Brasileirão Série B

Patrick não pode ser a 1ª opção para a ausência de Guilherme no Santos

Guilherme sentiu dores na posterior da coxa esquerda e será examinado nesta quinta-feira (16)

A noite de quarta-feira (15), no Moisés Lucarelli, poderia ter sido perfeita para o técnico Fábio Carille. O Santos venceu a Ponte Preta, por 2 a 1, e recuperou a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. O problema é que o Peixe deixou Campinas com Guilherme, um dos seus principais jogadores na temporada, machucado. O jogador será examinado a partir desta quinta-feira (16), no CT Rei Pelé, e uma possível ausência do camisa 11 pode ser motivo de preocupação. Principalmente se o seu substituto for Patrick.

Guilherme deixou o gramado ainda no primeiro tempo do duelo com a Ponte Preta após sentir dores no músculo posterior da coxa esquerda em uma rápida subida ao ataque pelo lado esquerdo do campo. Na ocasião, Carille mandou Patrick para o jogo, mas o mesmo não fez uma boa partida.

O camisa 11 alvinegro passará por exame de imagem nesta quinta-feira (16), durante a reapresentação do elenco no CT Rei Pelé, para conhecer o diagnóstico.

Quais as opções de Carille para posição?

Caso Guilherme não tenha condições de jogo, Carille não tem muitas opções para substituí-lo. Além de Patrick, Weslley Patati, Serginho e até Willian podem concorrer à vaga.

Em tese, Pedrinho, que poderia ser o reserva imediato, segue em tratamento no Departamento Médico e não voltará contra a equipe catarinense. O mesmo vale para o centroavante Julio César Furch.

Patrick é o favorito de Carille?

Diante das opções, é possível que Carille insista em Patrick aberto pelo lado esquerdo do ataque. O problema é que, lento e ainda desentrosado, o meio-campista de origem pouco ou nada acrescentou ao time naquela faixa do campo.

Mas, em entrevista coletiva após o jogo em Campinas, o treinador evitou apontar um favorito para herdar a vaga de Guilherme.

— O Guilherme vem fazendo uma excelente temporada. Vem bem desde o Campeonato Paulista e faz um ótimo início de Série B. É um jogador importante. Agora vamos começar a analisar as alternativas que temos, deixar tudo bem claro para os atletas e preparar aquele que for jogar para fazer um ótimo jogo — disse o treinador.
— A partir desta quinta-feira começamos a pensar no jogo contra o Brusque — completou.

Quais os horários de treinamento do Santos?

O Peixe se reapresenta às 16 horas (horário de Brasília) desta quinta-feira (16). Posteriormente, o elenco alvinegro trabalhará às 10 horas (horário de Brasília) de sexta-feira (17) e sábado (18) antes de voltar a campo pela Série B.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna.
Botão Voltar ao topo