Brasil

Carioca itinerante: Vasco deve ter jogos fora do Rio de Janeiro durante Estadual

Vasco deve ter dois jogos longe do Rio de Janeiro durante o Campeonato Carioca, um como mandante e outro como visitante

O Vasco deve ter, pelo menos, dois jogos fora do Rio de Janeiro durante o Campeonato Carioca de 2024. O próprio clube deseja mandar uma de suas partidas como mandante fora do estado. Além disso, outro duelo do time de Ramón Diaz, dessa vez como visitante, também deve ser levado para além das fronteiras fluminenses durante a Taça Guanabara.

A Trivela apurou que a segunda partida do Vasco neste Carioca já deve ser realizada longe do Rio de Janeiro. O Sampaio Corrêa tem propostas e está negociando a mudança do local do jogo contra o Cruz-Maltino, válido pela segunda rodada da Taça Guanabara e que está marcado para o próximo dia 21 de janeiro, domingo, às 20h30 (horário de Brasília). O time de Saquarema analisa as ofertas para levar o duelo para Manaus, Cariacica ou Florianópolis.

Nos próximos dias, o Sampaio Corrêa deve bater o martelo sobre o local da partida. De acordo com o regulamento do Campeonato Carioca, o clube deve ter a concordância do time visitante – no caso, o Vasco – e a autorização da Ferj para mandar a partida longe do Rio de Janeiro. Até o momento, na tabela da Ferj, o local do duelo com o Vasco esta “a definir”. Caso não se tenha um acordo para levar a partida para fora do Rio, a outra alternativa é o Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá.

Além disso, de acordo com o “ge”, o próprio Vasco também negocia para mandar o duelo com o Audax Rio, pela 7a rodada da Taça Guanabara, na Arena da Amazônia. O clube já tem um acordo encaminhado para levar o jogo, que vai acontecer ou 7 ou 8 de fevereiro, para Manaus, onde o clube tem uma grande base de torcedores. A diretoria vascaína está acertando os últimos detalhes para confirmar, junto a Ferj, a mudança do local da partida.

A última em que o Vasco esteve em Manaus foi em 2022. Pela Série B daquele ano, o Guarani mandou o duelo com o Cruz-Maltino na Arena da Amazônia. O empate em 0 a 0, com praticamente 100% do público vascaíno, teve mais de 33 mil torcedores e uma renda de R$ 2.801.270.

Arena da Amazônia, em Manaus, é uma das alternativas para receber Sampaio Corrêa x Vasco, pelo Carioca (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

Vasco vai ter time alternativo contra o Sampaio Corrêa

A presença do Vasco em uma dessas três cidades certamente vai atrair bastante público. No entanto, os torcedores não verão o time principal do Vasco contra o Sampaio Corrêa. Como parte do elenco viajou para o Uruguai, onde o grupo dará prosseguimento a pré-temporada, o Cruz-Maltino vai ter um time “alternativo” nas duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca.

Dessa forma, Vegetti, Payet, Léo Jardim e companhia não irão enfrentar o Sampaio Corrêa neste jogo em 21 de janeiro. No mesmo dia, inclusive, o Cruz-Maltino tem um amistoso contra o Deportivo Maldonado, do Uruguai, em Punta del Este.

Sampaio Corrêa também vai jogar fora do Rio contra o Flamengo

O Sampaio Corrêa vai ter outro jogo como mandante longe do Rio de Janeiro. Na quinta rodada da Taça Guanabara, no dia 31 de janeiro, o time de Saquarema vai enfrentar o Flamengo no Mangueirão, em Belém, no Pará. Este jogo já está confirmado e autorizado pela Ferj. O Rubro-Negro também vai enfrentar a Portuguesa fora do Rio. Na quarta rodada, dia 27 de janeiro, os times se enfrentam na Arena das Dunas, em Natal.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo