La Liga

Real Madrid vira vilão do conto de fadas do Girona e coloca os dez dedos na taça de La Liga

O Real Madrid goleou o Girona e deu um passo importantíssimo rumo ao título de LaLiga ao bater um adversário direto com facilidade

Neste sábado (10), o Real Madrid goleou o Girona por 4 x 0, no Santiago Bernabéu, pela 24ª rodada de LaLiga. Com o resultado, os Merengues disparam na liderança do campeonato com 61 pontos, cinco a mais que os próprios Blanquivermells, que estão na 2ª posição. No duelo direto pela final antecipada, Carlo Ancelotti deu um passo importantíssimo rumo ao título espanhol ao superar Míchel (que estava cumprindo suspensão).

A expectativa de um jogo disputado, visando a 1ª colocação de LaLiga, não se tornou realidade. O conto de fadas do Girona pereceu diante do Real Madrid, que assumiu o papel de vilão dentro de casa. Os Blanquivermells deveriam ter mudado sua estratégia para tentar parar o ímpeto dos Merengues. Contudo, Míchel não fez isso. Melhor para Ancelotti, que dá pinta que será campeão espanhol.

Como foi Real Madrid x Girona por LaLiga

O Real Madrid não demorou muito para ser o vilão do conto de fadas do Girona nesta edição de LaLiga. Logo aos cinco minutos do 1º tempo, Vinicius Júnior abriu o placar após receber passe de Valverde na esquerda. O atacante brasileiro cortou para o meio e acertou uma finalização magistral para superar Gazzaniga. A bola ainda beijou a trave antes de morrer no fundo da rede.

Mesmo jogando fora de casa, os Blanquivermells conseguiram manter a posse de bola, porém, sem apresentar muito perigo aos Merengues. O jogo coletivo de Míchel é louvável, mas a estratégia de Ancelotti em meio a tantos problemas também precisa ser reconhecida. Além disso, as individualidades dos craques fazem a diferença. Em meio a esse cenário, brilhou a estrela de Vinicius Jr.

Já aos 35 minutos da etapa inicial, o camisa 7 do Real Madrid encaixou uma linda enfiada de bola de trivela para Bellingham nas costas da defesa. O meia tirou o goleiro da jogada em sua saída do gol e marcou mais um gol em cima dos Blanquivermells. E isso foi tudo até a ida para o intervalo. O Girona pagou o preço por não abrir mão de seu estilo de jogo, enquanto o Real Madrid foi fatal nas suas oportunidades à frente.

Vini Jr é gênio

Os Blancos não tiraram o pé do acelerador no 2º tempo. Aos oito minutos, Vini Jr fez uma jogada espetacular no lado esquerdo ao driblar a marcação. O atacante brasileiro entrou na área e finalizou, para a defesa do goleiro dos Blanquivermells. Entretanto, o rebote ficou com Bellingham, que só completou para o gol. A parte ruim é que o inglês foi substituído com dores no tornozelo e preocupa para a decisão da Champions League.

Seis minutos depois, um cruzamento da direita encontrou Rodrygo dentro da área. Ele cabeceou com força, mas tirando tinta do travessão. Só que não demorou muito para o camisa 11 do Real Madrid deixar sua marca contra o Girona. Mais uma vez, graças a Vinicius Júnior, que roubou a bola de Yan Couto no meio-campo. Aliás, o ala fez uma partida para se esquecer, tamanho a importância da decisão de LaLiga.

Rodrygo saiu em dispara com a bola para, na entrada da área, mandar um petardo indefensável para Gazzaniga. Com a vitória garantida, os Merengues controlaram a partida, enquanto o Girona tentou – timidamente – anotar seu golzinho de honra, mas isso não aconteceu. Ainda deu tempo de Yan Couto fazer um pênalti em Arda Güler no último lance do jogo. Contudo, Joselu mandou a bola na trave.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo