Brasil

Departamento médico deu ao Corinthians o reforço que faltava

Corinthians não pensa em contratar na janela de abril, mas tem Coronado como reforço importante para o Brasileirão

É surpreendente que, mesmo com poucos minutos em campo desde que chegou ao Corinthians, Igor Coronado já tenha provado o seu valor. Ao todo, o meia tem apenas 21 minutos em duas partidas, ou seja, atuou por menos da metade de um tempo completo, mas já tem uma assistência no currículo. Na última terça-feira (9), ele fez o cruzamento para Pedro Raul fechar o placar na goleada sobre o Nacional-PAR, pela Copa Sul-Americana.

— Claro que nenhum jogador quer ficar de fora, especialmente quando chega em um novo clube, né? Então, para mim tem sido um início difícil, mas pelo menos estou contente com esse retorno — disse Coronado após a vitória

— Para mim é muito importante, né? Sou um jogador que gosta de estar participando das jogadas, tanto fazendo gol como ajudando o time com assistência. Espero fazer muito mais ainda. Tive poucos minutos em campo, mas para mim foi muito importante — acrescentou. 

Lesão e dengue

Por 37 dias, Coronado foi desfalque no elenco de António Oliveira. Primeiro, ele sofreu uma lesão muscular logo em sua estreia, na vitória por 3 a 2 sobre o Santo André, pelo Campeonato Paulista, e só atuou por 15 minutos. Ele ficou afastado para tratar do problema e, logo após entrar estar em processo avançado de transição, foi diagnosticado com dengue, no dia 29 de março.

Por conta disso, o jogador ficou mais uma semana “de molho”, e só retornou no embate contra o Nacional, nos últimos minutos do segundo tempo, quando anotou o lindo cruzamento para Raul.

— Faz parte (ter lesão). A gente não quer se lesionar como jogador, e muito menos pegar uma dengue, mas que sirva de aprendizado para mim. Porém, assim, a lesão já passou tem algum tempo, já vinha treinando com o grupo. Levei um azar de pegar a dengue — analisou o meia.

— 100% ainda não (estou), mas pelo menos essa semana eu consegui treinar quatro dias com o grupo e, claro, que voltar assim fisicamente não é fácil, mas deu para me preparar para esse jogo. Então, vai ter mais uma melhora para o próximo. A gente tem alguns dias de treino ainda pela frente — acrescentou.

Reforço para o Brasileirão

Longe do departamento médico, Igor Coronado tem muito a acrescentar ao Timão, principalmente por realizar uma função muito carente no elenco. Inclusive, Rodrigo Garro ficou sobrecarregado no meio de campo após uma série de lesões que abalou o setor.

Como o Corinthians não tem planos de contratar reforços nesta janela de abril, que fecha no dia 19, a comissão técnica encara o retorno de Coronado como um “reforço”. Aliás, a volta do jogador tem grande peso para a disputa do Campeonato Brasileiro.

— A gente chega com um pensamento positivo. A vitória com certeza era muito importante para chegar com o pé direito. Sabemos das qualidades deles, porém a gente vai tentar a cada jogo do Brasileirão implementar o nosso futebol e demonstrar nosso valor.

No próximo domingo (14), o Timão estreia no Brasileirão diante do Atlético-MG, e Coronado já deve estar disponível para atuar por mais tempo. Ele ser opção apenas para o segundo tempo, mas já poderá ser uma alternativa para António Oliveira, que tem feito improvisações no meio. A partida está marcada para começar às 16h (horário de Brasília), Na Neo Química Arena.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo