Espanha

Getafe poderia ter tido Messi e Guardiola (ao menos garante o presidente deles)

Angel Torres, presidente do Getafe, explicou como quase contratou Messi e Guardiola antes deles fazerem sucesso no Barcelona

A partir de 2008/09, o futebol nunca mais foi o mesmo graças ao Barcelona. À época, um jovem Pep Guardiola, então no time B do Barça, assumiu a equipe principal em seu primeiro trabalho como treinador. Dali para frente, ele se tornou um dos maiores técnicos da história, potencializando Lionel Messi a se tornar uma das lendas do esporte. Entretanto, tudo poderia ser diferente.

Isso porque o Getafe poderia ter tido Messi e Guardiola. Ao menos, isso é o que garante Angel Torres, presidente dos Azulones. Em entrevista ao programa “El Partidazo de la Cope”, o dirigente explicou como quase contratou o técnico catalão e o craque argentino. Nas duas oportunidades, treinador e atleta estiveram a detalhes de deixar o Barça, que poderia nunca ter conquistado tudo aquilo que conseguiu sem a dupla.

Em relação à Pep Guardiola, tudo aconteceu em 2008. O Barcelona procurava por um treinador para substituir Frank Rijkaard e se aproximou de Torres para negociar a chegada de Michael Laudrup, então no Getafe. O presidente dos Azulones se mostrou disposto a liberar o técnico aos Blaugranas, mas em troca, queria assinar com o jovem comandante do time B dos Culés:

– Foi quando estávamos na Europa. Fui ao sorteio e estava lá Txiko (então diretor esportivo do Barcelona) que me disse que estavam pensando em contratar Laudrup para ser treinador do Barcelona na temporada seguinte. Eu disse: “pois bem, nesse caso, fico com o Guardiola”.

Ainda segundo Angel Torres, o presidente do Barcelona, Joan Laporta, estava disposto a liberar Guardiola para o Getafe. Mais do que isso, o próprio treinador se mostrou favorável a mudança para os Azulones. Contudo, nesse meio tempo, o técnico catalão foi efetivado pela diretoria do Barça – e o resto é a história que conhecemos hoje.

E quanto a Messi no Getafe?

O presidente do Getafe também contou como tentou trazer Lionel Messi e chegou a conversar com Laporta sobre o tema. Sem especificar datas, Torres contou que o presidente do Barcelona não tinha problemas em ceder a promessa argentina aos Azulones por empréstimo. Contudo, o negócio não aconteceu devido à intervenção do treinador na época, que tinha o jogador em seus planos:

– Estive com o Laporta e o diretor esportivo, Zubizarreta, e o presidente chamou o treinador, que tinha alguns problemas porque um atleta estava fora. A resposta é que ele (Messi) teria alguns minutos (no Barcelona). Mas temos um relacionamento muito bom com Laporta, éramos próximos.

Aqui vale ressaltar a nota do jornalista para dizer que a história parece muito difícil de acreditar. Zubizarreta foi dirigente dos Culés entre 2010 e 2015. Dois anos antes do ex-goleiro fazer parte da diretoria dos Blaugranas, Messi já tinha recebido sua primeira Bola de Ouro. Nesse caso, é mais provável que o cartola do Getafe tenha confundido os nomes, pois não é a primeira vez que Angel Torres fala sobre o craque argentino.

Em uma antiga entrevista, o presidente dos Azulones disse que buscou a contratação de Lionel Messi quando ele tinha 16 anos, em 2003. Naquela época, a joia argentina era apenas a grande revelação das categorias de base do Barcelona, muito antes de ser o gênio que se tornou com o passar do tempo. Ainda assim, é curioso pensar que Messi e Guardiola poderiam ter parado no Getafe.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo