Brasil

Reforçado, mas desfalcado: Vasco volta a Manaus depois de dois anos em jogo pelo Carioca

Com últimos reforços relacionados, mas desfalques importantes, o Vasco encara o Audax, nesta quinta, pelo Campeonato Carioca, na Arena da Amazônia

Dois anos depois do último jogo em Manaus, o Vasco volta a Arena da Amazônia, nesta quinta-feira (8), para enfrentar o Audax, pelo Campeonato Carioca. O jogo é válido pela sétima rodada da Taça Guanabara e pode fazer o Cruz-Maltino voltar ao G-4 da competição depois de três jogos sem vencer. Para isso, o técnico Ramón Diaz e o clube vivem dois lados que têm marcado este começo de temporada do Vasco: a delegação viajou para Manaus com os três últimos reforços anunciados, mas também conta com desfalques importantes.

Entre os relacionados para a partida desta quinta-feira estão o goleiro Keiller, o volante Pablo Gadalmes e o lateral-esquerdo Victor Luís. Os três foram anunciados na última segunda-feira e apresentados, junto com o atacante Adson, que já estava no clube há duas semanas, na terça-feira, em coletiva de imprensa que também ficou marcada por revelações do diretor de futebol Alexandre Mattos sobre a relação com a 777 Partners, dona da SAF vascaína.

De acordo com o “ge”, desses quatro últimos reforços, Gadalmes e Adson podem começar jogando nesta quinta-feira. O atacante, inclusive, já entrou em campo no clássico com o Flamengo, no último domingo, e pode estrear como titular na Arena da Amazônia. Já o volante chileno entraria em campo pela primeira vez com a camisa vascaína.

Keiller, Gadalmes, Adson e Victor Luís foram relacionados pelo Vasco para o jogo contra o Audax (Foto: Divulgação/Vasco)

Vasco tem quatro desfalques contra o Audax

Por outro lado, o Vasco tem um série de desfalques para a partida desta quinta-feira. Todos considerados titulares ou que vinham atuando com frequência. Dois deles já era conhecidos e serão desfalques por praticamente toda a temporada: o meia Paulinho e o volante Jair. Ambos sofreram rupturas de ligamento cruzado anterior do joelho e vão passar por cirurgia. Assim, dificilmente atuam ainda em 2023.

Os outros desfalques são específicos para a partida contra o Audax. O meio-campistas Payet está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, enquanto o atacante Vegetti foi poupado para tratar uma fissura na costela que vinha o incomodando desde a pré-temporada. A situação do argentino só foi revelada no último domingo, após o clássico com o Flamengo, quando o auxiliar técnico Emiliano Díaz falou sobre a situação e afirmou que o jogador ficaria parado para tratar a fissura.

– A imprensa não sabe de tudo que acontece até porque eu e o Ramón pedimos para não passar nada. O Pablo tem uma fissura na costela. Ninguém sabe. Agora, ele vai parar. Ele faz um esforço pelo líder que é. Pelo comprometimento que tem com o Vasco. Não dá para avaliar pois ele jogo com 30% de condições. É um esforço – afirmou Emiliano Diaz.

Provável escalação do Vasco contra o Audax

Com reforços e desfalques, o Vasco deve entrar em campo nesta noite com: Léo Jardim, Pumita (Paulo Henrique, Rojas), Maicon e Léo, Victor Luís; Mateus Carvalho (Zé Gabriel), Galdames, Praxedes; Rossi (Serginho), Adson e Rayan.

Vasco volta a Manaus depois de dois anos

A partida desta noite vai marcar a volta do Vasco a Manaus depois de dois anos. Com uma grande quantidade de torcedores no estado, o clube vendeu o mando de campo para empresários que levaram a partida para Arena da Amazônia. A última vez em que o Cruz-Maltino atuou no estádio foi em maio de 2022, pela Série B daquele ano.

Na ocasião, o Guarani quem vendeu o mando de campo para levar a partida a Manaus. Em jogo válido pela oitava rodada do Brasileiro, as equipes empataram em 0 a 0. O estádio teve praticamente 100% do público vascaíno, teve mais de 33 mil torcedores e uma renda de R$ 2.801.270.

Na noite da última quarta-feira, a delegação do Vasco foi recebida com um grande festa dos vascaínos no Aeroporto de Manaus. A expectativa é de Arena da Amazônia cheia nesta noite.

 

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo