Brasil

Guarde o nome: Igor Coronado vai ficar livre no mercado e vira reforço dos sonhos no Brasil

Igor Coronado está de saída do Al-Ittihad e atrai o interesse de (quase) todos os times do Brasil - entenda porque isso não é exagero

Igor Coronado. Talvez você nunca tenha ouvido esse nome, mas a tendência é que veja cada vez mais nos próximos dias. Isso porque o meia-atacante vai ficar livre no mercado, já que negocia sua rescisão com o estrelado Al-Ittihad. Segundo o ge, o jogador de 31 anos conversou com o técnico Marcelo Gallardo e foi avisado que pode procurar um novo destino na carreira. Com isso, ele vira o reforço dos sonhos em todo o Brasil.

O contrato de Coronado na Arábia Saudita iria até meados de 2025, mas ele foi comunicado pela diretoria do clube que não será mais aproveitado. Para os céticos, essa informação traz dúvidas: por que um atleta dispensado pelo Al-Ittihad pode fazer a diferença no futebol brasileiro. Essa pergunta pode ser respondida com base no que o meia-atacante apresentou em sua carreira até chegar a esse momento.

Sem nunca atuar em sua terra natal, Igor Coronado avisou seu empresário que quer jogar no Brasil. E se seu time está procurando um jogador versátil, conhecido por ser tanto um goleador, quanto um garçom, ele pode ser a solução para seus problemas. Entenda como o jogador de 31 anos tem tudo para brilhar no Brasileirão Série A (ou B) na Trivela.

Quem é Igor Coronado?

Nascido em Londrina, no Paraná, Igor Coronado se mudou para a Europa ainda com 12 anos, já que seus pais foram para a Inglaterra por conta do trabalho. Amante do futebol, ele decidiu começar sua trajetória no futebol bem longe do Brasil, já que entrou nas categorias de base do MK Dons, de Milton Keynes, três anos depois. Lá, o meia-atacante fez sua estreia entre os profissionais, em 2010/11.

Na temporada seguinte, Coronado ficou seis meses emprestado no sub-21 do Grasshoppers, da Suíça, antes de retornar ao Reino Unido para defender as cores do Banbury United. Depois da experiência na sétima divisão inglesa, o meia-atacante decidiu ir para o Floriana, de Malta, onde se destacou. Ao todo, foram 63 partidas e 32 gols, o que chamou a atenção do Trapani, que à época estava na Serie B, da Itália.

Já em 2013, Igor foi eleito o melhor jogador estrangeiro atuando na liga. Em duas temporadas, disputou 78 jogos e balançou as redes 20 vezes. Como consequência, o meia-atacante se mudou para o Palermo, que também estava na segunda divisão italiana. Em um ano na equipe, fez 43 partidas, anotou nove gols e distribuiu quatro assistências. Foi nesse momento que o atleta tomou uma decisão importante.

Quase com 26 anos, Igor Coronado largou o futebol europeu para assinar com o Al-Sharjah, iniciando sua trajetória de sucesso no Oriente Médio. O meia-atacante ficou três temporadas no time dos Emirados Árabes Unidos, onde foi campeão do campeonato nacional e da Supercopa apresentando bom futebol. Em 86 jogos, mandou 50 bolas na rede e deu 26 passes para gol. Os dados são da revista Placar.

Sucesso no Al-Ittihad

Em julho de 2021, Coronado foi para o Al-Ittihad, que nem de longe era a mesma potência que conhecemos hoje em dia. Não à toa, o meia-atacante se tornou a grande referência do clube saudita, onde jogou 76 partidas, marcou 16 gols e concedeu 35 assistências. O brasileiro só foi perder espaço nesta temporada, com a chegada de estrelas vindas da Europa, como Benzema, Kanté, Fabinho, etc:

“Já está certo que ele irá sair, tanto que não será inscrito nas próximas competições. Recebemos algumas consultas do Brasil nas últimas semanas e, com a rescisão na Arábia, vamos dar andamento a essas conversas”, disse Rafael Brandino, agente de Igor Corona, ao GE.

Além de atuar como camisa 10, Igor Coronado também pode fazer suas funções cortando das pontas para o centro, ou partindo de trás, com liberdade, para criar as jogadas pelo meio. Vários clubes brasileiros já estão de olho no meia-atacante. Agora, resta saber quem vai oferecer o projeto mais convincente para o atleta de 31 anos. A janela de transferências no país fecha no início de março. A ver cenas dos próximos capítulos.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo