não ia à fase de grupos desde 2008/09. Festa garantida na prisão onde cumpre pena Gigi Becali, o excêntrico presidente que evitou perdas no mercado justamente visando a LC.

Basel fecha as portas ao novo rico búlgaro

Assim como o Arsenal, era o jogo cujo resultado parecia mais previsível. O Basel tinha vencido por 4 a 2 na Bulgária e tinha ampla vantagem nos gols fora de casa contra o Ludogorets. Para não dar margem ao erro, os suíços provaram que têm mesmo o melhor time e venceram com tranquilidade na Basileia, 2 a 0, gols de Fabian Frei e Philipp Degen. Semifinalista da última Liga Europa, o Basel havia participado da Champions pela última vez em 2011/12, quando deixou o Manchester United na fase de grupos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo