Brasil

Meio-campo do Flamengo na Copinha será comandado por joia que deve quebrar recordes

Lorran disputa sua primeira Copa São Paulo, mas já tem status de craque e, ao lado de um bom elenco, pode fazer a diferença para o Flamengo

A Copa São Paulo de Futebol Júnior começa em janeiro, e a Trivela não poderia ficar de fora da maior festa do futebol de base no Brasil. A reportagem preparou uma série de matérias sobre como os maiores times do país entrarão em campo no torneio. Pelo lado do Flamengo, o segundo setor a ser abordado será o meio-campo, que contará com atletas utilizados entre os profissionais e grandes joias do futuro.

O Flamengo está no Grupo 19 da Copinha, que terá sede em Osasco, na grande São Paulo. Os adversários na primeira fase são: Audax, time “da casa”, São José e São Bento, ambos do Rio Grande do Sul. Esses são os construtores do Rubro-Negro na competição: Rayan Lucas, Jean Carlos, Caio Garcia, Daniel Rogério, João Victor Alves e Lorran. 

Os volantes e meias do Flamengo na Copinha 2024

  • Lorran – 17 anos

Ainda que seja um dos, senão o mais jovem do setor, Lorran é quem cria a maior expectativa para a torcida do Flamengo. Joia desde os tempos de sub-11, o meia é uma das esperanças para o Rubro-Negro, logo em sua primeira disputa de Copa São Paulo. Impressiona pela agilidade, criatividade e, em especial, poder de decisão. Mário Jorge, técnico do sub-20, falou sobre ele em entrevista recente à Trivela.

— Cara, o Lorran é um talento, né? É indiscutível a capacidade é técnica e decisiva desse atleta. Ele vem de um ano muito complexo em que não parou, vem de dezembro de 2022 até agora. A Copa do Mundo sub-17 sem nenhum tipo de recesso, sem nenhum tipo de férias, a gente deu uma parada nele também.

— Ele volta praticamente 10 dias antes da Copinha e vai com a gente para tentar ganhar condição lá durante a competição. É um jogador extremamente talentoso, é um moleque muito decisivo. Eu acredito que tê-lo ali com a gente realmente pode nos ajudar a ter uma equipe bem equilibrada, para que a gente consiga o objetivo principal do primeiro momento que é classificação.

  • Rayan Lucas – 18 anos

Outro que cria muita expectativa, o volante Rayan Lucas teve seu contrato renovado recentemente, para evitar assédio de outros clubes. Campeão do Brasileirão sub-20, o jogador é relacionado constantemente para os jogos dos profissionais, mas ainda não teve uma oportunidade. Destro, bate bem na bola e vai bem até na marcação, características semelhantes as de Erick Pulgar, por exemplo.

  • Jean Carlos – 19 anos

O meia teve uma jornada diferente dos outros atletas do setor. Em 2021, Jean Carlos optou por deixar o Palmeiras para assinar com o Flamengo, com multa rescisória de 40 milhões de euros. Protegido para mostrar seu melhor futebol, o jogador é outra esperança para o Rubro-Negro. O passe é sua principal características, mas o chute de longa distância também é algo a ser visto.

  • Caio Garcia – 19 anos

Outro que veio da safra da Ferroviária, de São Paulo, Caio Garcia teve os direitos adquiridos pelo Flamengo recentemente. Valeu a pena o empréstimo, e o volante se destacou pelo excelente jogo em transição, algo que é visto como uma valência para os profissionais. É do planejamento do Rubro-Negro, inclusive, integrá-lo ao time de cima depois da Copa São Paulo.

  • Daniel Rogério – 18 anos

São poucas as informações sobre o meia, que estará disputando sua primeira Copa São Paulo em 2023. Daniel Rogério é um daqueles diamantes que ainda precisam ser lapidados, mas tem bom drible e velocidade.

  • João Victor Alves – 18 anos

Mais um com pouco tempo de casa, João Victor é uma aposta do Flamengo para o setor.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo