Copa do Brasil

Grêmio classifica na Copa do Brasil com goleiro Gabriel Grando sendo herói

Tricolor conta com brilho do goleiro nos pênaltis e avança à semifinal

O Grêmio empatou com o Bahia em 1 a 1, na Arena, e se classificou nos pênaltis para as semifinais da Copa do Brasil. O goleiro Gabriel Grando levou um gol defensável no tempo normal, mas defendeu duas cobranças nas penalidades se tornando o herói da classificação. O adversário na próxima fase será o Flamengo.

Cristaldo perdeu pênalti ainda no primeiro tempo de jogo e viu o clube baiano abrir o placar na reta final também da primeira etapa com o atacante Everaldo. O volante Villasanti empatou para o Tricolor no segundo tempo.

Grêmio repetiu problemas e arriscou vaga

O Tricolor novamente criou oportunidades, embora o desempenho tenha sido inferior aos dos últimos jogos. A atuação possivelmente tenha sido atrapalhada pelo estado do gramado que fez a bola quase não rolar em alguns trechos, dificultando a troca rápida de passes que o time está acostumado.

Mesmo isolado, Suárez participou de praticamente todas as jogadas ofensivas da equipe, porém, não teve êxito nas finalizações. Bitello e Reinaldo também foram participativos, mas acertaram poucas das tentativas. Cristaldo, substituído no início do segundo tempo, perdeu pênalti e esteve apagado. Grando levou um gol defensável.

Criar chances não tem sido um problema para o Grêmio. O mais difícil tem sido aproveitar e fazer os gols. Somente na primeira etapa, além do pênalti desperdiçado, pelo menos outras três oportunidades não foram aproveitadas, primeiro com o volante Carballo e depois com os zagueiros Bruno Alves e Bruno Uvini.

A defesa mais uma vez vazou. O time diminuiu o ímpeto no final do primeiro tempo e viu o Bahia marcar com um chute de fora da área do atacante Everaldo, revelado nas categorias de base do clube. Gabriel Grando, adiantado, sequer tocou na bola.

O segundo tempo foi de pressão do Grêmio, empurrado pelos torcedores presentes na Arena. Novamente a equipe criou oportunidades e melhorou o desempenho principalmente com a entrada de Ferreira. Foi o camisa 10, inclusive, que fez a jogada do gol de empate, marcado pelo volante paraguaio Villasanti.

O Grêmio, embora tenha tido volume e pressionado até o fim, quase levou um gols aos 40 e 41 minutos da etapa final. Em duas jogadas do Bahia, o chute do atacante Ademir fez a bola parar no travessão.

Classificação nos pênaltis

O Grêmio acertou quatro cobranças, enquanto o Bahia somente três. Reinaldo, Ferreira, Villasanti e André Henrique marcaram para o Tricolor. Bruno Alves e Bitello desperdiçaram. Cauly, Everaldo e Yago Felipe fizeram para o Bahia, enquanto Cicinho, Acevedo e Gabriel Xavier perderam.

Defesa do Grêmio novamente vazou

Embora na maioria dos jogos os zagueiros tenham sido elogiados individualmente, novamente o Tricolor sofreu gol. Foi o 12º jogo seguido com o Grêmio levando gol. Novamente o time foi a campo com a formação de três zagueiros, com Bruno Uvini, Bruno Alves e Kannemann.

Jogo quase não aconteceu

O Grêmio não queria entrar em campo contra o Bahia por causa das condições do gramado da Arena, ocasionadas pelas fortes chuvas em Porto Alegre. Após quatro vistorias realizadas pela equipe de arbitragem, o jogo iniciou com atraso de mais de uma hora. Campo ficou alagado em diversos trechos.

Situação do Grêmio

O Grêmio está classificado para as semifinais da Copa do Brasil. No Brasileirão, o Tricolor ocupa a terceira posição, com oito vitórias, dois empates e quatro derrotas.

Situação do Bahia

O Bahia está eliminado da Copa do Brasil nas quartas de final, fase que nunca conseguiu ultrapassar na sua história. No Campeonato Brasileiro, ocupa a 16ª posição, brigando contra o rebaixamento, com apenas três vitórias, quatro empates e sete derrotas.

Estatísticas de Grêmio 1×1 Bahia (4×3-pênaltis) – Copa do Brasil 2023

  • Posse de bola: 57% para o Grêmio e 43% para o Bahia
  • Chutes: 22 para o Grêmio e 15 para o Bahia
  • Chutes a gol: 11 para o Grêmio e quatro para o Bahia
  • Gols: Everaldo, para o Bahia, aos 50 minutos do primeiro tempo e Villasanti, para o Grêmio, aos 27 minutos do segundo tempo.
Foto de Bruno Soares

Bruno Soares

Bruno Soares nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) em 2023. Antes de escrever para Trivela, passou por rádio Grenal, Ulbra TV e MS+ Sports
Botão Voltar ao topo