Concacaf

Ele dá duas cotoveladas e tenta escapar do vermelho com uma simulação ridícula

Akeem Humphrey conseguiu uma proeza: deu duas cotoveladas no mesmo lance no seu marcador, na derrota de Trinidad e Tobago para o Panamá, na disputa do sub-20 da Concacaf. Para escapar da iminente expulsão, o jogador tentou simular que ele próprio havia sido acertado no rosto, e de uma forma bastante ridícula. Ninguém acreditou, como era de se esperar, e Humphrey levou o cartão vermelho mesmo.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo