Brasil

São Paulo defende rótulo de campeão de tudo em disputa de mais um título inédito na Supercopa Rei

Após Copa do Brasil, São Paulo tenta novo título inédito em duelo com Palmeiras na Supercopa

Foi num domingo como este que o São Paulo viu o Morumbi explodir em uma festa engasgada em seu torcedor pelo título inédito da Copa do Brasil. Naquela tarde histórica de 24 de setembro de 2023, o Tricolor se orgulhava de ter conquistado a “peça que faltava” para se autoproclamar “Campeão de Tudo”. Quatro meses mais tarde, o clube volta a mais uma decisão com a missão de defender este rótulo.

Neste domingo (4), às 16h (horário de Brasília), o São Paulo enfrenta o Palmeiras no Mineirão, em Belo Horizonte, na Supercopa Rei – um duelo que opõe os atuais campeões da Copa do Brasil e do Brasileirão. De novo, o Tricolor tenta conquistar um título inédito para completar sua coleção e se manter como um campeão de tudo.

O São Paulo se orgulha de ter conquistado todos os títulos expressivos possíveis. São três Mundiais de Clubes, três Libertadores, uma Sul-Americana, seis Campeonatos Brasileiros e 22 Campeonatos Paulistas, além da Copa do Brasil. Vale a ressalva de que o clube perdeu a Copa Suruga de 2013 para o Kashima Antlers, do Japão, e não possui essa conquista. Apesar de ser um torneio de menor expressão entre o campeão da Sul-Americana e o campeão japonês, a competição é oficial e foi extinta em 2019.

Os títulos expressivos do São Paulo:

  • Mundial: 3
  • Libertadores: 3
  • Copa Sul-Americana: 1
  • Campeonato Brasileiro: 6
  • Copa do Brasil: 1
  • Campeonato Paulista: 22

São Paulo quer fechar semana perfeita após quebra de tabu

Além do título inédito, o São Paulo quer fechar com chave de ouro uma semana que já começou com um feito histórico. Na última terça-feira (30), o Tricolor venceu o Corinthians por 2 a 1 e conquistou sua primeira vitória na história em um Majestoso na Neo Química Arena. Mas o tabu quebrado está longe de ser a prioridade do clube.

Minutos após decidir com um dos gols em Itaquera, Calleri começava a projetar o duelo com o Palmeiras, no próximo domingo (4), às 16h (horário de Brasília), no Mineirão, pela Supercopa Rei. Nas palavras do ídolo: este, sim, é o clássico mais importante da semana

– A gente acreditou e foi campeão. Quebramos o tabu da Copa do Brasil, quebramos o tabu da Arena. Vamos por mais, domingo é mais importante do que hoje. Vamos fazer o máximo possível para que o São Paulo volte a ser o que foi 10 anos atrás, quando era campeão normalmente – disse Calleri após a vitória em Itaquera.

Título inédito pode render premiação milionária

Além do ineditismo da conquista, o São Paulo está de olho na premiação da Supercopa. A CBF ainda não divulgou os valores que distribuirá na competição, mas a Trivela apurou que a cifra será maior que a do ano passado.

Em 2023, a entidade pagou R$ 10 milhões para o campeão (o Palmeiras) e R$ 5 milhões para o vice (o Flamengo). Na temporada passada, a entidade só elevou as cifras para premiações após receber um aporte de 1 milhão de dólares da Conmebol. Não há informação de que este valor foi depositado pela entidade sul-americana em 2024.

Confira a lista de campeões da Supercopa:

  • 1990: Grêmio
  • 1991: Corinthians
  • 2020: Flamengo
  • 2021: Flamengo
  • 2022: Atlético-MG
  • 2023: Palmeiras

Carpini busca primeiro título

Carpini já fez história pelo São Paulo logo em seu quarto jogo no comando da equipe, com a quebra do tabu em Itaquera. Agora, ele tem chance de conquistar o primeiro título pelo clube – inédito para ele e para o Tricolor. Por isso, o próprio treinador evitava comemorações excessivas na Neo Química Arena.

– A decisão do fim de semana vai ser muito difícil. É um momento também muito importante para o São Paulo. A gente começa ainda hoje a nos preparar. Nós enquanto comissão. Com algumas ideias para esse jogo, e a gente começa a se preparar no dia a dia, não só no momento da partida, então nada em excesso, né, a partir de amanhã vira a chave e esse jogo já ficou para trás, a história para contar, valorizar o momento, valorizar a invencibilidade, mas agora a gente tem uma batalha muito difícil pela frente e que nós podemos também seguir fazendo história, né, porque não tinha que trabalhar muito tanto que isso aconteça sabendo da dificuldade – disse o treinador.

Carpini deve repetir o time ideal

Com a presença de Lucas ainda como dúvida, Carpini pretende repetir a escalação do São Paulo pela primeira vez desde que chegou ao clube. O time deve ser o mesmo da vitória que encerrou o tabu contra o Corinthians em Itaquera, na última terça-feira (30). Esta formação é a considerada “ideal” neste início de temporada.

A escalação provável do São Paulo: Rafael; Rafinha, Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia, Alisson, Wellington Rato, Luciano e Lucas Moura; Calleri. Técnico: Thiago Carpini.

 

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo