Brasileirão Série B

A estatística que comprova que o Santos teve sérios problemas contra o Mirassol

Em confronto disputado nesta terça-feira (25), no Campos Maia, as equipes apenas empataram

O empate sem gols diante do Mirassol, no Campos Maia, na noite desta terça-feira (25), pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi consequência de mais uma má atuação do Santos na competição. Principalmente no primeiro tempo do confronto, em que a equipe da casa merecia ter construído uma vantagem. E só não a fez, porque Gabriel Brazão impediu com boas intervenções.

Para se ter uma ideia da ineficiência alvinegra no interior do Estado, ao longo dos 45 minutos iniciais, o Santos fez subir a média de chutes no alvo do adversário no campeonato.

Comandado pelo técnico Mozart, o Mirassol, segundo dados do Footstats — site de estatísticas —, tinha média de 3,5 chutes no gol por partida. Diante do Peixe, os anfitriões acertaram cinco finalizações na meta defendida por Brazão somente na primeira etapa.

Ao término do encontro, ainda de acordo com o Footstats, o Mirassol viu essa média subir para 4,08 chutes no alvo por jogo.

O que Carille achou da atuação do Santos?

Nada satisfeito com a atuação dos seus comandados em Mirassol, Carille se viu obrigado a comemorar o ponto conquistado fora de casa.

— Uma atuação abaixo do que a gente imaginava. Os primeiros minutos já trouxeram preocupação com erros de passe simples. Passe para fazer no pé, girar e sair do outro lado. Erramos bastante e depois demoramos para melhorar. Não melhoramos tecnicamente, mas brigamos mais, paramos a bola para não deixar o rival ficar circulando com ela na área. Nosso desempenho não foi legal. Levar um ponto acaba sendo bom. Jogamos melhor contra o Botafogo e não levamos ponto nenhum. Precisamos melhorar bastante se quisermos algo na competição — afirmou o treinador após a partida.

Qual é a situação do Santos na Série B?

Com o empate desta terça-feira, o Santos encerra a rodada com 12 pontos conquistados e na 5ª posição da tabela. Logo, fora do G4 da Série B.

  • – América-MG: 22 Pontos
  • – Avaí: 22 Pontos
  • – Operário: 21 Pontos
  • – Vila Nova: 20 Pontos
  • – Santos: 19 Pontos
  • – Sport: 19 Pontos (um jogo a menos)
  • – Coritiba: 19 Pontos

Qual é o próximo jogo do Santos?

A partir desta quarta-feira (26), o Santos começa a sua preparação para encarar a Chapecoense, segunda-feira (1º), às 19 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

Para esse duelo, o atacante Guilherme aparece como um ponto de interrogação, pois sentiu um desconforto no primeiro tempo.

— Muito cedo para saber, mas sentiu um desconforto. Tirei porque estava sem confiança na partida. Sou do jogo a jogo. O desta terça-feira terminou e voltamos para Santos para projetar a Chapecoense — disse Carille em entrevista coletiva.

Além da dúvida que envolve Guilherme, o treinador já sabe que não poderá contar com o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, que recebeu o terceiro cartão amarelo. A disputa pela vaga agora fica entre o promissor Souza, da equipe sub-20 do Peixe, e Hayner, que costuma ser improvisado na posição.

Foto de Bruno Lima

Bruno LimaSetorista

Jornalista pela UniSantos com passagem pelo Jornal A Tribuna de Santos. Já trabalhou na cobertura de jogos da Libertadores e das Eliminatórias Sul-Americanas no Brasil e no Exterior. Na Trivela, é setorista do Santos.
Botão Voltar ao topo