Brasil

Tranquilo com ação na Fifa, Carille tem confiança em Otero correspondida na estreia do Santos

Em entrevista coletiva após a vitória do Santos, Carille explicou os motivos que o fizeram indicar Otero

O Santos iniciou a temporada 2024 com o pé direito. A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP, na noite deste sábado (20), em Ribeirão Preto, pela 1ª rodada do Campeonato Paulista, foi construída com uma postura equilibrada e organizada dos comandados de Fábio Carille, que também viu a sua estrela brilhar. O único gol da partida – um golaço, aliás – foi marcado por um atleta que desembarcou na Vila Belmiro sob desconfiança da torcida, mas que desfruta de total confiança do treinador.

Otero foi contratado pelo Santos após um pedido de Carille, que trabalhou com o venezuelano no Al Wehda, da Arábia Saudita, em 2018. E mesmo sendo muito cedo para qualquer análise mais profunda, dá para afirmar que o jogador está disposto a corresponder às expectativas de Carille, que explicou, em entrevista coletiva, os motivos que o fizeram indicá-lo ao Peixe.

– O Otero foi meu atleta na Arábia, conheço ele muito bem. Bate bem na bola, é muito agressivo com a bola nos pés e é um jogador que será muito importante para nós ao longo da temporada, porque confio demais nesse atleta – disse Carille após a estreia com vitória.

Méritos precisam ser divididos com Giuliano

Otero merece todos os elogios pelo gol marcado, mas é preciso lembrar que o venezuelano contou com um lindo lançamento de Giuliano, da intermediária, no meio da zaga do Botafogo-SP.

Vestido com a camisa 10 mais famosa do mundo, o meio-campista, dentro do seu ritmo, deixou uma boa impressão ao torcedor com os passes distribuídos na estreia. Além da assistência para o voleio de Otero, Giuliano distribuiu outros dois passes que poderiam ter conduzido o Santos a uma vitória mais tranquila em Ribeirão Preto, caso Pedrinho e Guilherme tivessem tido melhores finalizações.

O desempenho de Giuliano também rendeu elogios do comandante alvinegro.

– A bola precisa passar no pé do Giuliano. Ele é muito inteligente para jogar, para abrir linha de passe e com um jogador assim à disposição temos que colocar a bola no pé dele, porque ele que vai fazer o time jogar em termos ofensivos – falou o treinador.

Carille está tranquilo com ação na Fifa

Pivô de um imbróglio envolvendo Santos e V-Varen Nagasaki, do Japão, sua ex-equipe, o técnico Fábio Carille aproveitou a vitória deste sábado para ressaltar que não está preocupado com a ação que o clube japonês abriu na Fifa por conta da sua contratação pelo Peixe.

– Não está me preocupando, estou acompanhando tudo bem de longe. Tanto o presidente Marcelo Teixeira, quanto os advogados do Santos e os meus empresários estão me deixando muito tranquilo de que vão resolver a situação. Não sei em que tempo, mas sei que tudo será resolvido – afirmou ele.

O V-Varen foi à entidade que comanda o futebol mundial cobrar a multa rescisória do treinador e dos seus assistentes, que trocaram o clube japonês pelo Santos. De acordo com as notas oficiais publicadas, os dirigentes asiáticos entendem que Carille e sua comissão técnica tinham contrato em vigor e só podiam se transferir diante da quitação da pendência. O Santos, por sua vez, alega que o técnico estava sem vínculo vigente no momento da sua contratação.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna
Botão Voltar ao topo