Brasil

Planejamento do Fluminense com Libertadores e Recopa prevê reforços em quase todas as posições

Após título da Libertadores, Fluminense mira reforços para seguir brigando por conquistas em 2024, ano em que terá mais competições

O Fluminense ainda tem um Mundial de Clubes pela frente em dezembro, mas se não se reforçará para esta competição, já toca o planejamento visando a próxima temporada. Campeão da Libertadores, o Tricolor volta à competição em 2024 e terá também a Recopa pela frente. Motivos para reforçar o elenco, que terá mudanças na próxima temporada.

Ainda que o elenco esteja obviamente muito bem avaliado após a maior conquista da história recente do clube, o Flu quer reforços em quase todas as posições. Isso porque sabe que perderá alguns destaques e quer se prevenir a outras situações

Assim, enquanto os jogadores pensam no Mundial de Clubes na Arábia Saudita, a diretoria planeja contratações. Alguns nomes já foram veiculados, como o zagueiro Antônio Carlos e o atacante Moisés. A próxima temporada deve ser de novidades no CT Carlos Castilho.

Antônio Carlos e Fluminense se acertaram na última janela, mas Orlando City-EUA faz jogo duro por liberação - Foto: Icon sport
Antônio Carlos e Fluminense se acertaram na última janela, mas Orlando City-EUA faz jogo duro por liberação – Foto: Icon sport

Apesar de ver o elenco forte em posições como goleiro, laterais e centroavante, o Fluminense não se fechará para oportunidades no mercado da bola. Jovens como Kayky, Arthur, Isaac e João Neto também têm boas chances de serem promovidos aos profissionais.

Sem Nino, Fluminense busca reforços na zaga para 2024

A começar pela zaga, onde o Flu sabe que perderá Nino, vê Felipe Melo entrar no ano em que deve encerrar sua carreira e ainda não tem reposições.

Marlon, contratado no meio da temporada, tem contrato apenas até o fim de junho, e além de buscar uma ampliação do empréstimo dele, a diretoria busca contratações.

O alvo principal é Antônio Carlos, do Orlando City-EUA, que passou pelas divisões de base do clube em Xerém. Entre jogador e o Fluminense já há um acerto desde junho do ano passado, como noticiado à época pelo Superesportes, mas os norte-americanos não o liberaram.

A MLS tem contratos um pouco diferentes do resto do mundo, e no caso do zagueiro de 30 anos, ele não possui multa rescisória. O Flu não descarta uma compensação financeira para trazer o jogador, que tem interesse em voltar ao Rio de Janeiro, sua cidade natal.

Além dele, o Tricolor conta com a volta de Manoel. O zagueiro conseguiu comprovar que a presença de ostarina em seu exame antidoping foi fruto de uma contaminação, e pegou oito meses de gancho. Titular em 2022, ele é esperado já no próximo mês para voltar aos treinos no CT Carlos Castilho e estará liberado para jogar a partir de fevereiro.

Manoel provou contaminhação por doping e será "reforço" para 2024 no Fluminense - Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC
Manoel provou contaminhação por doping e será “reforço” para 2024 no Fluminense – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Fluminense também mira contratações para o meio-campo

Já no meio de campo, o Fluminense provavelmente perderá André, o coração do setor no time de Fernando Diniz. Sua reposição deve ser interna: Alexsander e Martinelli devem ter espaço para jogar juntos após a saída do camisa 7.

André deve deixar o Fluminense ao fim de 2022 - Foto: Icon Sport
André deve deixar o Fluminense ao fim de 2022 – Foto: Icon Sport

Mas o Tricolor observa opções no mercado da bola. O departamento de scout busca opções para todas as posições do meio-campo. Além de mais um volante, o Flu busca meias. Ainda não há negociações em andamento.

Moisés é o desejo do Fluminense para reforçar o ataque

Como antecipado pela Trivela, o Fluminense tem interesse na contratação de Moisés, do Cruz Azul-MEX. O jogador de 27 anos que se destacou pelo Fortaleza quer voltar ao Brasil, mas ainda vive situação indefinida.

O clube mexicano fez grande investimento em sua contratação, mas a primeira temporada não foi animadora. Para piorar, La Maquina mudou de treinador e diretor esportivo, e enquanto não houver definições mais claras, o atacante, que passa férias no Brasil, terá que esperar.

Pouco aproveitado no Cruz Azul-MEX, o atacante Moisés interessa ao Fluminense para 2024 - Foto: Icon sport
Pouco aproveitado no Cruz Azul-MEX, o atacante Moisés interessa ao Fluminense para 2024 – Foto: Icon sport

O Fluminense não descarta pagar pelo empréstimo do atleta, desde que haja uma cláusula de preferência de compra ao fim do vínculo. O desejo do Cruz Azul, a princípio, é recuperar o investimento com uma venda.

Além do Flu, Grêmio e Fortaleza também desejam o reforço de Moisés, que tem contrato até o fim de 2026 e multa rescisória de US$ 8 milhões (R$ 38,8 milhões na cotação atual), mas dificilmente comprarão o jogador em definitivo. Caso opte por emprestar o atleta, o Tricolor é o preferido dos agentes do atleta.

Além do departamento de scout, os principais nomes do futebol do Fluminense são entusiastas de Moisés. O técnico Fernando Diniz, o diretor de planejamento Fred e o presidente Mário Bittencourt gostam muito do jogador. Sua postura em jogo contra o Tricolor em 2022 chamou a atenção da diretoria, já reconhecida no mercado nacional pela atenção ao lado humano do esporte.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo