Brasil

Fluminense tem interesse em ex-Fortaleza e acompanha de perto situação de atacante no México

Ex-Fortaleza, atacante vem sendo pouco aproveitado no Cruz Azul-MEX e interessa ao Fluminense para 2024

Ainda com jogos a disputar no Campeonato Brasileiro e os olhos voltados para o Mundial de Clubes, o Fluminense se prepara também para 2024. O Tricolor quer reforços para o ano em que volta à Libertadores como campeão e joga também a Recopa Sul-Americana além das competições nacionais. Um alvo é o atacante Moisés, ex-Fortaleza e Ponte Preta e hoje no Cruz Azul-MEX.

O jogador de 27 anos custou R$ 24,5 milhões e foi um alto investimento dos mexicanos para 2023, mas não vingou na América do Norte. Agora, voltará ao mercado da bola, e o Flu acompanha de perto sua situação.

Pouco utilizado na temporada ruim de La Maquina, o atacante viu o clube trocar o técnico brasileiro Ricardo “Tuca” Ferretti pelo interino Joaquín Moreno. Um novo treinador ainda não foi definido, mas como o Cruz Azul-MEX já excedeu o limite de estrangeiros da Liga MX, a expectativa pelo seu aproveitamento não é alta.

O desejo de seus representantes é trazê-lo de volta ao Brasil. Pelo Fortaleza, ele fez 85 jogos, marcou 21 gols e deu nove assistências entre 2022 e 2023.

Negociação não é simples, mas Fluminense é um dos favoritos

O Cruz Azul-MEX não deve se opor a liberar Moisés. O jogador tem contrato com os mexicanos até 2026, mas pode sair por empréstimo ou em definitivo, opção que agrada mais ao clube da capital Cidade do México. A equipe não vive bom momento financeiro.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Futpress (@futpress)

A negociação é difícil, já que deve envolver valores de compra ou empréstimo, mas o Fluminense é um dos favoritos. Isso porque, sem o interesse de Flamengo e Palmeiras, o Tricolor disputa a contratação com Grêmio e Fortaleza, e terá mais competições para disputar em 2024.

Moisés tem um salário de US$ 90 mil por mês no México (cerca de R$ 435 mil), e para tirá-lo de lá, um clube brasileiro precisará arcar com 100% dos seus vencimentos.

Moisés já interessa ao Fluminense desde a Ponte Preta

Moisés é monitorado pelo departamento de scout do Fluminense desde que se destacou pela Ponte Preta, na Série B de 2021. O clube, entretanto, não chegou a formalizar uma proposta para ele à época, e o atacante acabou no Fortaleza, onde se tornou um dos destaques da equipe de Juan Pablo Vojvoda.

Com a possibilidade de fazer várias funções do meio para a frente, o jogador é visto como uma arma importante para o elenco. O técnico Fernando Diniz gosta muito de seu futebol, mas até agora, as tratativas ainda estão em fase inicial.

O Flu sabe que perderá peças do time campeão da Libertadores. Nino e André devem deixar o clube nesta janela de transferências, e o mercado da bola deve ser mais movimentado que o comum no CT Carlos Castilho. Uma das novidades pode ser Moisés, que atrai forte interesse do Tricolor.

Moisés se destacou pelo Fortaleza entre 2022 e 2023 e interessa ao Fluminense - Foto: Icon sport
Moisés se destacou pelo Fortaleza entre 2022 e 2023 e interessa ao Fluminense – Foto: Icon sport

Além dele, o zagueiro Antônio Carlos, do Orlando City-EUA, tem interesse mútuo em voltar ao clube, onde passou nas divisões de base em Xerém. A negociação depende da liberação dos americanos.

No Fortaleza, Moisés teve fair play contra o Fluminense

O Fluminense conhece também o caráter de Moisés, algo que é bastante valorizado no clube. Em 2022, o atacante se envolveu em uma “polêmica” por uma jogada de fair play, pelo Fortaleza.

As equipes se enfrentavam no Castelão, quando aos dois minutos do segundo tempo, Moisés disparou pela esquerda e viu Nino, que o acompanhava, sentir lesão muscular e cair. O atacante parou a jogada para o zagueiro ser atendido. Depois, ambos se cumprimentaram.

A torcida do Leão criticou o jogador porque a equipe estava atrás do placar e vivia momento difícil no Campeonato Brasileiro. O Fluminense agradeceu pelo fair play em suas redes sociais, e dias depois, Moisés se pronunciou sobre o caso.

— Resolvi parar, meu coração mandou. Para mim, foi o mais correto, por mais que o resultado não fosse favorável. Uma lesão na qual eu poderia ter aproveitado e continuado o lance, mas preferi parar. Muitos me criticaram, recebi muitas mensagens no Instagram de pessoas que, para mim, não são torcedores. Muitos palavrões que prefiro não comentar, muitos xingamentos, mas também recebi muitas mensagens de apoio outras pessoas, de muitos torcedores, seja do nosso clube ou de outras equipes. Agradeço pelo carinho de todos e que possamos ser pessoas melhores, que possamos tirar uma lição não só desse jogo, mas para a vida. Ser honesto, ter humildade e, principalmente, lealdade. Sigo de cabeça erguida e sabendo que temos um longo ano pela frente, que precisamos buscar a recuperação no campeonato o mais rápido possível — publicou, em sua conta no Instagram.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo