Brasil

Gol, assistência e renovação: os últimos dias foram um sonho para Cadu no Atlético-MG

Titular no último sábado, Cadu marcou um gol e deu uma assistência, e agora completa seus dias especiais com uma renovação com o Atlético

Um gol e uma assistência no primeiro jogo como titular. É o sonho de todo atleta, certo? E o jovem atacante Cadu, do Atlético-MG, conseguiu isso no último sábado (2), contra o Ipatinga. Para coroar o momento, ele assinou sua renovação com o Galo até o fim de 2027.

Titular do Atlético na vitória contra o Ipatinga no último sábado, sendo o autor de um gol e de uma assistência, saindo de campo como o melhor da partida, o atacante Cadu, de apenas 19 anos, completa seus dias especiais, renovando com o Galo até dezembro de 2027 nesta segunda-feira (4).

Essa foi a primeira grande ação de Victor Bagy como diretor do Atlético. Ex-goleiro e ídolo do clube, ele herdou a vaga no último mês após a saída de Rodrigo Caetano para a CBF. Por falar em ex-jogador do Galo, o empresário de Cadu é o ex-meia Lincoln, cria do Alvinegro nos anos 90, que participou também das negociações.

A trajetória de Cadu no Atlético

Mineiro de Divinópolis, Cadu chegou ao Atlético em 2018 para as categorias de base do clube. Ganhou destaque ao longo dos anos e recebeu a primeira chance no profissional em 2022, logo na Libertadores, entrando nos minutos finais da vitória do Galo contra o Alianza Lima (PER). Depois, entrou em outros dois jogos, novamente no fim.

Em 2024, ficou no banco em praticamente todos os jogos, mas não havia ganhando nenhum minuto ainda. Isso até o último sábado, quando o atacante Vargas ficou de fora do jogo por está em uma negociação de saída, abrindo assim espaço para Cadu. O jovem entrou como titular, jogou do início ao fim do jogo e aproveitou da melhor forma possível, balançando as redes ainda no primeiro tempo e dando uma assistência no segundo.

Além do gol, Cadu também deixou ótima impressão pelo seu estilo de jogo, o qual é de um atacante que se movimenta muito. Do mesmo jeito que ele pode aparecer na área para cabecear, como no gol que marcou, pode cair pelo lado e criar uma chance, como na assistência que deu. Atacantes de mobilidade fazem cada vez mais diferença no cenário atual, e o jogador mostrou potencial.

É claro, foi apenas um jogo, amostragem pequena, e como a Trivela citou, é preciso agora de paciência da torcida, pois ele deve oscilar, e da contribuição de Felipão colocando-o para jogar, dando chances reais ao jogador para se soltar e desenvolver mais.

Base toda renovada no Atlético

Com a renovação de Cadu, o Atlético concluiu a extensão de vínculo com todos os jovens jogadores que subiram recentemente da base estão oficialmente integrados ao profissional. Também atacante, Isaac foi o que chegou mais próximo de sair, pois estava em fim de contrato e não recebia chances, mas o clube conseguiu convencê-lo. Outro que teve situação diferente foi o volante Paulo Vitor, que estava emprestado pelo Boston City, de Manhuaçu, sendo adquirido em definitivo no fim de 2023.

  • Cadu: até dez/27
  • Isaac: dez/28
  • Alisson: dez/27
  • Paulo Vitor: dez/27
  • Vitinho: dez/27
  • Rômulo: dez/25
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo