Brasil

15 minutos provaram que Robert vai brigar por posição no Atlético-MG

Mesmo com menos de 15 minutos para jogar e o time sendo goleado, Robert conseguiu chamar atenção no Atlético

Quase três meses após ser anunciado pelo Atlético-MG, o meia Robert Santos entrou em campo pela primeira vez vestindo a camisa do clube. A noite não foi nada boa para o Galo, que foi goleado por 4 a 2 pelo Vitória. O jovem esteve em campo por pouco tempo, mas foi marcante para ele, que conseguiu o destaque necessário para, quem sabe, ser mais utilizado.

Entre o anúncio, em 27 de março, e a partida, foram 85 dias. Por coincidência, em casa, já que ele é de Salvador, onde o Galo encarou o Vitória.

Foram menos de 15 minutos em campo, mas que pareceram suficientes para empolgar a torcida do Atlético, que já cobra de Milito mais minutos para o jovem. Aos 20 anos, ele fez seu primeiro jogo na elite do futebol.

Com o pouco tempo em campo, Robert teve poucas ações no jogo, mas, em uma delas, surgiu o segundo gol do Galo. Aos 42 minutos, ele driblou o marcador e achou um belo passe para Scarpa, que bateu para, no rebote, Palacios marcar. Só isso já foi suficiente para ver o porquê o Atlético decidiu apostar no meia.

Robert vs Vitória segundo o SofaScore

  • 14 minutos em campo
  • 12 ações com a bola
  • 6/9 passes certos
  • 1 passe decisivo – que gerou gol
  • 1/1 drible certo – que gerou gol
  • 2/2 duelos no chão ganhos
  • 4 perdas de posse
  • 1 falta sofrida

Por que Robert demorou a jogar?

Robert chegou ao Atlético em março após se destacar no Campeonato Mineiro pelo Athletic. Antes, ele passou todo o 2023 atuando na várzea de Salvador, já que estava sem time após voltar de um curto período em Portugal.

A Trivela explicou detalhadamente os motivos que levaram Robert a demorar para entrar em campo. O principal deles era o físico, que, após um ano sem acompanhamento e jogando no futebol amador, estava longe o ideal para a elite.

Ele demorou dois meses para ser relacionado para um jogo, e só agora estreou. Gabriel Milito foi questionado algumas vezes sobre o jogador, e sempre falou que o colocaria quando entendesse que ele estava pronto. A estreia foi curta, mas importante para Robert, que soube otimizar o pouco tempo em campo.

Palacios marca o primeiro e ganha confiança

Outro jogador que, apesar da goleada do Atlético, deve ter saído de campo com mais confiança é o atacante Brahian Palacios. O colombiano também demorou a estrear pelo Galo, sendo anunciado antes de Robert, no início de março, e estreando só no final de maio.

Desde que estreou, entrou em campo em cinco dos últimos seis jogos. Contra o Vitória, foi acionado mais cedo e, com a jogada de Robert, conseguiu marcar seu primeiro gol pelo Galo.

Palacios foi contratado pelo Galo visando uma venda futuro, já que o clube vê muito potencial nele. Aos 21 anos, ele busca mais espaço no time atleticano, e esse período com mais desfalques tem ajudado ele a jogar mais.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander HeinrickSetorista

Jornalista pela PUC-MG, passou por Esporte News Mundo e Hoje em Dia, antes de chegar a Trivela. Cobriu Copa do Mundo e está na cobertura do Atlético-MG desde 2020.
Botão Voltar ao topo