Brasil

Diretor do Internacional, Magrão não confia em briga por títulos após catástrofe no Sul

Depois de 30 dias sem jogar devido à tragédia climática no Rio Grande do Sul, Internacional volta a atuar nesta terça-feira (28), contra o Belgrano, pela Copa Sul-Americana

Depois de exatamente um mês sem jogar, devido às enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul, o Internacional volta a atuar nesta terça-feira (28), às 19h, contra o Belgrano, na Arena Barueri, pela Copa Sul-Americana. E a grande curiosidade, que também vale as demais equipes gaúchas, é qual o impacto que as consequências da tragédia climáticas terá no rendimento colorado a partir de agora.

Diretor esportivo do Inter, Magrão já não tem o mesmo otimismo do início da temporada, quando o Colorado se reforçou fortemente para buscar títulos. O dirigente comentou isso em entrevista coletiva nesta segunda-feira (27), véspera da retomada dos jogos.

— Quando começou o ano eu tinha convicção de que a gente iria brigar pelo título. Hoje eu já não sei. A gente vai jogo a jogo, passo a passo, porque eu não tenho essa certeza de que a gente vai ser postulante ao título, por tudo que aconteceu — admitiu Magrão.

Além da falta de ritmo de jogo de quem disputou sua última partida no dia 28 de abril, no empate por 1 a 1 com o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, o elenco do Inter ficou sem treinar por dez dias, período no qual muitos atletas ajudaram as vítimas das enchentes com resgates e/ou doações.

O prejuízo também se estende para o local dos jogos como mandante. Com o Beira-Rio em processo de reconstrução após ficar alagado, o Inter mandará em outros locais seus jogos como mandante.

Para a retomada, após período de treinamentos no Complexo Esportivo da PUCRS, já que o CT Parque Gigante ainda está embaixo d’água, a direção colorada decidiu concentrar o elenco no Otho Hotel, em Itu. Para facilitar a logística, a partida contra o Belgrano também será em território paulista, em Barueri.

— A nossa ideia aqui é tentar ao máximo amenizar as dificuldades que a gente vai ter pela frente, que vão ser muitas. Mas como diretoria, como clube, e eu falo em nome do nosso presidente, que está fazendo isso, do nosso vice-presidente, Felipe [Becker], é amenizar ao máximo isso para que a gente possa sofrer o mínimo possível do que já sabemos que vamos sofrer e passar nos próximos jogos — afirmou Magrão.

Após o jogo contra o Belgrano, o Inter tem dois jogos seguidos como visitante, contra Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro, e Real Tomayapo, na Bolívia, pela Copa Sul-Americana. As duas partidas seguintes como mandante, contra Delfín, pela competição continental, e São Paulo, pela nacional, serão realizadas, respectivamente, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul/RS, e no Heriberto Hülse, em Criciúma/SC.

Próximos jogos do Internacional

  • Internacional x Belgrano — Copa Sul-Americana — terça-feira, 28 de maio de 2024, às 21h30min (horário de Brasília);
  • Cuiabá x Internacional — Campeonato Brasileiro — sábado, 1º de junho de 2024, às 18h30min (horário de Brasília);
  • Real Tomayapo x Internacional — Copa Sul-Americana — terça-feira, 4 de junho de 2024, às 21h30min (horário de Brasília).
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo