Brasil

Fluminense vê brilho de destaques em Data Fifa às vésperas da Libertadores

André entra e participa de empate da Seleção, e Arias marca o primeiro pela Colômbia dias antes de estreia do Fluminense na Libertadores

O Fluminense não entra em campo desde o dia 16, mas foi bem representado pelos seus destaques na data Fifa. Convocados por Brasil e Colômbia, André e Arias brilharam nos amistosos e ajudaram suas seleções a conseguir bons resultados às vésperas da estreia na Libertadores.

Com a pausa no calendário após a eliminação no Campeonato Carioca e antes de estrear na Libertadores, Fernando Diniz enfim teve tempo para uma pré-temporada. Por conta do calendário apertado entre o Mundial de Clubes e o retorno das atividades em 2024, o Flu iniciou o ano com a programação adiada.

O mês de atraso em relação aos rivais cobrou a conta no Estadual, mas o principal objetivo do primeiro semestre foi alcançado: o título da Recopa Sul-Americana.

Enquanto faz uma espécie de intertemporada, o Fluminense viu seus grandes destaques brilharem nos amistosos. André foi importante no empate da Seleçãocontra a Espanha, enquanto Jhon Arias marcou seu primeiro gol pela Colômbia.

Próximos jogos do Fluminense

  • Alianza Lima x Fluminense — Libertadores — quarta, 3 de abril – 21h30 (de Brasília);
  • Fluminense x Colo-Colo — Libertadores — terça, 9 de abril — 21h (de Brasília);
  • Fluminense x Bragantino — Campeonato Brasileiro — sábado, 13 de abril — horário a definir.

André entra no intervalo, e Brasil empata com a Espanha

O Brasil enfrentou a Espanha no Santiago Bernabéu em um confronto polêmico já antes mesmo de a bola rolar. A ideia era protestar contra o racismo sofrido por Vini Jr, mas a semana se desenrolou com uma entrevista histórica e, ao mesmo tempo, triste. Vítima de um preconceito sem precedentes em Madri, o jovem se disse “sozinho” na luta contra os criminosos.

Em campo, para piorar, a Espanha foi favorecida. Dois pênaltis polêmicos ajudaram os espanhóis, que quase venceram. No último minuto, um golpe de luta greco-romana de Carvajal em Galeno fez o árbitro português António Nobre apontar a marca de cal. Na cobrança, Paquetá estufou as redes e deu números finais ao empate.

O resultado foi construído no segundo tempo. No intervalo, Dorival Júnior mexeu quatro vezes: colocou André, Endrick, Yan Couto e Andreas Pereira nas vagas de João Gomes, Raphinha, Danilo e Bruno Guimarães. Os substitutos melhoraram o time. Com o volante tricolor em campo, o Brasil conseguiu conter o destaque espanhol Lamine Yamal e chegar ao empate.

Jhon Arias marca o primeiro gol pela Colômbia

Outro que se destacou foi Jhon Arias. Titular da Colômbia desde o início deste ciclo para a Copa do Mundo de 2026, o atacante do Fluminense marcou seu primeiro gol pela seleção.

— Tenho muitos sonhos. O meu maior é jogar a Copa do Mundo com a minha seleção. É o ápice do futebol — afirmou à Trivela em 2023.

Arias é o grande nome do Flu em 2024 e vem se destacando desde os primeiros jogos. O jogador de 26 anos já fez quatro gols e deu uma assistência pelo time, enquanto marcou um gol e deu uma assistência pela Seleção em 12 jogos. Ao todo, pelo Fluminense, ele fez 133 jogos, marcou 32 gols e deu 35 assistências.

Mais do que a bola na rede, o colombiano teve grande atuação na vitória por 3 a 2 sobre a Romênia. Após recusar propostas do futebol russo na janela de transferências, Arias deve receber ainda mais atenção dos europeus no mercado da bola. Mesmo com a valorização salarial dada pelo Flu, ele não esconde a vontade de jogar na Europa.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo