La Liga

Barcelona chega no fundo do poço contra o Girona e coroa Real Madrid em La Liga

O Barcelona seguiu a receita para o fracasso diante do Girona e deu mais um show de horrores em La Liga, que consagrou o Real Madrid

Neste sábado (4), o Barcelona perdeu para o Girona por 4 a 2, no Estádio Montivili, pela 34ª rodada de La Liga. Com o resultado, o Real Madrid se sagrou campeão espanhol, já que ninguém mais pode tirar a vantagem de 13 pontos nas quatro rodadas restantes do campeonato. De quebra, os Blanquivermells garantiram a classificação inédita para a próxima Champions League, se aproveitando de mais um show de horrores do Barça.

O Barcelona foi um exemplo do porquê a temporada com Xavi Hernández foi tão decepcionante. Os Blaugranas tropeçaram nas próprias pernas e, mesmo com uma vantagem parcial no 1º tempo, foram para a etapa final com uma mentalidade fracassada. Os Blanquivermells, que fazem um 2023/24 histórico, souberam tirar proveito disso.

Para coroar o péssimo ano do Barcelona, o tropeço serviu para dar o título de La Liga ao Real Madrid com bastante antecedência. Muito longe de ser campeão, os Culés terão que se reinventar para a próxima temporada. A permanência do ídolo espanhol no cargo de treinador pode ajudar, até porque dinheiro para reforços é algo fora de cogitação.

Como foi Girona x Barcelona por La Liga

Desde o pontapé inicial, o 1º tempo de Girona x Barcelona foi bastante animado. Tanto que, logo nos primeiros minutos, o Barça abriu o placar. E não foi um gol qualquer, mas sim uma verdadeira pintura. Lamine Yamal lançou a bola para Christensen, que estava livre de marcação dos Blanquivermells na entrada da área. Ele então dominou bonito de peito e, sem deixar cair, acertou uma sapatada na bochecha da rede.

O problema é que, no reinício de jogo, o Girona empatou imediatamente. Em uma rápida transição ofensiva, Martín recebeu a bola dentro da grande área e cruzou para o meio, encontrando Dovbyk, que só teve o trabalho de empurrar para o gol de cabeça. Tudo isso em menos de cinco minutos. Dali para frente, o Barcelona dominou as ações de jogo.

Com maior posse de bola, os Blaugranas partiram para cima dos Blanquivermells, que não conseguiam impor seu estilo mesmo em casa. O Barcelona massacrou a zaga adversária, inclusive chegando a acertar a trave. Em raros momentos, o Girona tentou um contra-ataque, mas sem sucesso, até que um pênalti em Yamal gerou o gol de Lewandowski pouco antes do intervalo.

Quem recua demais…

Para o 2º tempo, o Girona acordou para a vida, enquanto o Barcelona entrou em um sono eterno. Os Blanquivermells passaram a povoar seu último terço, buscando a virada. Já os Culés tropeçaram na sua postura covarde, apostando no contra-ataque para tentar alguma reação. E no futebol, geralmente, quem recusa demais, acaba pagando o preço defensivamente.

Foi o que aconteceu com o Barcelona. Primeiro, com uma falha bizarra do capitão Sergi Roberto, que recuou uma bola errada para o goleiro, mas acabou entregando no pé de Dovbyk. Dentro da área, ele então cruzou rasteiro para Portu completar para o gol. E a virada veio pouco tempo depois, quando o Girona avançou rápido pela direita com Portu, que passou para Gutiérrez, vindo de trás, balançar as redes.

Ainda deu tempo para o Barça levar mais um gol, quando Savinho lançou para Portu, da entrada da área, acertar um sem pulo de primeira no fundo da rede. E isso foi tudo até o apito final.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo