Copa do Brasil

Milito exalta intensidade em vitória do Atlético-MG, mas lamenta baixa eficácia

Atlético foi intenso do início ao fim do duelo contra o Sport, mas saiu 'só' com 2 a 0 no placar, quando criou para mais

O Atlético-MG venceu o Sport por 2 a 0 nesta terça-feira (30), pela terceira fase da Copa do Brasil. O resultado deixa o Galo com vantagem para o segundo e decisivo duelo entre os times, mas poderia ter sido muito maior pelo que o time de Gabriel Milito apresentou e criou. Milito celebrou o desempenho do time, mas lamentou a baixa eficácia.

O Atlético marcou dois gols e teve a oportunidade de fazer muito mais. Dois foram anulados e outras duas bolas foram na trave, além de outras chances que pararam em defesas do goleiro ou que sequer foram concluídas a gol da forma esperada. Para Milito, o Galo podia ter feito, no mínimo, mais um gol, mas faltou eficácia.

— A realidade é que ganhamos de 2 a 0 e acredito que poderíamos ter feito mais um. Mas o futebol não é merecimento, é eficácia. Não só para ganhar os jogos, mas também quando são jogos assim de ida e volta. Quando tem a possibilidade de marcar mais gols, tem que fazer — destacou o treinador.

Não podemos ter 6/7 chances de gol e marcar dois, temos que fazer mais, pois o futebol se trata de eficácia. Para mim, é importante criar chances, mas também fazer os gols – Gabriel Milito

O resultado deixa o Atlético com uma boa vantagem, mas ainda é preciso passar pelo jogo de volta em Pernambuco. Milito sabe disso e mantém os pés no chão sobre a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil: “Quero deixar claro que a série não está terminada. Teremos que jogar no campo deles. Com vantagem, mas com muito cuidado. Fazer uma partida muita séria para passar de fase, pois não vai ser fácil”, afirmou.

Atlético e Sport se enfrentam novamente no dia 22 de maio no segundo e decisivo duelo para ver quem avança da terceira fase da Copa do Brasil. O jogo será em Pernambuco.

Atlético manteve alta intensidade até o final

Desde o primeiro jogo de Milito, é notório como o Atlético imprimia uma alta intensidade no primeiro tempo, mas não conseguia manter isso na etapa final. No entanto, nas últimas duas partidas, o Galo foi intenso do início ao fim, e isso deixa o treinador orgulhoso.

— Penso que a equipe, tanto no primeiro tempo quanto no segundo, fez tudo muito bem, com a regularidade que precisamos. Pudemos, mais uma vez, manter a intensidade que pretendemos, com e sem bola — disse Milito.

Gabriel Milito exaltou o time do compatriota Mariano Soso, técnico do Sport, que apesar de ser da segunda divisão, tem muita qualidade e não abriu mão d também jogar na Arena MRV, não sendo aqueles times que só jogam para se defender.

— Estou contente com o resultado e o jogo do time. Enfrentamos um time da Série B que é muito boa, com um ótimo treinador. O conheço e sei da filosofia de jogo. Sabíamos que seria uma partida complicada, e para fazer diferença teríamos que jogar em alto nível de concentração e pressão, pois são uma equipe que, se você deixa jogar, via muito bem, gostam de ter a bola, assim como nós. Teríamos que tentar interromper a circulação de jogo deles — finalizou.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo