Espanha

Queda de braço entre Barcelona e Vitor Roque ganha novo episódio

Após não conseguir convencer Xavi, Vitor Roque pode ser emprestado pelo Barcelona para outro clube da La Liga

Uma das maiores promessas do futebol brasileiro nos últimos anos está rendendo uma dor de cabeça no Barcelona. Contratado por cerca de 40 milhões de euros, Vitor Roque desembarcou na Catalunha em janeiro, mas não convenceu Xavi Hernández ainda nos jogos da La Liga.

Ainda se adaptando a uma nova língua, a novos companheiros e a um nível diferente de intensidade, seja nos treinamentos, seja nos jogos, o brasileiro fez apenas 2 gols em 13 partidas. Por isso que, segundo informações do jornal Sport, o clube catalão tem cada vez mais interesse de emprestar o jogador de 19 anos para outro clube na próxima janela de transferências.

Agentes do jogador discordam de saída

Porém, não será assim tão fácil ceder o jogador a outro clube. Segundo o periódico catalão, o estafe do atacante deseja que Vitor Roque permaneça no Barcelona, e que o jogador tem qualidade suficiente para jogar, mesmo com a permanência de Xavi, que na última semana, oficializou que cumprirá o seu contrato como técnico do time blaugrana até 2025.

O entorno do atleta crê que o alto investimento feito pelo Barcelona é um fator importante que possa ajudar o brasileiro a ficar, já que não consideram fazer sentido emprestar um jogador pelo qual o time gastou uma alta quantia de dinheiro. Nos próximos dias, os representantes de Vitor Roque, inclusive, devem viajar a Barcelona para discutir o futuro do atleta.

Vitor Roque ficará na Europa

Segundo o jornal, tanto Xavi como Deco, gerente de futebol do clube, tentarão deixar claro que o melhor para o desenvolvimento do jogador é sair. E a preferência do clube dono dos direitos de Vitor Roque é que ele seja cedido para uma equipe da própria La Liga, para ajudar na adaptação do atacante. Nem o clube e muito menos os agentes do atacante veem a possibilidade de um retorno ao Brasil como algo a se discutir.

Desde que chegou ao Barcelona, em janeiro deste ano, Vitor Roque jogou apenas cerca de 300 minutos. A ideia de fazê-lo chegar já no início de 2024 ao invés de julho era para ele ser uma opção a mais de um ataque que tem apenas Robert Lewandowski como camisa 9 e referência.

Situação do polonês tem pouco a ver com saída de Roque

Existe inclusive a possibilidade do polonês deixar o Barcelona na próxima janela, já que ele é observado por clubes da Arábia Saudita. Porém, essa não é a ideia do centroavante, que gosta de viver em Barcelona e mesmo que tenha 35 anos, ainda crê que pode jogar outra temporada em alto nível.

Mesmo diante dessa possibilidade, a direção do Barcelona parece decidida em emprestar Vitor Roque, que não impressionou Xavi em seus primeiros meses. Resta saber se o clube fará valer a sua vontade, ou se o jogador, junto de seus representantes, conseguirão convencer Deco a mudar de ideia.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo