Brasil

Desgaste no elenco do Flamengo gera dilema para Tite na final do Carioca

Treinador do Flamengo, Tite afirmou que não vai poupar o time em entrevista, mas desgaste pede que peças sejam preservadas na final do Carioca

O Flamengo terá uma grande questão para o segundo e decisivo confronto da final do Carioca. O desgaste físico no elenco foi nítido durante a partida contra o Millonarios e, por isso, é natural que Tite possa preservar alguns atletas na decisão, já que venceu o primeiro confronto por 3 a 0. Apesar disso, uma ação dessa maneira contraria falas do próprio treinador.

Após a vitória no primeiro jogo, Tite confirmou que não iria poupar atletas pensando em outras competições, como a Libertadores e o Campeonato Brasileiro, mas a situação que se encontram alguns atletas pede por certo descanso. Essa será uma das principais questões para a comissão técnica ao longo da semana de preparação visando o jogo contra o Nova Iguaçu.

— Não (vou poupar). Eu aprendi na vida que, sempre, o próximo passo é o mais importante. E isso me fortalece numa coincidência, se eu ficar olhando por cima da situação. Estou falando de coração aberto — disse Tite.

Desgaste nítido do Flamengo

A equipe teve diversos problemas físicos diante do Millonarios, e a escalação deu indícios do tamanho do problema. Começando pela zaga, Léo Pereira deu lugar a David Luiz e, de quebra, fez com que Fabrício Bruno precisasse atuar por 90 minutos novamente, mesmo após ter sido titular da Seleção Brasileira na Data Fifa. Tite julgou que Léo Ortiz ainda não estava preparado.

Na lateral-esquerda, Matias Viña foi titular na vaga de Ayrton Lucas, que também esteve com o Brasil nos amistosos contra Inglaterra e Espanha. Já no meio-campo, o problema foi De La Cruz, que apresentou quadro viral antes do jogo, em Bogotá, e também apresentava desgaste por conta da Data Fifa. A única opção que pareceu técnica foi a entrada de Bruno Henrique no lugar de Luiz Araújo.

Como o jogo foi disputado a 2600 metros do nível do mar, os problemas se agravaram. Durante a coletiva, Tite confirmou que nove atletas apresentaram desgaste, quase um time completo. Foi a primeira vez que o Flamengo teve tantas questões entre partidas em 2024.

— Nós viemos com nove jogadores que tinham algum problema. Nove do último jogo até agora. Tínhamos que fazer alguma revisão. Eu não posso entrar com nove jogadores, alguns sentindo, algum detalhe mais. Até porque, e esse é o detalhe mais importante, temos jogadores e um plantel com muita qualidade. Quando tu tens a necessidade que é clínica ou física de um decréscimo, naturalmente tu tens esses grandes jogadores para poder participar. E aí entram-se os nomes que tu citaste — analisou.

Maratona chegando

Os problemas físicos desta última semana devem acender um alerta ainda maior no Flamengo. Depois de três meses de tranquilidade, entre pré-temporada e estadual, o Rubro-Negro começa a dar os primeiros passos nas competições importantes em abril, um mês que será bem cheio. Para ter uma ideia do tamanho da maratona, serão oito jogos em 30 dias, que dá um em cada três.

Serão três competições nesse meio tempo: Libertadores, Campeonato Brasileiro e, claro, a final do Carioca.

  • Flamengo x Nova Iguaçu – 07/04, às 17h (de Brasília) – Campeonato Carioca (Final)
  • Flamengo x Palestino (CHI) – 10/04, às 21h30 – Copa Libertadores (Fase de grupos, 2ª rodada)
  • Atlético-GO x Flamengo – 14/04, às 16h – Campeonato Brasileiro (1ª rodada)
  • Flamengo x São Paulo – 17/04, às 21h30 – Campeonato Brasileiro (2ª rodada)
  • Palmeiras x Flamengo – 21/04, às 16h – Campeonato Brasileiro (3ª rodada)
  • Bolívar (BOL) x Flamengo – 24/04 – Copa Libertadores (Fase de grupos, 3ª rodada)
  • Flamengo x Botafogo – 28/04, às 11h – Campeonato Brasileiro (4ª rodada)
Tite terá muito trabalho no Flamengo em abril (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

Tite terá pouco tempo para se organizar

Depois da viagem desgastante a Bogotá, o Flamengo folgou na quarta-feira (03) e retorna aos trabalhos nesta quinta (04). Tite terá três dias de atividades até o jogo contra o Nova Iguaçu e, até lá, trabalhará com o elenco para saber quem tem condições de jogo. Diante do número de problemas citados pelo treinador, é natural que comissão técnica e departamento médico tenham muito trabalho.

Flamengo e Nova Iguaçu entram em campo no domingo (07), a partir das 17h (de Brasília), no Maracanã. Como venceu a ida por três gols de diferença, o Rubro-Negro está bastante confortável na eliminatória. Se um desastre não acontecer, Tite e companhia conquistarão seu primeiro título de expressão em 2024.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo