Europa

20 times europeus que excedem as expectativas em suas ligas e entram na Data Fifa em alta

Das grandes ligas às nanicas, reunimos alguns destaques das competições nacionais pela Europa neste início de temporada

A Data Fifa geralmente é um momento de balanço para os clubes ao redor da Europa. E a pausa de novembro é a mais importante deste segundo semestre, já que a maioria absoluta dos campeonatos nacionais passou das primeiras dez rodadas e muitos contam com sequências duras de jogos até a virada do ano – ou até a pausa de inverno. Aproveitando esse período, destacamos também algumas equipes que excedem as expectativas e aparecem como boas surpresas em suas competições.

Foram selecionados 20 times, um por liga, com algumas menções honrosas dentro de cada campeonato. Nos principais países, times como Napoli e Real Sociedad se firmam neste primeiro momento como candidatos ao título, enquanto West Ham e Freiburg são potenciais novidades na Champions. Além disso, percorremos também as brigas em outras tantas competições secundárias. O Trabzonspor disparou na Turquia e pode quebrar um jejum de quase quatro décadas, enquanto a Union St. Gilloise ficou quase meio século fora da elite belga e já almeja recuperar a taça depois de 86 anos de seca. Confira o giro pelo continente:

Napoli

O Napoli não é exatamente uma novidade na luta pelo Scudetto. Durante os últimos anos, os celestes brigaram pelo título, sobretudo sob as ordens de Maurizio Sarri. Entretanto, o clube parecia mais distante desta condição depois da temporada passada, com um desempenho não mais do que morno na Serie A. A chegada de Luciano Spalletti renovou os ares na Campânia e, com o elenco bem servido que possuem, os napolitanos excedem as expectativas com uma fantástica largada na competição. E o cenário parece aberto, contra um Milan que também há tempos não leva o troféu. Nada comparado, porém, com os 31 anos de jejum do Napoli desde a época de Maradona. A volta da Data Fifa tende a ser decisiva, com o duelo diante da Inter logo de cara. Até a pausa de inverno, os partenopei ainda pegam Lazio, Atalanta e Milan – com o confronto direto em 19 de dezembro. Mais abaixo, a Fiorentina enfim mostra um nível competitivo para almejar as copas europeias, enquanto o Verona chama atenção pelos resultados de peso recentes.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Real Sociedad

Ver a Real Sociedad nas cabeças de La Liga não é exatamente algo novo. A equipe já se meteu entre os primeiros colocados na temporada passada, até perder o fôlego exatamente na maratona da virada de ano. Ainda assim, os bascos não chegaram a passar cinco rodadas consecutivas na liderança, como agora, apesar da vantagem de terem feito uma partida a mais que os concorrentes. O time de Imanol Alguacil demonstra boa consistência e tem lidado melhor com os desfalques por lesão, que atrapalharam bastante no último ano. Nem mesmo a ausência de Mikel Oyarzabal, que começou a campanha em excelente forma, tirou o embalo recente. O momento inclui uma série invicta de 12 partidas na liga. Até a pausa de inverno, o principal duelo ocorre contra o Real Madrid. Vale destacar ainda outras boas novidades na corrida pelas copas europeias na Espanha: o Rayo Vallecano é quem mais chama atenção, ao voltar agora da segundona e apresentar ótimo futebol com Andoni Iraola, mas Betis e Osasuna também surgem acima do esperado.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

West Ham

O West Ham de novo indica que pode brigar em alto nível, algo que já tinha feito na temporada passada. O time de David Moyes disparou sobretudo no segundo turno passado, mas não teve fôlego para o G-4 na reta final – ainda assim, descolou a vaga inédita na fase de grupos da Liga Europa. Com bons reforços e protagonistas antigos gastando a bola (com menção especial a Michail Antonio), os Hammers conseguem acompanhar de perto os primeiros colocados e até já pintaram na primeira colocação na terceira rodada. Mais recentemente, os londrinos emendaram quatro vitórias consecutivas, batendo inclusive times à frente na tabela naquele momento – Everton, Tottenham, Liverpool. Agora, se dão ao luxo de aparecerem à frente dos Reds, além de somarem a mesma pontuação do Manchester City. Novas provas de fogo ocorrerão exatamente na virada do mês, pegando o City uma semana antes do Chelsea. Mais abaixo, o Brighton é uma novidade bacana, mas perdendo o ritmo com os muitos empates.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Freiburg

Ver o Freiburg operando acima de suas expectativas não é novidade na Bundesliga. É fruto do excelente trabalho de Christian Streich, que completará uma década no cargo dentro de algumas semanas e que já botou o clube na Liga Europa. A chance de disputar a Champions League, ainda assim, seria inédita à equipe da Floresta Negra. Apesar da compreensível derrota para o Bayern de Munique antes da Data Fifa, o Freiburg emendou uma sequência de dez rodadas de invencibilidade, com vitórias contra adversários como o Borussia Dortmund e o Wolfsburg. O fim do primeiro turno só guardará o Bayer Leverkusen entre os concorrentes nas primeiras colocações. E a vantagem dentro do G-4 já é de razoáveis quatro pontos. A classificação para a Champions seria um feito imenso, justo na temporada em que foi inaugurado o novo estádio. No resto do pelotão de frente da Alemanha, olho no crescimento recente do Mainz, que melhorou muito desde a chegada de Bo Svensson na temporada passada.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Lens

Não será dessa vez que o Paris Saint-Germain perderá o título da Ligue 1. O segundo colocado já está dez pontos atrás. Mesmo assim, a vice-liderança representa demais ao Lens, campeão nacional em 1997/98. O Sang et Or já tinha feito uma campanha interessante na temporada passada, quando voltava à elite e só perdeu a vaga na Conference durante a última rodada. Alguns destaques até saíram, mas o técnico Franck Haise tem conseguido elevar ainda mais o patamar, contando com o bom rendimento sobretudo de Jonathan Clauss. O time até perdeu três jogos neste início de campanha, mas já venceu Monaco, Lille e Olympique de Marseille. A sequência pós Data Fifa é mais tranquila, complicando a partir do duelo com o PSG no início de dezembro. Nice e Rennes, de alguns bons trabalhos recentes, são outros candidatos fortes à Champions.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Estoril

A disputa pelo Campeonato Português não deve fugir de Porto, Sporting e Benfica – já disparados nas primeiras colocações. Mas quem pode descolar uma vaguinha na Conference novamente é o Estoril. O clube então ligado à Traffic chegou a disputar duas edições da Liga Europa, mas entrou em declínio e acabou rebaixado em 2018. Foram três campanhas consecutivas na segunda divisão, até o acesso finalmente conquistado na última temporada. E a volta à elite começa de maneira positiva, com apenas uma derrota para o Sporting. A equipe de Cascais chegou a arrancar inclusive um empate do Benfica há duas rodadas. Logo no início de dezembro, o time fará um importante confronto direto com o Braga, uma posição abaixo e seu concorrente direto. Outra equipe de menos tradição que parece se candidatar às copas europeias é o Portimonense.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Sochi

O Sochi é um clube relativamente recente, fundado em 2018 a partir da mudança do Dynamo Saint Petersburgo para ocupar o Estádio Olímpico Fisht, após os investimentos em Sochi para os Jogos Olímpicos de Inverno e a Copa do Mundo. O novo time passou a receber amplo apoio do poder público, conquistou o acesso à elite em 2018/19 e já terminou em quinto na temporada passada, alcançando as preliminares da Conference. Agora, desponta como uma das principais ameaças ao Zenit no Campeonato Russo. Os novatos, treinados por Vladimir Fedotov, ocupam a segunda colocação na tabela. O time chegou a golear o CSKA Moscou na rodada passada, além de ter vencido Zenit e Spartak Moscou em compromissos anteriores. Serão mais quatro duelos até a pausa de inverno, incluindo Krasnodar e Spartak já pelo segundo turno. O Dynamo Moscou, 11 vezes campeão soviético, é outro vivo na disputa pelo título nacional – que não leva desde 1976. Os moscovitas contam com vários jogadores com nível de seleção e são dirigidos por Sandro Schwarz, ex-Mainz.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Trabzonspor

O Trabzonspor é a quarta força do Campeonato Turco e um dos únicos três clubes que conseguiram quebrar a hegemonia do trio de ferro de Istambul pela taça. O pioneirismo dos azulgrenás nesse rompimento, contudo, está restrita ao passado. Mesmo com seis títulos nacionais, o clube não ergue o troféu desde 1984. Desde então, a torcida aprendeu a conviver com uma sina de vices, cinco nos últimos 26 anos, o último deles em 2019/20. Agora, o caminho parece aberto para transformar a história. Mesmo com o investimento dos clubes de Istambul em novas estrelas, o Trabzonspor também trouxe seu pacote de medalhões (Gervinho, Marek Hamsik, Andreas Cornelius) e abriu sete pontos de vantagem na liderança. O técnico Abdullah Avci já treinou a seleção e é um dos principais responsáveis pela ascensão do Basaksehir, agora fazendo história em Trebizonda. Numa campanha ainda invicta, os azulgrenás já bateram Fenerbahçe e Besiktas – este na última rodada. O detalhe é que as forças tradicionais sequer aparecem nas três primeiras posições. O vice-líder é o Hatayspor, em seu segundo ano na elite e com alguns medalhões. Em terceiro surge o Konyaspor, e só então o Galatasaray em quarto.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Hearts

O Rangers já abriu uma vantagem de quatro pontos na liderança do Campeonato Escocês, mas a presença do Hearts na disputa ao menos por vaga na Champions é bastante expressiva. O clube de Edimburgo, afinal, voltou da segunda divisão nesta temporada e já faz uma campanha bem satisfatória na elite. Os grenás ocupam o terceiro lugar, na cola do Celtic, e miram a volta à Champions pela primeira vez desde as preliminares de 2006/07. O Hearts sofreu apenas uma derrota nas 13 primeiras rodadas da liga, apesar dos muitos empates que atravancam um pouco o rendimento. Ao menos, chegaram a bater o Celtic na abertura do torneio e arrancaram o empate na visita ao Rangers em Ibrox. No início de dezembro, o time dirigido por Robbie Neilson se reencontra com os adversários de Glasgow. O clube, vale sublinhar, não é campeão nacional desde 1960.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Union St. Gilloise

A mera presença da Union St. Gilloise na elite do Campeonato Belga já deveria ser festejada. O clube soma 11 títulos nacionais, o último deles em 1935, mas o ocaso resultou numa sequência de 48 anos longe da primeira divisão. A recuperação recente teve envolvimento de Tony Bloom, mesmo dono do Brighton, e a conquista do acesso na temporada passada após quase meio século indicava o reerguimento de um clube tradicional. Pois mesmo sem fazer contratações extravagantes, o gigante adormecido surpreende na primeira colocação. O time treinado por Felice Mazzu conquistou dez vitórias em 14 rodadas, chegando a bater o Anderlecht logo na estreia, além de golear o Standard de Liège. Melhor ainda, a tabela nas próximas rodadas é bastante tranquila, permitindo que a surpresa abra uma vantagem maior que os atuais quatro pontos. O vice-líder é o Royal Antuérpia, outro que se reconstrói, mas que vem de uma recuperação mais evidente nas temporadas recentes e gastou bastante nesta janela – incluindo Radja Nainggolan como nova referência.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Osijek

O Campeonato Croata começa bem aberto nestas primeiras rodadas, com quatro times fortes na disputa. Rijeka e Hajduk Split são forças recorrentes, da mesma forma como o multicampeão Dinamo Zagreb luta por uma nova taça. O destaque positivo é o Osijek, que divide a ponta com o Rijeka e ainda possui a melhor defesa da competição. Os alviazuis até foram vice-campeões na última temporada, mas são tradicionalmente um time de meio de tabela que no máximo conseguiu períodos de aparições mais frequentes na Liga Europa / Copa da Uefa. O time dirigido por Nenad Bjelica só perdeu duas partidas nas primeiras 14 rodadas da liga, com triunfos sobre Hajduk Split e Rijeka. A grande notícia, de qualquer forma, é a maneira como o Dinamo Zagreb não começa tão bem e, com uma partida a menos que os concorrentes, abre brechas à tabela parelha.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Apollon Limassol

Depois de nove rodadas, o Campeonato Cipriota vê três equipes mais à frente na tabela. E o líder Apollon Limassol não vive o gosto da glória há algum tempo. Os alviazuis possuem três títulos da competição, mas não são campeões desde 2006. Todavia, dois vices recentes (incluindo na última temporada) e os títulos na Copa do Chipre indicam que dá para sonhar. O técnico é o alemão Alexander Zorniger, que iniciou a ascensão do RB Leipzig nas divisões de acesso, e lidera uma equipe com sete vitórias em nove jogos. Logo atrás, o vice-líder AEK Larnaca vem de uma década com vários títulos. Outra novidade é o terceiro, Aris Limassol, que tenta levar um título inédito para casa. Atual campeão, o Omonia Nicósia é o modesto oitavo colocado.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Slovácko

O Campeonato Tcheco atravessa um início parecido com o do Campeonato Croata. São quatro candidatos fortes nesse momento, mas três que não representam novidades: Slavia Praga, Viktoria Plzen e Sparta Praga. O intruso aí é o Slovácko, a somente três pontos da liderança. O clube fica localizado na cidade de Uherské Hradiste, de apenas 25 mil habitantes, próxima à fronteira com a Eslováquia. Presente na elite desde o início do século, o time já tinha feito uma boa campanha na temporada passada, quando terminou em quarto e se classificou para as preliminares da Conference League. Agora, parece possível de almejar mais: foram só duas derrotas em 14 rodadas, exatamente para Slavia e Plzen. Na volta da Data Fifa, o encontro com o Sparta será determinante. O elenco aposta em Michal Kadlec e Milan Petrzela, veteranos da seleção tcheca.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Puskás Akadémia

A Puskás Akadémia surgiu como filial do Fehérvár, mas logo começou a receber um investimento enorme para alcançar a elite do Campeonato Húngaro, deixando seu intuito na formação de jogadores. Tal ascensão não é coincidência: o time está sediado em Felcsút, cidade onde o presidente Viktor Orbán cresceu, e recebe um dinheiro irreal para sua realidade graças às costas quentes. Os bons resultados recentes já renderam o vice-campeonato nacional na temporada passada, mas 20 pontos atrás do campeão Ferencváros. Nesta campanha, em compensação, a Puskás Akadémia briga ponto a ponto com a potência de Budapeste – A equipe venceu oito dos 11 primeiros jogos, incluindo camisas pesadas como Honvéd e MTK. O primeiro duelo com o Ferencváros, entretanto, só acontece no início de dezembro. Em terceiro, também no páreo, o Kisvárda é outro clube de ascensão recente.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Shkupi

Histórica força do Campeonato Macedônio do Norte, o Vardar foi rebaixado na última temporada. E o cenário aberto vê o Shkupi tomando à frente na tabela. O clube fundado em 2012 estreou na elite em 2015/16 e acumula boas campanhas, incluindo um vice na última temporada. Agora, parece pronto a levar o inédito troféu, diante do desempenho morno dos tradicionais Shkëndija e Rabotnicki. Os Azuis chegaram a emendar seis vitórias seguidas, inclusive vencendo dois confrontos diretos contra equipes que então ocupavam a vice-liderança. Atualmente em segundo aparece a Akademija Pandev, fundada por Goran Pandev e que tenta o troféu inédito após desempenhos destacados nos últimos anos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Zürich

O Campeonato Suíço parece dar brecha para que o tetracampeonato do Young Boys se encerre. Quem lidera é o Basel, vencedor dos oito títulos anteriores. Já o vice-líder é o Zürich, última equipe além da dupla a levar a taça, no longínquo ano de 2009. Pela tradição de quem tem 12 troféus na liga, os alviazuis não fizeram muito barulho ao longo da última década, com apenas duas aparições no pódio desde 2009/10. Por isso, colar no rival Basel já é bastante significativo. O time de André Breitenreiter sofreu apenas duas derrotas até o momento, apesar de ter sido goleado pelo Young Boys. Outro revés foi contra o Basel, diante de quem também arrancou um emocionante empate por 3 a 3. O destaque é a forma como o Zürich cumpre sua parte contra equipes menores. No fim de novembro, outro teste de força ocorre no reencontro com o Young Boys.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Koper

O Campeonato Esloveno apresentou uma novidade na temporada passada, com o Mura, campeão inédito num emocionante desfecho. O bi parece difícil para o atual quinto colocado. A liderança, em compensação, é de outro time pouco cotado: o Koper, que levou seu único troféu em 2010. Os tradicionais Maribor e Olimpija estão à espreita na tabela, mas os azarões se aproveitam da inconsistência dos favoritos para liderar com nove vitórias em 16 rodadas. O detalhe é que o Koper foi apenas o nono colocado na última campanha, safando-se do rebaixamento nos playoffs contra o Krka, da segunda divisão. Os auriazuis estavam caindo até os 39 do segundo tempo do duelo decisivo, quando conseguiram marcar e evitar o vexame em casa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Lechia Gdansk

Uma das maiores surpresas da temporada até o momento está na vice-lanterna do Campeonato Polonês, já que o Legia Varsóvia atravessa por um momento caótico e corre o risco de um impensável rebaixamento após o último título. E a desgraça dos favoritos abre o caminho para outros sonharem. O líder é o Lech Poznan, mas logo atrás seus perseguidores querem o título inédito. O Lechia Gdansk só aparece em segundo pelo saldo e tenta o troféu da liga após ter levado a Copa da Polônia recentemente. O time dirigido por Tomasz Kaczmarek está invicto há oito rodadas e chegou a derrotar o Legia por 3 a 1, no primeiro encontro com os atuais campeões. A terceira posição é do Pogon Szczecin, que nunca foi além do vice, enquanto o quarto é o Raków Czestochowa, que despontou mais recentemente, atual vice da liga e vencedor da copa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Racing Union

O tradicional Dudelange lidera o Campeonato Luxemburguês, perseguido pelo UNA Strassen, clube que só mais recentemente despontou na primeira divisão. Mas a história mais interessante é do Racing Union, fundado em 2005 a partir da união de vários clubes – com menção principal ao Spora, terceiro maior campeão nacional. Por esse passado, o novo time herdou nada menos que 28 troféus da liga – incluindo o primeiro de todos, levado pelo antigo Racing Club em 1910. Entretanto, o passado rico não resultou em feitos por osmose e o atual Racing Union nunca passou de um vice-campeonato. Atualmente, são apenas dois pontos atrás dos líderes, contra os quais sofreram uma eletrizante derrota por 4 a 3 em setembro. O novo embate com o Dudelange ocorrerá só em fevereiro.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Petrocub Hîncesti

Justo na temporada em que vira a grande zebra da Champions League, o Sheriff Tiraspol abre caminho à concorrência no Campeonato Moldavo. É verdade que a segunda colocação dos aurinegros é enganosa, com três partidas atrasadas por conta dos compromissos continentais. Ainda assim, com três pontos de vantagem, o Petrocub Hîncesti surpreende na primeira posição. O clube fundado em 1999 se acostumou a figurar entre os três primeiros colocados nas últimas temporadas, além de faturar a Copa da Moldávia em 2020 – emendando também aparições na Liga Europa e na Conference. Ainda assim, romper o atual hexacampeonato do Sheriff seria surpreendente ao representante de uma cidade de 12 mil habitantes. O Petrocub soma 12 vitórias em 16 partidas, mas perdeu os dois embates diante do Sheriff realizados até o momento. Outro duelo ocorrerá no início de dezembro.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo