Copa do Brasil

Torcida do Flamengo prepara festa épica para Copa do Brasil com ajuda de jogadores

Final da Copa do Brasil é o jogo do ano para o Flamengo e por isso torcida promete uma festa épica no jogo de ida, que acontecerá no Maracanã

A Copa do Brasil é a grande obsessão do Flamengo nesta temporada. Com os fracassos esportivos do primeiro semestre, aliados à eliminação precoce da equipe de Jorge Sampaoli na Libertadores, o mata-mata nacional se tornou a única opção para “salvar o ano”. Cientes do tamanho do jogo, os rubro-negros preparam uma festa memorável no Maracanã, que conta com a participação direta de alguns atletas.

Entre jogadores que vestem a camisa do Flamengo, Garotos do Ninho e até gente que nunca jogou, mas torce pelo clube, as organizadas do Rubro-Negro estão recebendo uma ajuda de peso. Ao todo, quatro torcidas se envolveram diretamente na organização da festa, por intermédio de uma vaquinha, divulgada nas redes sociais: Raça Rubro-Negra, Urubuzada, Torcida Jovem e Nação 12.

Jogadores e personalidades estão envolvidos na vaquinha

É inegável que a maior torcida do Brasil está mobilizada para fazer uma festa gigante na final da Copa do Brasil. A vaquinha das torcidas organizadas do Flamengo explodiu nas redes sociais, e a arrecadação não para de crescer Para isso, os envolvidos contaram com ajuda de personalidades que torcem pelo clube. O MC Maneirinho, por exemplo, doou R$ 7 mil do próprio bolso.

Outros influenciadores do Flamengo também colaboraram, como é o caso de João Mércio, ex-FlaTV. O rapper Borges e o YouTuber JohnVlogs combinaram para quase R$ 10 mil reais. A ajuda, no entanto, não ficou apenas com quem participa fora das quatro linhas e chegou nos jogadores do Flamengo. Wesley, Gerson, Ayrton Lucas e Victor Hugo doaram altas cifras para ajudar na festa.

O curioso é que outros jogadores, alguns que sequer vestiram a camisa do Flamengo, também ajudaram. Reinier e Rodrigo Muniz, revelados nas categorias de base do clube, também doaram. Até mesmo o volante Wendel, envolvido em negociação frustrada com o Zenit na última janela e torcedor do Rubro-Negro, contribuiu para que a festa seja inesquecível.

O elenco do Flamengo está mobilizado para dar alegria ao torcedor neste fim de ano (Foto: Fred Gomes)

Acima de qualquer coisa, a mobilização tem muito a ver com o momento que a arquibancada do Flamengo vive. No fundo, é tudo um grande protesto por conta dos altos preços para a decisão, que afastam o torcedor “raiz” para priorizar aqueles que tem condições de arcar com os custos. O objetivo é fazer uma grande festa para homenagear quem não pôde estar no Maracanã.

Dessa forma, os festejos começarão muito antes da bola rolar. Um mutirão das organizadas já estão sendo mobilizado para montar o mosaico que será exibido na decisão. Faixas tranversais no Setor Norte também estão sendo estudados, além da tradicional queima de fogos. Uma coisa é certa: balões e bandeirolas serão distribuídas ao redor do Maracanã.

A Urubuzada e a Nação 12 estão responsáveis pelas bandeirolas, enquanto a Raça Rubro-Negra e a Jovem Fla ficaram com os balões. A primeira comprará brancos, enquanto a segunda ficará com os amarelos. É importante frisar que todas as metas estipuladas pelos envolvidos na organização já foram batidas, ou seja, a festa só tende a melhorar com relação às expectativas.

A festa dos rubro-negros no Maracanã para a final da Copa do Brasil promete ser épica (Foto: Divulgação/Flamengo)

Os organizadores confiam que, entre todas as vaquinhas, os valores passem de R$ 120 mil ainda neste fim de semana, restando sete dias para a decisão. A festa ainda começará cedo, já que se trata de um domingo, e grupos de torcedores do Flamengo preparam “Fun Fest’s” ao redor do Maracanã, com direito a roda de samba e muita cerveja para acompanhar esse jogo tão importante.

Veja as últimas parciais das vaquinhas

• Jovem Fla (balões amarelos): R$ 8.967,65
• Raça Fla (balões brancos): R$ 8.256,81
• Urubuzada (bandeirolas): R$ 46.068,16
• Nação 12 (bandeirolas): R$ 40.000,33

Total: R$ 103.292,95

Expectativas para a decisão

A festa, sem dúvida, deve contagiar o elenco do Flamengo. Sampaoli ainda não deve contar com Arrascaeta e Luiz Araújo, que seguem em recuperação de lesões musculares, mas o restante do elenco está inteiro à disposição. O momento do Rubro-Negro não é bom, mas a mística de uma decisão, atrelada a importância do duelo, deve dar um gás a mais.

Por decidir no Morumbi, a torcida do Flamengo dará o tom no Maracanã para, quem sabe, tentar definir a parada ainda no Rio de Janeiro. O primeiro jogo será disputado no próximo domingo (17), às 16h (de Brasília). Ainda restam cerca de 5 mil ingressos para os rubro-negros, enquanto a torcida do São Paulo já esgotou o seu setor. Todos os caminhos levam ao Mário Filho.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo