Estados Unidos

Depois de polêmica ausência em Hong Kong, Messi também não deve jogar no Japão

Inter Miami segue sua turnê na Ásia e enfrenta o Vissel Kobe nesta quarta-feira

Se recuperando de uma distensão muscular em sua coxa, Lionel Messi causou uma polêmica danada ao não participar do amistoso de pré-temporada do Inter Miami diante da seleção “All-Stars” de Hong Kong no último domingo (4). A insatisfação do público com a não presença do craque argentino foi tanta, que boa parte dos torcedores pediu o reembolso do alto valor pago para presenciar o evento. Nesta quinta-feira, o time norte-americano encara o Vissel Kobe na sequência da sua turnê pela Ásia e provavelmente sem a presença da estrela mundial.

Em entrevista coletiva publicada pelo portal francês Sofoot, Messi afirmou estar um pouco melhor e treinando para tentar entrar em campo no amistoso desta quinta-feira, porém não garantiu se terá condições de jogo.

Não sei se poderei jogar. Mas me sinto muito melhor e espero poder jogar. Hoje (terça-feira) à tarde vamos treinar, e vou tentar. Espero conseguir entrar em campo”, disse Messi.

Lesões de Messi no Inter Miami atrapalharam projeto do clube

Contratado para ser a grande estrela do Inter Miami, Messi não tem conseguido manter uma sequência de jogos pelo seu novo clube, o que tem influenciado diretamente no resultado da equipe em campo. Soma-se isso a ausências de Alba e Busquets, outros jogadores de imensa qualidade no elenco de Tata Martino e perderam boa parte da temporada por conta de problemas físicos.

O desgaste muscular acentuado das principais peças do time foram fundamentais para que o Inter Miami não conseguisse se classificar para os play-offs da MLS, terminando a primeira fase da edição de 2023 na 14ª colocação com 34 pontos, a nove de distância para o Charlotte. Preocupado com o rendimento do time e do próprio atleta nesta temporada, o técnico Tata Martino tem feito o possível para não desgastar a sua maior estrela, pensando no melhor para a equipe em 2024.

Messi esteve em campo nos dois amistosos do Inter Miami contra o Al-Hilal, na derrota por 4 x 3, marcando um gol e dando uma assistência e diante do Al-Nassr, na goleada sofrida pelos norte-americanos pelo placar de 6 x 0. Foi o suficiente para mais uma queixa de dores em sua coxa e um novo motivo para preocupação do treinador, que deve poupar Messi neste amistoso diante do Vissel Kobe.

Na temporada passada, após o confronto diante do Toronto, vencido pelo Inter Miami de forma convincente por 4 x 0, Messi saiu de campo aos 37 minutos do primeiro tempo. O craque argentino ficou quase 20 dias fora. O seu período fora causou um estrago enorme ao time, que não venceu um jogo sequer. Foram quatro partidas até o seu retorno com duas derrotas e dois empates.

Para não sofrer do mesmo problema que enfrentou em 2023, todo o departamento médico e comissão técnica do Inter Miami tem feito de tudo para evitar que o argentino enfrente lesões deste nível e perca jogos importantes.

Craque argentino está cansado da pré-temporada do Inter Miami

Em entrevista publicada pelo Dailymail, Messi afirmou que está cansado da pré-temporada de sua equipe. O Inter Miami tem feito viagens longas, o que talvez explique o desgaste físico do craque argentino e desejo do jogador de voltar aos Estados Unidos quanto antes para o início da MLS.

“Estou um pouco cansado de toda essa turnê, tenho ​​vontade de terminar o último jogo e voltar para casa”, afirmou o jogador.

O Inter Miami fará ao menos mais um jogo de pré-temporada após o confronto diante do Vissel Kobe, que será o último em solo asiático. A última partida amistosa do clube norte-americano está marcada para o dia 15 de fevereiro, quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), diante do Newell’s Old Boys, time que revelou Messi para o futebol no Lockhart Stadium, em Fort Lauderdale, na Flórida.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo