Brasil

Santos busca solução para trio que recebe 20% de toda folha salarial do elenco

Com a queda para a Série B do Brasileirão, Santos não terá como arcar com vencimentos tão elevados no elenco

Com o rebaixamento do Santos à Série B do Campeonato Brasileiro, é inevitável que o clube, em vias de ser administrado pelo presidente eleito Marcelo Teixeira, passe por uma profunda reformulação. Principalmente em relação ao elenco profissional, que tem uma folha salarial acima dos R$ 12 milhões por mês. E nesse cenário, a cúpula alvinegra tenta encontrar soluções, inicialmente, para os donos dos principais vencimentos do clube: Alfredo Morelos, Jean Lucas e Julio César Furch, exatamente nesta ordem.

De acordo com o apurado pela Trivela, o trio é responsável por 20% de todas as despesas que o Santos tem com o elenco profissional. Os salários deles, já considerando os direitos de imagem, giram na casa de R$ 600 mil a R$ 900 mil, e, juntos, beiram os R$ 2,5 milhões por mês.

Pensando na elevada queda de receitas que o clube terá em 2024, uma vez que já antecipou todas as verbas referentes ao Campeonato Paulista e disputará – além do Estadual – somente a Série B do Brasileirão, é consenso dentro da Vila Belmiro que não há condições financeiras de enfrentar o ano com honorários tão elevados.

Morelos não deve ser problema para o Santos

Com uma cláusula no contrato que prevê liberação em caso de rebaixamento, Morelos deve ativá-la nas próximas semanas para retornar ao futebol europeu. A passagem pelo Rangers, da Escócia, lhe deixou com uma boa imagem no continente e a tendência é de que o colombiano viva uma nova experiência por lá. A situação não chega a ser lamentada pelos novos dirigentes santista, pois o clube não terá que arcar com a sua rescisão contratual.

O colombiano, aliás, terminou a temporada de maneira frustrada por não ter sido utilizado com mais frequência pelo técnico Marcelo Fernandes. Ao se recuperar de uma lesão na panturrilha direita, o atacante acreditava que poderia ter sido melhor aproveitado na luta alvinegra contra a queda. Porém, coube a ele assistir do banco de reservas, e preterido pelo jovem Wesley Patati, o Santos ser rebaixado, na Vila Belmiro, ao perder por 2 a 1 para o Fortaleza.

Alfredo Morelos no Santos 2023
Aposta do coordenador de futebol Alexandre Gallo, o colombiano Morelos foi utilizado por apenas  96 minutos no Santos (Foto: Flickr/SantosFC)

Morelos, que foi, provavelmente, a principal aposta do coordenador técnico Alexandre Gallo, pode ter a sua história no Santos resumida a 96 minutos em campo divididos em três partidas, sendo apenas uma como titular.

Marcado, Jean Lucas tem futuro indefinido

Após algumas tentativas, o Santos conseguiu, no meio deste ano, repatriar o meio-campista Jean Lucas, então jogador do Monaco, por meio de um investimento de 6 milhões de euros (pouco mais de R$ 31 milhões na cotação da época). Com o negócio sacramentado entre os clubes, o atleta assinou um vínculo de quatro anos com o Peixe.

O problema é que o desempenho de Jean Lucas na reta final do Brasileirão foi decepcionante. Sem conseguir jogar bem nos últimos jogos da temporada, o meio-campista ficou marcado pela torcida por ter chutado o chão, sozinho e dentro da área, ainda no início do duelo com o Fortaleza. Tal episódio só engrossou as críticas que o atleta vinha recebendo por ter se atrasado com o centroavante Marcos Leonardo para a viagem da delegação alvinegra a Curitiba, na penúltima rodada da competição.

Jean Lucas contra o Athletico-PR
Trazido do Monaco por meio de um grande investimento, Jean Lucas é dono do segundo maior salário do elenco (Foto: Flickr/SantosFC)

O alto salário, as dificuldades financeiras do clube e o desempenho no final da temporada podem servir de combustível para que o Santos tente negociá-lo e, além de aliviar a folha mensal, obter um bom valor para a reformulação do elenco.

Como fica a situação de Julio César Furch?

Vinculado ao Santos por mais um ano e meio, Julio César Fucrh, em razão dos decisivos gols marcados contra Grêmio, Bahia e Goiás, tem o carinho da torcida. Com a iminente saída de Marcos Leonardo para a Europa, o argentino aparecia como o substituto natural do Menino da Vila. No entanto, assim como Morelos e Jean Lucas, a questão salarial é um obstáculo para esse cenário.

Julio César Furch contra o Flu
Julio César Furch virou o talismã da torcida do Santos pelos gols marcados diante de Grêmio, Bahia e Vasco (Foto: Flickr/SantosFC)

É possível que o clube tente uma redução nos vencimentos do atacante. Porém, caso isso não seja do seu interesse, Furch deverá ser envolvido em alguma negociação com clubes do Brasil ou do exterior.

Reapresentação no CT Rei Pelé em 5 de janeiro

Com todas as indefinições à vista, o elenco do Santos se reapresenta no CT Rei Pelé no próximo dia 5 de janeiro para o início da pré-temporada. Até lá, o clube, que passa por uma transição de presidentes, tenta agilizar algumas negociações para não ver o seu planejamento ficar muito atrás dos outros clubes do país.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Jornalista pela UniSantos com passagem pelo Jornal A Tribuna de Santos. Já trabalhou na cobertura de jogos da Libertadores e das Eliminatórias Sul-Americanas no Brasil e no Exterior. Na Trivela, é setorista do Santos.
Botão Voltar ao topo