Espanha

Xavi deu oportunidade a grupo muito especial de jogadores como treinador do Barcelona

Após ser demitido pelo Barcelona, Xavi pode se orgulhar pelas apostas certeiras que faz nas joias de La Masia

Agora é oficial, Xavi Hernández não é mais treinador do Barcelona. A decisão foi comunicada pelo Barça nesta sexta-feira (24), após reunião do treinador com o presidente Joan Laporta.

A saída de Xavi encerra uma longa novela. Em janeiro, o ídolo dos Blaugranas anunciou que deixaria o cargo ao final da temporada. Contudo, o time cresceu de produção e ele mudou de ideia.

Quando tudo parecia estar calmo no Barcelona, o técnico passou a se estranhar com Laporta nos bastidores. Como resultado, os Culés optaram pela troca de comando para 2024/25.

  • Jogos de Xavi Hernández à frente do Barcelona: 141
  • Aproveitamento: 68,7{62c8655f4c639e3fda489f5d8fe68d7c075824c49f0ccb35bdb79e0b9bb418db}
  • Títulos: La Liga e Supercopa da Espanha (ambos em 2022/23)

Essas foram as primeiras conquistas do Barça na era pós-Lionel Messi. Entretanto, o ídolo do Barcelona não foi campeão nesta temporada, o que pesou em sua demissão. A tendência é que Hansi Flick seja o substituto.

Mas se tem uma coisa que Xavi pode se orgulhar nessa despedida do Barcelona, são as apostas certeiras que ele fez nas joias de La Masia.

Como treinador, o ídolo espanhol lançou 15 joias das categorias de base para os profissionais. Só que tem um grupo muito especial de jogadores com um futuro brilhante pela frente que surgiram graças a Xavi Hernández.

A Trivela te mostra cinco talentos do Barcelona que apareceram graças a Xavi.

Os diamantes de La Masia lançados por Xavi no Barcelona

Em grave crise financeira, o Barcelona tem dificuldades de contratar reforços de peso no mercado já há algumas temporadas. E Xavi Hernández sentiu isso na pele do início ao fim.

O jornal The Athletic diz que os Blaugranas precisam cobrir um buraco de € 130 milhões (cerca de R$ 724 milhões) para poder pensar em contratações.

Como respeitar o fair play financeiro é uma obrigação do Barcelona, o treinador espanhol se viu praticamente forçado a se contentar com o elenco que tinha à disposição.

Para aguentar o tranco de uma temporada repleta de jogos, o ídolo espanhol voltou seus olhos para La Masia, que historicamente lançou diamantes – como o próprio Xavi.

Como técnico, lapidou diamantes da base dos Culés e deu confiança nos jovens jogadores, que costumam sentir a pressão de um time do tamanho do Barcelona. E pelo menos cinco deles merecem destaque.

Lamine Yamal

Talvez o grande nome aproveitado por Xavi Hernández seja Lamine Yamal, de apenas 16 anos, mas que já tem 50 jogos na equipe principal do Barça, além de sete gols e 10 assistências.

Com uma maturidade acima do normal para um atleta tão jovem, o atacante é conhecido por sua ótima capacidade no drible, tanto que já é um dos pilares da seleção espanhola.

Pau Cubarsí

Outra joia de La Masia que surgiu graças a Xavi é Pau Cubarsí. O zagueiro de 17 anos estreou entre os profissionais do Barcelona em janeiro deste ano, mas já assumiu a titularidade e tem 23 partidas até aqui.

Cubarsí tem ótimos fundamentos defensivos – acima da média para alguém que estava nas categorias de base poucos meses atrás -, além de um bom passe. Assim como Yamal, o defensor também faz parte da La Roja.

Héctor Fort

Héctor Fort também foi lançado entre os profissionais dos Blaugranas com o técnico espanhol em 2023/24. Ao todo, o lateral-direito de 19 anos tem nove partidas com Xavi e três assistências.

Por mais que não tenha o mesmo impacto da dupla citada anteriormente, Fort é visto como um futuro titular da posição no Barcelona.

Foto: (IconSport) - Fermín Lopez e Lamine Yamal são algumas das joias do Barcelona
Foto: (IconSport) – Fermín Lopez e Lamine Yamal são algumas das joias do Barcelona

Marc Guiu

Outra grata surpresa proporcionada por Xavi Hernández nos Culés nesta temporada foi Marc Guiu. O centroavante de 17 anos tem sete jogos entre os profissionais do Barcelona e dois gols.

Aqui cabe ressaltar que Guiu inclusive balançou as redes na Champions League. Com muito espaço para crescimento, o atacante pode ser peça importante para o futuro próximo.

Fermin López

Por último, mas não menos importante, está Fermin López, que se tornou uma espécie de 12º jogador com Xavi. O meia estreou no time principal dos Culés em 2023/24 e tem números de respeito.

Fermín disputou 41 partidas pelo Barcelona, marcou 10 gols e concedeu uma assistência. Aos 21 anos, o meia é um dos atletas mais prontos dessa nova safra de La Masia.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo