Brasil

Vasco faz proposta ao atacante Vargas, que está fora dos planos do Atlético-MG

Vasco tem interesse na contratação de Eduardo Vargas e Atlético-MG não vai dificultar saída do atacante chileno

O Vasco pode começar 2024 com uma importante novidade para o ataque do time de Ramón Diaz. De acordo com a apuração da Trivela, a diretoria vascaína formalizou uma proposta ao atacante Eduardo Vargas, do Atlético-MG. O clube carioca também tem conversas com o próprio Galo, mas ainda não apresentou uma oferta ao time mineiro, que já informou ao próprio chileno que ele está fora dos planos para esta nova temporada. As negociações pelo jogador de 34 anos podem avançar nos próximos dias.

Vargas foi oferecido ao Vasco na reta final de 2023 e tanto a diretoria como a comissão técnica de Ramón Diaz demonstraram interessa na contratação do atacante. Novo diretor de futebol vascaíno, Alexandre Mattos foi o responsável pela contratação do chileno pelo Atlético-MG no fim de 2020. Agora, os dois podem voltar a se encontrar em São Januário. A informação sobre o chileno ter sido oferecido ao Vasco foi dada inicialmente pelos canais “Bica Galo”, “Na Torcida Vascaína” e pelo jornalista Juninho Pimps.

Desde novembro, a diretoria do Atlético-MG já havia definido que Vargas não estaria nos planos para 2024. Ele tem contrato até o fim da temporada, mas o clube mineiro não vai dificultar a saída do chileno. Aos 34 anos, o chileno não atua pelo Galo desde setembro, quando sofreu uma entorse no joelho esquerdo. A expectativa é de que ele já possa voltar a atuar em breve.

Em rápido contato com a Trivela, o diretor de futebol do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, afirmou que o clube mineiro ainda não recebeu uma proposta do Vasco. Mas, vale ressaltar, como apurado pela reportagem, o chileno já tem uma oferta do time carioca.

Vargas não atua pelo Atlético-MG desde setembro, quando sofreu uma lesão no joelho esquerdo (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Vargas é agenciado, no Brasil, pelo mesmo empresário responsável pelas chegadas do técnico Ramón Diaz e o também chileno Medel ao Vasco. O agente também cuida da carreira do meio-campista Praxedes, que atuou por empréstimo no Vasco em 2023 e com quem o treinador argentino espera contar neste ano.

A passagem montanha russa de Vargas no Atlético

Vargas chegou ao Atlético no fim de 2020, a pedido de Jorge Sampaoli, com quem trabalhou e teve muito sucesso na Universidad de Chile e na seleção chilena. Desde então, ele viveu muitos momentos de altos e baixos. Logo na chegada, recebeu críticas pelo baixo desempenho e os poucos gols marcados. Mesmo nunca tendo sido um super artilheiro, a expectativa da torcida era que ele chegasse para acabar com o problema de muitas chances perdidas pelo time e se tornasse o homem gol, o que não aconteceu.

Mas em 2021 ele caiu nas graças da torcida, se tornando um jogador importante. Ele teve papel relevante na conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano, mas foi essencial mesmo no título da Copa do Brasil, marcando um crucial gol contra o Bahia nas oitavas, que garantiu o avanço de fase atleticano. Na grande final, marcou dois gols contra o Athletico-PR e ajudou a erguer a taça.

Vargas ainda quase se tornou o herói atleticano também nas semifinais da Libertadores daquele ano, quando marcou o gol que estava dando ao Galo a vaga na final da competição, mas perdeu um outro logo na sequência e viu o Palmeiras empatar, resultado que tirou o Atlético da final. Ou seja, dentro do jogo ele viveu a montanha russa, saindo de herói a (um dos) vilão.

Em 2022, ele viveu seu pior momento após ser expulso por um comportamento inexplicável contra o árbitro nas quartas da Libertadores, contra o Palmeiras, e ver o Atlético eliminado nos pênaltis, uma de suas especialidades. Depois de ter sido afastado e punido pelo Galo, voltou na reta final da temporada, na vaga de Hulk, lesionado, e foi crucial para o Alvinegro terminar o ano com uma vaga na Libertadores do ano seguinte.

Em 2023, no entanto, pouco contribuiu na primeira metade da temporada, se lesionando na segunda parte e ficando sem atuar até o fim do ano. Sua última imagem no Atlético não é das melhores, e o clube e a torcida entendem que o melhor para as duas partes é que eles se separem. Ao todo, Vargas fez 129 jogos pelo Galo, marcando 24 gols e dando 11 assistências. Conquistou três mineiros, um Brasileiro, uma Copa do Brasil e uma Supercopa. Seu último jogo com a camisa atleticana foi justamente contra o Vasco, no dia 20 de agosto.

Os números de Vargas em 2023

  • 31 jogos – 13 como titular (7 completos)
  • 1337 minutos jogados – 43 minutos por jogo
  • 3 gols (Patrocinense, Democrata-GV e Internacional)
  • 1 assistência (Tombense)
  • Último jogo como titular: 0x2 Corinthians (31/05) – saiu no intervalo
  • Último gol: 2×0 Internacional (13/05)
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo