BrasilSérie B

No retorno do Papão à Série B, a festa de recepção ficou por conta da torcida

Depois de uma temporada na Série C logo após o retorno à B pela primeira vez em seis anos, o Paysandu garantiu para 2015 mais uma chance no segundo escalão brasileiro. Para um time do tamanho do Papão, passar tantos anos na terceira divisão é uma experiência bem intragável, então a festa da torcida não poderia deixar de ser proporcional à alegria do reencontro com a competição que já venceu em duas oportunidades. Na chegada ao Mangueirão, onde o time recebe o Botafogo para a primeira partida da segundona, os fanáticos pelo Papão tomaram as ruas, iluminando o caminho do ônibus da equipe com sinalizadores e uma energia ímpar.

VEJA TAMBÉM: CBF cobre marca da Allianz e dá recado: boa sorte para fazer o futebol brasileiro crescer

A festa, chamada em alguns lugares de “ruas de fogo”, foi um prelúdio do apoio que a torcida daria ao Paysandu dentro do estádio. Com um grande público, o Mangueirão traz em suas arquibancadas um apoio barulhento, e os 11 alvicelestes em campo não serão os únicos adversários que o Botafogo terá que enfrentar se quiser começar a busca pela volta à primeira divisão com o pé direito.

Confira a festa dos torcedores do Papão:

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo