Brasil

Preparação física é principal preocupação do Vasco em inter temporada forçada

Durante inter-temporada antes do Brasileiro, o Vasco tem aproveitado o tempo para equilibrar a parte física do elenco e controlado a carga para alguns jogadores

O Vasco iniciou, na última segunda-feira (26), mais uma semana de preparação para o Campeonato Brasileiro. E, em meio a uma “inter temporada” forçada pela eliminação na semifinal do Campeonato Carioca, que vai deixar o time, no total, quase um mês sem atuar, o Cruz-Maltino tem aproveitado o tempo para melhorar as condições físicas do elenco. Em específico, de um grupo de jogadores.

Desde a última semana, já sem jogos, o Vasco tem controlado a carga de trabalho de jogadores que sentiram e reclamaram de dores. São os casos do lateral-esquerdo Lucas Piton, do lateral-direito Paulo Henrique, do volante Zé Gabriel e do atacante Rossi. Além deles, o volante Galdames, que veio da Europa e não teve férias, também está passando por um “tratamento especial”.

Paulo Henrique, Lucas Piton, Zé Gabriel e Rossi reclamaram de dores recentemente, mas não sofreram lesões – nem sequer precisaram passar por exames. Ainda assim, pelas queixas dos jogadores, os quatro tiveram uma carga de trabalho reduzida nos últimos treinos no CT Moacyr Barbosa.

Na última segunda-feira (25), por exemplo, grupo chegou a trabalhar no gramado, mas não fez todas as atividades com os demais jogadores. O Vasco encara a situação com normalidade e os casos dos jogadores não preocupam para a sequência do trabalho nas próximas semanas até o começo do Campeonato Brasileiro.

Galdames tem ‘tratamento especial' no Vasco

O volante Pablo Galdames é outro que também requer cuidados da comissão técnica, preparação física e departamento médico do Vasco. Mas, assim como o grupo anterior, de Lucas Piton e companhia, a situação do chileno não chega a preocupar o clube para a sequência do ano.

Galdames chegou ao Vasco no começo de fevereiro, vindo do Genoa, da Itália. Apesar de ter atuado pouco na temporada 2023/24, ele vinha treinando e trabalhando no clube italiano. Assim, não teve férias na virada do ano, como os jogadores que atuam no Brasil.

Dessa forma, o Vasco tem feito um controle de carga maior com o chileno. Inclusive, dando “mini-férias” ao jogador, quando possível. Na última segunda-feira, por exemplo, Galdames não treinou no gramado e ficou trabalhando apenas na parte interna do CT Moacyr Barbosa.

Como está a programação do Vasco

Fora das finais do Campeonato Carioca, o Vasco só volta a atuar na estreia pelo Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, em São Januário, no fim de semana dos dias 13 e 14 de abril. Até lá, o clube vai seguir trabalhando no CT Moacyr Barbosa.

Nesta semana, depois da reapresentação do elenco na segunda-feira, após folgas no sábado e domingo, o Vasco vai ter dias intensos. Entre terça e quinta-feira, o Cruz-Maltino vai ter trabalhos em dois turnos. Na sexta-feira, volta a trabalhar apenas pela manhã.

No sábado (30), o Vasco deve realizar um jogo-treino, com um adversário que ainda será definido. Na última sexta-feira (22), o Vasco fez um jogo-treino contra o Olaria e venceu por 5 a 0. Naquela ocasião, o técnico Ramón Diaz aproveitou a oportunidade para observar jogadores que tinham poucos minutos em campo. Agora, deve utilizar mais titulares. A programação para a próxima semana ainda será definida.

Emiliano Díaz fala sobre preparação do Vasco

Na última segunda-feira, após o treino no CT Moacyr Barbosa, o auxiliar técnico Emiliano Díaz falou sobre esta “inter-temporada” do Vasco de olho no Campeonato Brasileiro.

— Temos que aproveitar muito o tempo, tanto no físico como no tático. A gente quer manter o que vinha fazendo. Vamos fazer toda semana dois turnos. Acho que vai ser muito produtivo para o time — afirmou Emiliano Diaz.

 

 

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo