Eliminatórias da Copa

Eliminatórias da Ásia: Son brilha pela Coreia do Sul e potências seguem 100%

Os principais favoritos da Ásia seguem desfilando com tranquilidade nas Eliminatórias Asiáticas da Copa, que evidencia também o grande desequilíbrio presente

As Eliminatórias da Copa na Ásia tiveram a sua segunda rodada nesta terça-feira e não só não tivemos grandes surpresas, mas também vimos as principais seleções do continente vencerem sem grandes problemas. Japão, Coreia do Sul e Austrália, as favoritas, vão bem, assim como a Arábia Saudita.

A fórmula de disputa colocou times com um desnível grande, o que tem feito esta fase parecer protocolar para as potências do continente. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam para a terceira fase, que terá três grupos e, aí sim, valerá vaga na Copa. Os dois primeiros colocados de cada um dos três grupos vão à Copa 2026.

Já os terceiros e quartos vão para uma quarta fase, em que disputarão duas vagas. E, por fim, haverá ainda um playoff para definir quem será o representante da AFC na repescagem mundial. Sim, é um processo confuso. Mas ainda assim, as principais seleções do continente devem se classificar sem problemas com esse enorme número de vagas (oito vagas diretas e mais uma vaga na repescagem mundial).

Veja como foram os jogos desta terça-feira nas Eliminatórias da Ásia:

Grupo A: Catar vence a segunda

O Catar manteve 100% de aproveitamento neste início de Eliminatórias no Grupo A. Depois de vencer o Afeganistão por 8 a 1 no primeiro jogo, os últimos anfitriões da Copa do Mundo venceram a Índia fora de casa por 3 a 0. Mais uma vez, o time dirigido por Carlos Queiroz dominou as ações na partida e venceu com gols de Mostafa Mashaal, Almoez Ali e Yusuf Abdurisag.

No outro jogo do Grupo A, o Kuwait, que perdeu o primeiro jogo, venceu o Afeganistão por 2 a 0. A seleção afegã está com um time muito enfraquecido depois de um boicote dos jogadores em protesto à federação de futebol do país.

Com os resultados, o Catar lidera o Grupo A com seis pontos, seguido pelo Kuwait e Índia com três pontos cada um. O Afeganistão perdeu os dois jogos e não tem pontos. Na próxima rodada, em março de 2024, o Catar enfrenta o Kuwait em Doha, enquanto o Afeganistão receberá a índia.

Grupo B: Japão e Coreia do Norte goleiam

Favoritíssimo à liderança neste Grupo B, o Japão já tinha goleado na estreia e aumentou a vantagem nesta segunda rodada. Contra Myanmar, o Japão fez 5 a 0 na última quinta e nesta terça-feira o Japão goleou a Síria, como visitante, pelos mesmos 5 a 0.

Mais uma vez, Ayase Ueda, que marcou dois gols. O time teve uma ótima atuação, que contou com gols também de Takefusa Kubo, Yukinari Sugawara e Mao Hosoya. O ponta Junya Ito, que é destaque do Reims, brilhou também na partida simplesmente com quatro assistências. O time de Hajime Moriyasu segue demonstrando que esta fase das Eliminatórias será apenas protocolar para os Samurais.

Na outra partida do Grupo B, a Coreia do Norte, que tinha perdido na estreia, desta vez goleou a pobre seleção de Myanmar: 6 a 1. Os norte-coreanos passaram como tratores por cima do pequeno país asiático, com destaque para os três gols de Jong Il Gwan.

Na próxima rodada, o Japão recebe a Coreia do Norte, enquanto Myanmar receberá a Síria. Os jogos acontecem no dia 21 de março.

Grupo C: Coreia do Sul vence e Tailândia embola o grupo

A Coreia do Sul segue reinando com tranquilidade no Grupo C. Diante da China, uma adversária perigosa, o time venceu fora de casa por 3 a 0. O craque e capitão do time, Son Heung-min, marcou os dois primeiros gols e o zagueiro Jung Seung-hyun fechou o placar na segunda etapa.

No outro jogo do grupo, Singapura recebeu a Tailândia e perdeu por 3 a 1. Supachok Sarachart, que atua no Hokkaido Consadole Sapporo, no Japão, fez o primeiro gol. Os outros dois foram marcados por um jogador que atua na Europa: Suphanat Mueanta, de 21 anos, que joga no Leuven, da Bélgica.

Os sul-coreanos, comandados por Jürgen Klinsmann, estão com seis pontos em dois jogos. E lideram a chave. A Tailândia e a China têm três pontos cada, enquanto Singapura não marcou pontos nessas duas primeiras rodadas. A terceira rodada será no dia 21 de março, com a Coreia do Sul recebendo a Tailândia e Singapura recebendo a China.

Grupo D: Malásia embala outra vitória

A Malásia vai muito bem, obrigado, quando falamos fdo Grupo D. Depois de vencer o Quirguistão na primeira rodada em um jogo maluco que acabou 4 a 3 (e que a Malásia perdia por 3 a 1), desta vez a Malásia venceu pelo placar mínimo, 1 a 0, diante da Taipé Chinesa, ou Taiwan, como conhecemos por aqui.

Na outra partida, o Quirguistão venceu Omã por 1 a 0, se recuperando da derrota na primeira rodada. Com isso, a Malásia lidera com seis pontos, seguida por Omã e Quirguistão, ambos com três. Taiwan, ou Taipé Chinesa, não tem pontos.

Na próxima rodada, no dia 21 de março, Omã recebe a Malásia e Taipé Chinesa recebe o Quirguistão.

Grupo E: Irã e Uzbequistão ficam no empate

Os dois favoritos do Grupo E ficaram no empate no primeiro duelo entre eles. O Uzbequistão recebeu o Irã e os dois times ficaram no empate por 2 a 2. E olha que O Irã abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com Ramin Rezaeian e Mehdi Taremi.

Só que o Uzbequistão conseguiu se recuperar. Logo no início do segundo tempo, Oston Urunov diminuiu o placar. No fim do jogo, Igor Sergeev, já aos 37 minutos, empatou o jogo. Os dois times tinham vencido na primeira rodada e, assim, seguem iguais na tabela.

No outro jogo do Grupo E, outro empate: Hong Kong e Turcomenistão ficaram no 2 a 2. Curiosamente, um dos gols de Hong Kong foi marcado por Everton Camargo, brasileiro nascido em Soledade, no Rio Grande do Sul. Aos 32 anos, ele é um caso curioso: se tornou jogador apenas em 2016, aos 24 anos, quando passou a jogar pelo Wong Tai Sin. Jogou também por BC Glory Sky, Yuen Long, Eastern e desde 2022 joga por Lee Man.

Irã e Uzbequistão têm quatro pontos cada, na liderança da chave, enquanto Turcomenistão e Hong Kong têm um ponto cada. Na próxima rodada, dia 21 de março de 2024, o Irã recebe o Turcomenistão e Hong Kong recebe Uzbequistão.

Grupo F: Iraque sai em vantagem

O Iraque é o time mais forte da chave F e vai confirmando o seu favoritismo. Nesta terça-feira, venceu o Vietnã fora de casa por 1 a 0, depois de ter goleado a Indonésia por 5 a 1 na estreia. A vitória veio com drama: o empate por 0 a 0 prevaleceu até os acréscimos, mas aos 51 minutos, Mohanad Ali marcou o gol da vitória iraquiana.

Na outra partida do Grupo F, Filipinas recebeu a Indonésia e ficou no empate por 1 a 1. Com isso, o Iraque segue liderando com tranquilidade com seis pontos, duas vitórias em dois jogos, com o Vietnã em segundo, com três pontos, enquanto Filipinas e Indonésia têm um ponto cada.

Na próxima rodada, a Indonésia recebe o Vietnã, enquanto o Iraque recebe as Filipinas, ambos no dia 21 de março de 2024.

Grupo G: Goleada de Tajiquistão e Arábia Saudita vence outra

A Arábia Saudita é a grande favorita do Grupo G e manteve a tranquilidade ao vencer, fora de casa, a Jordânia por 2 a 0. Os gols sauditas foram marcados por Saleh Al-Shehri, atacante do Al-Hilal. Que olha o placar pode achar que foi uma vitória fácil, mas não foi bem assim.

Os sauditas, agora comandados por Roberto Mancini, sofreram diante da Jordânia, que chutou 17 vezes no gol saudita, mas acertou apenas quatro. Mesmo tendo menos a posse de bola e chutando menos a gol (foram só sete, com dois no alvo), os sauditas foram mais perigosos e souberam aproveitar melhor as chances.

No outro jogo do grupo, o Tajiquistão goleou o Paquistão por 6 a 1. Com os dois resultados, a Arábia Saudita lidera o Grupo G com seis pontos, com o Tajiquistão em segundo com quatro pontos e a Jordânia em terceiro com um ponto. O Paquistão não somou pontos nos dois jogos. Na próxima rodada, a Arábia Saudita recebe o Tajiquistão e o Paquistão recebe a Jordânia.

Grupo H: Emirados Árabes mantém 100%

Os Emirados Árabes Unidos venceram o segundo jogo em duas rodadas. Desta vez, os emiratenses bateram o Bahrain por 2 a 0, fora de casa. Os gols foram marcados por Abdallah Ramadan e Ali Mabkhout, curiosamente, dois jogadores do Al-Jazira, um dos principais clubes do país.

No outro jogo do grupo, o Nepal foi derrotado pelo Iêmen por 2 a 0. Com isso, a classificação fica com os Emirados Árabes com seis pontos, Bahrain com três, assim como o Iêmen, e o Nepal sem pontos. O Nepal deve ser o time bônus, que todos devem ganhar.

Na próxima rodada, o Nepal recebe o Bahrain e os Emirados Árabes jogam contra Iêmen, ambos no dia 21 de março de 2024.

Grupo I: Austrália foi econômica, mas venceu de novo

A Austrália é a potência do Grupo I e já mostrou força na primeira rodada, ao sapecar Bangladesh por 7 a 0. Nesta rodada, a vitória foi mais econômica diante da Palestina, 1 a 0, em partida que foi disputada no Kuwait.

Já na outra partida da chave, Bangladesh ficou no empate por 1 a 1 com o Líbano. Com isso, a Austrália lidera com seis pontos, enquanto o Líbano tem dois e Palestina e Bangladesh têm um ponto cada.

Na próxima rodada, no dia 21 de março de 2024, a Austrália recebe o Líbano, enquanto Bangladesh recebe a Palestina.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo