Concacaf

O Seattle Sounders busca o empate contra o Pumas e volta satisfeito do México após a ida da final da Concachampions

O Seattle Sounders perdia por dois gols até os 32 do segundo tempo e arrancou o empate já aos 51

A final da Concachampions segue bastante aberta depois da primeira partida decisiva. Nesta quarta-feira, Pumas UNAM e Seattle Sounders se enfrentaram no Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México. Prevaleceu o empate por 2 a 2, que beneficia os americanos não apenas pelo resultado fora, mas também pelas circunstâncias do jogo. Os felinos chegaram a abrir dois gols de vantagem, mas os rave green buscaram a igualdade aos 51 do segundo tempo. Quem roubou a cena também foi a arbitragem, mesmo com o VAR. Dois pênaltis contestáveis, um para cada lado, foram marcados na noite. A definição ficará para Seattle, na próxima semana.

O primeiro tempo seria bastante travado, com poucas chances de gol. O Pumas arriscou um pouco mais e teve sua grande oportunidade com um pênalti bastante discutível marcado sobre Juan Ignacio Dinenno. O centroavante cobrou e Stefan Frey pegou espetacularmente, mas o árbitro mandou voltar porque o goleiro tirou o pé da linha na hora de saltar. Na segunda cobrança, Dinenno converteu e botou os felinos em vantagem. A principal resposta do Seattle Sounders veio num chute fechado de Nicolás Lodeiro que o goleiro Alfredo Talavera conferiu para fora.

O Pumas ampliou logo aos três minutos da segunda etapa. Dinenno desferiu uma cabeçada potente, no fundo das redes, após o cruzamento de Jesús Rivas na direita. A partir de então, o Seattle Sounders tentaria uma pressão para diminuir o prejuízo. Talavera chegou a fazer uma defesa inacreditável, quando Raúl Ruidíaz parecia ter o gol aberto à sua frente. Os Rave Green descontaram somente aos 32, num pênalti por toque de mão convertido por Lodeiro.

E quando parecia que o jogo terminaria mesmo sem novas mudanças no placar, outro pênalti contestável foi marcado nos acréscimos, agora para o Seattle Sounders. Lodeiro não quis nem saber e chutou firme, no mesmo canto, vencendo de novo Talavera por pouco. Ainda sobrou um restinho de tempo para que o Pumas tentasse seu último ataque. Um chute por cima do travessão frustrou os mexicanos. Na saída de campo, em outro retrato do clima quente, houve discussão e confusão entre os dois times.

Diferentemente das fases anteriores, a final da Concachampions não leva em consideração os gols fora como critério de desempate. Mesmo assim, o saldo é favorável para o Seattle Sounders, até pela boa campanha feita pela equipe como mandante – com 11 gols marcados e nenhum sofrido em três jogos. A chance para os Estados Unidos quebrarem a hegemonia do México na competição está posta, assim como para encerrar um jejum de 22 anos no torneio. O Pumas, que não vence o certame há 33 anos, precisará mais do que os gols de Dinneno.

<iframe width="100%" height="580" src="https://www.sofascore.com/event/10253898/lineups/embed" frameborder="0" scrolling="no" style="max-width: 770px"></iframe>    <div style="font-size:12px;font-family:Arial,sans-serif"><a href="https://www.sofascore.com/seattle-sounders-fc-pumas-unam/INsjPi" target="_blank" rel="noopener">Pumas UNAM - Seattle Sounders FC Live Score</a></div>

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo