Brasileirão Série A

Vasco fica perto de anunciar Ramón Diaz como novo técnico

Argentino deve chegar ao Rio ainda nesta semana para assumir cargo vago há quase 20 dias

O Vasco, enfim, tem um novo treinador. Dezoito dias depois da saída de Maurício Barbieri, o Cruz-Maltino encaminhou um acerto com o argentino Ramón Diaz, que está sem clube depois de deixar do Al Hilal, da Arábia Saudita. A informação foi dada pelo jornalista César Luis Merlo e confirmada pela Trivela.

Ao longo da semana a diretoria do Vasco havia prometido que o novo treinador do time seria anunciado sem falta nesta semana.

Detalhes da vinda de Ramón Diaz para o Vasco

Ramón Diaz já deve chegar ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira (12). No entanto, o argentino vai ter 11 dias até a provável estreia pelo Vasco. Com o jogo contra o América-MG adiado, o time carioca só volta a campo no dia 23 de julho, contra o Athletico-PR, em São Januário, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Nesses 18 dias sem treinador, o Vasco tentou outros nomes antes de chegar em Ramón Diaz. A primeira opção do clube carioca era o uruguaio Paulo Pezzolano, ex-Cruzeiro e e que está no Valladolid, da Espanha. No Brasil, o Vasco sondou Rogério Ceni e Roger Machado, ambos sem clube. Além disso, a diretoria vascaína negociou com Gustavo Alfaro, ex-Boca Juniors e seleção do Equador. Alfaro foi o último a negar as sondagens do Vasco, por não ter confiança no projeto.

Ramón Diaz chega com a missão de tentar tirar o Vasco da zona rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time tem apenas nove pontos em 14 partidas. Até o momento, foram duas vitórias, três empates e nove derrotas. O Vasco é o 19° colocado, com quatro pontos a menos que o Bahia, o primeiro time fora do Z-4. Em sua última partida, o Cruz-Maltino foi derrotado em casa pelo Cruzeiro.

Quem foram os técnicos que negaram o Vasco?

  • Paulo Pezzolano
  • Rogério Ceni
  • Roger Machado
  • Gustavo Alfaro

Quem é Ramón Diaz?

Díaz foi o responsável por liderar o River Plate durante a campanha triunfante na Copa Libertadores da América de 1996. Na equipe, contava com talentosos jogadores como Ariel Ortega, Hernán Crespo, Enzo Francescoli e Marcelo Gallardo. O treinador consolidou seu magnífico trabalho no ano seguinte, em 1997, ao conquistar o título do Apertura e, consequentemente, garantir o tricampeonato argentino.

Seu primeiro — e até agora único — trabalho com seleções foi pelo Paraguai. No país sul-americano, o treinador esteve presente em duas Copa América, as versões de 2015 e 2016. Na sequência, teve passagens por Arábia Saudita, Egito e Libertad, até ser escolhido técnico do Botafogo em 2020 em um dos episódios mais polêmicos de sua carreira.

Ida ao Botafogo e saída sem dirigir o time

Em 5 novembro de 2020, Diaz foi anunciado como treinador do Botafogo. Entretanto, foi demitido do clube no dia 27 de novembro. O argentino havia feito uma cirurgia e o clube carioca decidiu não esperar sua recuperação, pois passava por um momento complicado e sentiu que o treinador não foi totalmente honesto ao comunicar o afastamento por motivos médicos.

Títulos como treinador

River Plate

  • Campeonato Argentino: 1996, 1997 e 1999 (Apertura) e 1997 e 2002 (Clausura)
  • Copa Libertadores da América: 1996
  • Supercopa Sul-Americana: 1997
  • Torneio Final: 2013–14

San Lorenzo

  • Campeonato Argentino: 2007 (Clausura)

Al-Hilal

  • Campeonato Saudita: 2016–17 e 2021–22
  • Copa do Rei: 2017 e 2022–23
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo