Brasileirão Série B

Quais as posições dos cinco reforços desejados por Carille no Santos?

Treinador do Peixe quer contratações nesta janela de transferências para a sequência da Série B

Três meses após o vice-campeonato paulista e aquela sensação de que a participação na Série B do Campeonato Brasileiro seria sem sustos, o Santos, apesar de liderar a competição, viu a necessidade de aproveitar a janela de transferências de meio de ano, que abriu nesta quarta-feira (10), para reforçar o elenco.

E a busca por contratações, conforme o desejo do técnico Fábio Carille, deverá ser intensa. Depois de afirmar que chegar à final do Estadual foi prejudicial para a sequência da temporada, o treinador já avisou que espera a chegada de cinco novos jogadores para a continuidade da Série B.

O que Carille pensa sobre reforços?

— Vão chegar jogadores sim. Passamos a manhã no CT vendo as possibilidades dentro da realidade do Santos atualmente. Acredito que o Alexandre Gallo (coordenador de futebol do clube) já tenha valores para passar ao presidente para encaminhar as negociações — falou o treinador em entrevista à revista Placar.

Quais são as posições carentes do Santos?

Para diminuir a concorrência, o Santos mantém os nomes desejados em sigilo. Porém, não é difícil entender em quais posições Carille espera contar com reforços.

A primeira busca, e já conhecida, será por um goleiro. Por conta da lesão de João Paulo, que só deve voltar aos gramados na próxima temporada, diretoria e comissão técnica entendem que a chegada de um atleta para disputar posição com Gabriel Brazão é uma das prioridades.

A possibilidade de ver Joaquim deixar a Vila Belmiro faz o Santos olhar com atenção para o mercado de olho em um zagueiro. Se preparando para uma hipotética venda de Joaquim, Carille já começou a dar minutagem para o promissor Jair. Ainda assim, repor tal saída será necessário.

A criatividade no meio-campo também grita por um reforço. Dono da posição, Giuliano não tem um substituto à altura e isso tem lhe sobrecarregado. Não à toa, o meio-campista se encontra lesionado.

O ataque também precisa de reforços?

O sistema ofensivo alvinegro também precisa de novas opções. Tanto para atuar pelos lados do campo, quanto para revezar com Julio César Furch, uma vez que Morelos não parece mais fazer parte dos planos de Carille.

Foto de Bruno Lima

Bruno LimaSetorista

Jornalista pela UniSantos com passagem pelo Jornal A Tribuna de Santos. Já trabalhou na cobertura de jogos da Libertadores e das Eliminatórias Sul-Americanas no Brasil e no Exterior. Na Trivela, é setorista do Santos.
Botão Voltar ao topo