Brasil

Luan e Nikão ganham sobrevida com chegada de Carpini e serão avaliados pelo São Paulo para 2024

Técnico Thiago Carpini pretende observar a dupla de meio-campistas antes de decidir sobre liberação (ou não)

Thiago Carpini ainda se ambienta ao dia a dia de trabalhos no São Paulo e trata de conhecer mais afundo o seu elenco para 2024. Mas nos poucos dias de atividade que comandou no CT da Barra Funda desde o anúncio oficial, na última sexta-feira (12), o treinador já conseguiu tomar duas decisões sobre o grupo de atletas que terá à disposição: Luan e Nikão permanecem no Tricolor (ao menos por ora).

Os dois jogadores foram tema de perguntas ao longo da entrevista coletiva de apresentação do treinador, na última segunda-feira (15). A resposta de Carpini foi semelhante para os dois casos. O técnico evocou Charles Darwin e adotou a linha da “Seleção Natural”. Ambos estão integrados ao elenco e ganharão chances caso façam por merecer.

Luan tem missão de justificar permanência

A chance dada por Carpini é uma espécie de “sobrevida” para Luan no clube, após a renovação de contrato até 2026, firmada no ano passado. Isso, porque o volante esteve na lista para deixar o São Paulo ao final da última temporada e inclusive recebeu uma proposta de empréstimo do Vitória, mas as condições não agradaram a diretoria. Por isso, o jogador se apresentou normalmente com os companheiros para iniciar os trabalhos de pré-temporada no sábado, dia 4 de janeiro. E desde então, cumpre a mesma rotina que os demais jogadores do elenco.

Oficialmente, Luan nunca esteve fora dos planos do clube. Prova disso é o cenário diferente do vivido por outros três colegas de posição. Gabriel Neves, Jhegson Méndez e Talles Costa ainda não se apresentaram para trabalhos e seguem fora dos planos do clube. O uruguaio defenderá o Independiente, da Argentina, e o brasileiro, o Polissya, da Ucrânia.

– Todos os atletas que se apresentaram foram num consenso da diretoria, do planejamento, até ter essa troca de comando. Eu penso que não só o Luan. Entra a gestão do ser humano. Todos os atletas que estiverem no São Paulo, a gente cobra da mesma maneira. Oportuniza da mesma maneira. O Luan está integrado, vai brigar pelo espaço dele. A seleção é natural. Cada um vai ocupando seu espaço. Cabe a mim ir direcionando de acordo com os jogos e competições. Luan vai brigar pelo espaço dele. Se fizer por merecer, volta a jogar. Eu não desisto das pessoas, mas todo mundo tem um limite – disse o técnico Thiago Carpini.

De volta, Nikão briga por espaço

Nikão, por sua vez, está de volta ao clube após atuar por empréstimo no Cruzeiro ao longo da temporada passada. O meia sempre agradou o técnico Dorival Júnior, com quem trabalhou no início da carreira. Por isso, ele se reapresentou no início do ano, com futuro ainda indefinido para este ano. O Athletico-PR mostrou interesse em sua contratação, mas a tratativa não andou. Por isso, ele segue à disposição e será observado por Carpini.

– O Nikão já está conosco. Via ter a oportunidade no dia a dia. Vai ter o mesmo respeito ao ser humano Nikão e ao atleta Nikão. Alguns jovens que fazem parte das categorias de base e estão na Copinha devem voltar. Vamos trabalhar para absorver todos no grupo. Definir isso para que a gente possa estar cada vez mais próximo. A ideia é mexer pouco no grupo e criar vínculos. São desafios gigantescos, mas muita coisa boa deixada pelo trabalho do Dorival – ressalta o treinador.

Nikão está de volta ao São Paulo após defender o Cruzeiro – Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Em reformulação, São Paulo já liberou mais de um time em 2024

O São Paulo conduz uma profunda reformulação em seu elenco, iniciada a pedido de seu ex-treinador, Dorival Júnior. Até agora, o clube já liberou mais de um time de atletas desde o final da última temporada. São todo, são 14 saídas confirmadas pelo Tricolor nesta temporada.

As últimas duas delas são de volantes. O Tricolor concluiu o empréstimo de Gabriel Neves ao Independiente, da Argentina, e negociou Talles Costa com o FC Polissya, da Ucrânia. Resta apenas definir o futuro de Jhegson Méndez para concluir este processo de saídas.

O goleiro Felipe Alves, o zagueiro Walce, o lateral-esquerdo Caio Paulista e os atacantes David, Alexandre Pato e Erison encerraram seus contratos com o clube. Raí Ramos e Pedro Vilhena foram emprestados a Ceará e Sport, respectivamente. Já Lucas Beraldo foi vendido ao PSG, enquanto Thiago Couto foi negociado com o Sport. Nathan Mendes foi a última saída confirmada pelo clube, em negócio com o Red Bull Bragantino. Marcos Paulo, por sua vez, também não faz mais parte dos planos, mas ele seguirá no São Paulo até concluir a recuperação de uma cirurgia no joelho.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo