Copa do Rei

Uma imagem para a posteridade: os jogadores do Barça fizeram fila para tirar uma foto com Messi e a taça

A cena curiosa dimensiona o tamanho da idolatria de Messi, capitão e decisivo na final contra o Athletic

Recordista de títulos na Copa do Rei, maior artilheiro da história das finais, único jogador a marcar em sete decisões distintas. Lionel Messi, mais uma vez, debulhou marcas para erguer outro troféu com o Barcelona. Neste sábado, teve o gosto de fazê-lo como capitão, ratificando ainda mais sua liderança dentro do clube. E a goleada por 4 a 0 sobre o Athletic Bilbao ficará com sua marca expressa, anotando dois gols (incluindo o mais bonito da noite) para assegurar a comemoração dos barcelonistas. O camisa 10, ainda assim, consegue transcender números e glórias. Uma imagem vista em Sevilha se torna emblemática neste sentido.

Depois da partida, Lionel Messi teve uma fila de fãs para tirar fotos ao seu lado. Aqueles que idolatravam o atacante, entretanto, eram os próprios companheiros de Barcelona. Vários e vários jogadores esperavam para a sua fotografia, ao lado do troféu e do gênio. Uma lembrança de mais uma atuação de gala do maior jogador da história do clube. Às vésperas de completar 34 anos, Messi não durará tanto em alto nível. Assim, todo mundo parece disposto a aproveitar.

“Foi uma competição muito dura, em muitas partidas nós sofremos. Sempre é lindo erguer um título, estou muito feliz por este grupo, que merecia uma alegria. É muito especial ser capitão deste clube, onde levo a vida. Esta é uma Copa muito especial”, declarou Messi, à BarçaTV. “É muito duro ganhar um título e não poder comemorar com a torcida nem com a família. Foi um ano difícil para nós e poder celebrar é muito importante. É um ano diferente, de transição, com muitos jovens. A equipe foi se tornando forte. Hoje levamos este troféu, mas ainda falta muito para La Liga”.

A continuidade de Messi no Barcelona ainda é discutida. A eleição de Joan Laporta como presidente torna bem mais provável a continuidade do craque, ainda que existam entraves econômicos sérios deixados pela gestão anterior. De qualquer maneira, as imagens da final reforçam como o camisa 10 permanece como unanimidade entre os companheiros. E não há maneira melhor para deixar Messi feliz do que com taças. A Copa do Rei não é a maior delas, mas eleva um pouco mais a aura da lenda.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo