Europa

A festa da torcida foi tão grande que nem deixou o amistoso do Galatasaray acabar

O fanatismo da torcida do Galatasaray faz fama muito além de Istambul. A paixão é evidente a cada partida na Turk Telecom Arena, pela intensidade da vibração que sai das arquibancadas. E não é preciso nem estar dentro de casa para os torcedores dos leões deixarem isso visível. Como aconteceu neste sábado, de maneira até exagerada. O clube fazia amistoso contra a Udinese na Áustria. Só que, por conta de seus ultras, o duelo sequer passou do primeiro tempo.

A torcida do Galatasaray foi ao acanhado estádio na cidade de Klagenfurt muito bem municiada com sinalizadores e fumaça nas cores do clube. Só que a proximidade do campo fez com que a festa atrapalhasse o jogo. A ponto também dos ultras se empolgarem demais e começarem a arremessar os sinalizadores na beira de campo. Por mais que os jogadores já tivessem parado de jogar e pedissem pelo fim da festa, os fanáticos não estavam nem aí. O que valia não era o amistoso em si, mas a manifestação da paixão. Que, desta vez, prejudicou o próprio clube.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo