Brasil

Time feminino do Corinthians não renova com cinco jogadoras para primeiro ano sem Arthur Elias

Confira quem fica, e quem sai do elenco das Brabas, que apesar das mudanças ainda tem Cris Gambaré na diretoria da modalidade

Após inúmeras temporadas vencedoras, baseada no irretocável trabalho de Arthur Elias e toda sua comissão técnica, a incógnita do que será o ano de 2024 do time feminino do Corinthians já começa a causar aquele friozinho na barriga do torcedor alvinegro.

Mesmo com a contratação de Lucas Piccinato, como novo treinador das Brabas a dúvida é se o time conseguirá se manter no topo na modalidade mais uma vez, os questionamentos não passam somente pelo novo treinador, mas também pelas saídas de algumas atletas que foram titulares não apenas este ano, como também em temporadas anteriores, por exemplo: Diany e Katiuscia.

Um ponto de tranquilidade é a continuidade da Cris Gambaré, diretora de futebol da equipe feminina do Corinthians. A situação poderia ser outra se a dirigente tivesse optado por deixar o cargo diante a vitória de Augsuto Melo, mas não foi o que aconteceu. A saída seria ocasionada depois que a dirigente criticou o presidente eleito publicamente em suas redes sociais, por conta das questões políticas vividas dentro do clube, porém alguns dias depois da vitória de Augusto e Cris se reuniram e entraram em acordo, vale ressaltar que ela não faz parte do corpo diretivo estatutário do Corinthians.

Garantida no cargo, Cris tem se movimentado para repor as peças que o elenco vai precisar, e que devem ser anunciadas nas próximas semanas, além de algumas outras renovações de jogadoras que já pertencem ao plantel das Brabas, como as líderes: Tamires, Zanotti e Erika.

Mercado da bola feminino: quem deixa o elenco das Brabas

– Luana Bertolucci: a volante tinha contrato até o final de 2023, não quis renovar e deve voltar a atuar no futebol internacional.

– Diany: perdeu espaço em 2023, e pode ir para o rival Palmeiras na próxima temporada.

– Giovanna Campiolo: a zagueira perdeu espaço em 2023, e pode defender o rival Palmeiras na próxima temporada

– Katiuscia: titular absoluta na lateral, e pode reforçar a Ferroviária, para defender as Guerreiras Grenás.

– Grazi: no elenco das Brabas desde quando o clube retomou o trabalho com futebol feminino, Grazi se aposentou após o término da temporada. A volante é um das maiores jogadoras da modalidade, aos 42 anos, só com a camisa do Timão são 258 jogos, 78 gols e 15 títulos conquistados com a camisa alvinegra.

Mercado da bola feminino: quem fica no elenco das Brabas

– Lelê: a goleira tinha contrato só até o final de 2023, mas através das suas redes sociais confirmou que já assinou um novo vínculo.

– Tamires: a capitã do Corinthians teve um ano de destaque, com assistências e gols decisivos, e segue no clube para o próximo ano.

– Gabi Portilho: atacante; renovou seu vínculo até 2025.

– Yasmim: lateral-esquerda; contrato até dezembro de 2024.

– Mariza: meio-campista; contrato válido até dezembro de 2025.

– Gabi Zanotti: craque do time teve contrato renovado até o fim 2024.

– Tarciane: a zagueira; contrato até dezembro de 2024

– Duda Sampaio: a meio-campista tem contrato válido até dezembro de 2024.

– Vic Albuquerque: artilheira do Corinthians, tem contrato até dezembro de 2024 e deve renovar por mais uma temporada.

– Millene: atacante; autora de 17 gols, tem contrato até dezembro de 2024.

– Jheniffer: centroavante; vínculo válido até dezembro de 2024.

– Jaqueline: no Corinthians desde 2022, a atacante alternou entre bons e maus momentos em 2023. Jaqueline tem contrato válido até junho de 2025 e, portanto, seguirá no clube na próxima temporada.

– Gabi Morais: meio-campista; contrato renovado até 2025.

– Ju Ferreira: volante; contrato até dezembro de 2024.

– Isabela: lateral; contrato válido até dezembro de  2024.

– Paulinha: lateral-direita; renovou seu vínculo por mais um ano.

– Fernanda: meia-atacante; tem contrato até dezembro de 2024.

– Carol Nogueira: atacante; com contrato até dezembro de 2024.

– Miriã: atacante; com contrato até dezembro de 2024.

– Kemelli: goleira reserva imediata da Lelê, renovou contrato por mais um ano.

– Mary Camilo: única goleira com contrato até dezembro de 2024.

– Érika: a zagueira não atua desde dezembro de 2022, se recuperando de lesão, teve o contrato renovado para continuar o tratamento.

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância e transformou a paixão em profissão. Além do futebol, se mantem por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhou como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo