Brasil

Exclusivo: Fluminense tem negócio avançado para vender André ao Fulham

Tricolor aguarda últimos detalhes para vender André para a Premier League

O Fluminense segurou enquanto pode, mas André não seguirá no clube em 2024. A Trivela apurou com exclusividade que o volante tem negociação avançada com o Fulham, da Inglaterra.

André é desejo antigo dos londrinos, que vinculavam sua chegada à saída do português Palhinha, dono da posição na equipe. A reportagem confirmou a negociação com fontes ligadas ao clube inglês.

O Fulham fez uma proposta de 25 milhões de euros (R$ 147 milhões na cotação de hoje), recusada pelo Flu, que realizou um pedido mais alto.

A intenção é chegar a valores próximos aos oferecidos em 2023 pelo Liverpool, que sinalizou com cerca de 30 milhões de euros.

Há o interesse de todas as partes em fechar negócio.

Fluminense tem a expectativa de negociar André na janela de transferências - Foto: Icon sport
Fluminense tem proposta para negociar André ao Fulham – Foto: Icon sport

O Fulham já havia feito duas propostas pelo jogador em 2023. O acerto não saiu, mas as conversas seguiram até o momento.

Liverpool e West Ham também buscaram a contratação de André no ano passado, como publicou a Trivela em janeiro. O volante recusou para seguir na disputa da Libertadores, que acabou conquistada pelo Fluminense em novembro de 2023.

Fluminense quer segurar André por Brasileirão e Libertadores

Mesmo dando a saída do jogador de 22 anos como certa, o Fluminense ainda tenta ficar mais um pouco com ele. A ideia do clube é segurar André para as oitavas da Libertadores, contra o Grêmio, nos dias 13 e 20 de agosto. O volante ficou 70 dias fora de combate em 2023.

Isso porque além de defender o título da Libertadores, o Tricolor ainda teria sete rodadas do Brasileirão com a presença do jogador. O Flu quer contar com André na luta contra o rebaixamento. Além disso, o tempo ajudaria o clube a procurar um substituto no mercado da bola.

A tentativa, entretanto, esbarra nos interesses do jogador e do Fulham. André dificilmente aceitará esperar mais tempo para finalmente rumar ao futebol europeu. No CT Carlos Castilho, a vontade do jogador por deixar o clube não é novidade.

Os ingleses começam o período de treinamentos em 15 de julho, e normalmente já iniciam os trabalhos com todos os jogadores do elenco. A vontade do Flu dependerá dos interesses das duas outras partes.

Empresários de André estão na Inglaterra

Enquanto o Fluminense se preparar para enfrentar o Criciúma nesta quinta-feira (11), os agentes de André, que pertencem ao escritório do empresário Carlos Leite, estão na Inglaterra. O Tricolor está ciente da movimentação.

Nesta quarta-feira (10) foram superados os últimos entraves para que Palhinha deixasse o Fulham rumo ao Bayern de Munique. O clube inglês, então, tem as condições necessárias para colocar no papel o acerto já encaminhado.

André será a maior venda da história do Fluminense

Desde o início das tratativas, o Fluminense sempre teve a intenção de fazer de André a maior venda da história do clube. E conseguiu. Embora o martelo não esteja batido, as cifras ultrapassarão outras vendas.

O valor que o Fulham pagará por André será maior que a venda de Gerson à Roma, em 2015, até agora a maior da história do clube. O negócio pelo meia, hoje no Flamengo, foi fechado por 18,5 milhões de euros naquela oportunidade.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo