Copa do MundoCopa do Mundo Feminina

Copa do Mundo feminina atraiu mais público que playoffs da NBA nos EUA

A final da Copa do Mundo feminina atraiu a maior audiência da história do futebol feminino nos Estados Unidos, e, mais do que isso, a maior audiência de uma seleção americana, considerando também a masculina. Mais do que isso, a Copa do Mundo como um todo na Fox teve uma audiência média 33% maior do que os playoffs da NBA na TNT. A decisão teve uma audiência maior do que a final da edição de 1999, quando as americanas venceram a China e se consagraram bicampeãs. A vitória dos Estados Unidos por 5 a 2 sobre o Japão em Vancouver teve entre 25,4 milhões de expectadores na TV americana, segundo dados estimados.

CRAQUE: Wambach beijou a esposa, ignorou o aperto de mão da Fifa e ergueu a Copa como uma lenda

Em 1999, a final atraiu 18 milhões de pessoas, que era o recorde até então. A final de 2011, que também teve os Estados Unidos contra o Japão, mas as asiáticas saíram vencedoras, teve 13 milhões de audiência. O jogo entre Estados Unidos e Portugal, pela Copa do Mundo masculina, em 2014, era, até então, o jogo mais assistido da história de uma seleção americana de futebol, com 24,7 milhões de pessoas (combinando ESPN e Univision, as duas transmissoras), marca que foi batida neste domingo.

A boa audiência tem a ver não só com os Estados Unidos decidindo o título, como foi em 2011, mas também um horário mais favorável aos americanos. Em 2011, a sede foi a Alemanha e, portanto, os jogos eram em um horário mais tarde, o que tende a diminuir a audiência. Outro fator que conta para a boa audiência é o fato da final ter sido em um 5 de julho, no fim de semana de um feriado, 4 de julho, a tradicional independência do país.

Mais do que a final, os resultados do torneio como um todo têm sido comemorados na Fox, detentora dos direitos de transmissão da Copa do Mundo a partir de agora. Segundo dados informados nesta segunda-feira, Fox e Fox Sports 1 tiveram uma média de 5,3 milhões de pessoas assistindo aos jogos, um aumento de 121% em relação ao torneio de 2011. Ainda segundo estes dados, a vitória sobre a Alemanha atraiu 8,4 milhões de pessoas, a maior audiência de um jogo de futebol feminino que não seja uma final.

MERECIMENTO: A Copa das americanas coroa uma cultura de futebol feminino, uma ótima geração e uma craque

As mulheres têm contribuído significativamente para o aumento da audiência. Entre os homens de 25 a 54 anos, a audiência da Copa do Mundo feminina aumentou 21% em relação à edição de 2011. Entre as mulheres desta mesma faixa etária, o aumento foi muito mais impressionante: 91%. No total da audiência da Copa do Mundo feminina, 38% são mulheres, o que ainda é menos da metade, mas é mais do que o tradicional um terço dos outros esportes americanos.

O futebol é um esporte de massa nos Estados Unidos – seja das mulheres, seja dos homens. E estes dados mostram cada vez mais isso.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!