Brasil

Torcida do Flamengo está tão irritada que sobrou para Gabigol até no basquete

Vitória do Flamengo sobre o Bauru, pela semifinal do Novo Basquete Brasil, ficou marcada por xingamentos da torcida a Gabigol

A grande vitória do Flamengo sobre o Bauru neste sábado (18), por 92 a 61, pela semifinal do NBB, acabou ofuscada pelas manifestações da torcida contra as atitudes de Gabigol, que perdeu a camisa 10 após ser flagrado com a camisa do Corinthians. Os mais de 1500 rubro-negros presentes no Tijuca Tênis Clube não aliviaram para o ídolo com a relação mais estremecida nos últimos tempos. O clima não é nada bom.

Quem também se pronunciou sobre o assunto foi Olivinha, um dos maiores ídolos do basquete do Flamengo, que vai se aposentar ao fim da temporada. Em um dos seus últimos jogos diante da torcida rubro-negra, o ala-pivô se emocionou com o carinho e mandou a letra para os próximos passos da carreira de Gabigol.

As manifestações dos rubro-negros

Diante da vitória tranquila do Flamengo, que passeou praticamente ao longo de toda a extensão do jogo, os torcedores rubro-negros aproveitaram para se manifestarem contra Gabigol. O atacante foi muito hostilizado pelos presentes no Tijuca Tênis Clubes, e os cantos foram os mais diferentes possíveis. Olivinha, já citado, esteve em um deles.

“Você pagou com traição, a quem sempre lhe deu a mão”

“Gabigol, vai se f***, o meu Flamengo não precisa de você”

O recado de Olivinha

Depois do apito final no ginásio e com a vitória nas mãos, Olivinha falou bastante com a imprensa. O primeiro tema, claro, ficou por conta dos xingamentos a Gabigol, e o ala-pivô do Flamengo mostrou tristeza pela situação ruim do ex-camisa 10.

— Fico triste, porque ele é um excelente jogador, tem uma história absurda com a camisa do Flamengo, mas algumas polêmicas também nos últimos meses. Então o que eu posso desejar é que ele tenha pessoas melhores ao lado dele, que possam ajudar ao invés de prejudicar — disse.

Já voltando sobre o tema do jogo, Olivinha agradeceu aos companheiros e, em especial, aos presentes no Tijuca, que empurraram o Flamengo de maneira incessante. Esse carinho da torcida é motivo de orgulho para o atleta, um dos maiores da história do basquete rubro-negro.

— O carinho que o torcedor tem comigo é uma coisa impressionante e realmente me deixa bastante emocionado. Nem nos meus melhores sonhos eu imaginaria uma carreira assim. Então, tenho um carinho muito grande e um orgulho gigantesco de representar essa camisa. Um orgulho muito grande dessas duas estrelas que eu ajudei a colocar aqui (Olivinha aponta para o escudo lembrando do bicampeonato da Copa Intercontinental). Então não posso pedir mais nada. Se eu pedir mais alguma coisa estarei sendo egoísta. Então só agradecer por todo esse carinho e curtir essa reta final, porque ainda tem muita coisa a acontecer — finalizou. 

Relembre o caso Gabigol

Gabigol perdeu boa parte do seu prestígio com a torcida do Flamengo na última quinta-feira (16), quando uma foto em que ele aparecia vestindo a camisa do Corinthians começou a circular nas redes sociais. O uniforme foi um presente de Matheuzinho, ex-Fla, no último embate entre Mengão e Timão, mas isso não foi o suficiente para livrá-lo das críticas. A atitude pegou muito mal nos bastidores do clube.

A foto de Gabigol com a camisa do Corinthians, que caiu nas redes sociais (Imagem: Reprodução)

Diretoria, comissão técnica e elenco ficaram muito irritados com Gabigol, já que o Flamengo vinha de duas vitórias importantes que afastaram o clima de crise que pairava no ar do Ninho do Urubu. Foi um momento de atenção desnecessária, que tumultuou o ambiente do Rubro-Negro. Por isso, o atacante foi punido com multa e perda da camisa 10. Ele usará a 99 a partir do próximo jogo. 

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo