Brasileirão Série A

Sem Nonato e Lucas Lima, quem vai ser o novo cérebro do meio-campo do Santos? Listamos opções

Santos não contará com Nonato e Lucas Lima contra o Fluminense, pois dupla recebeu o terceiro cartão amarelo

Menos de 24 horas depois do empate o heróico empate por 1 a 1 com o Botafogo, no estádio Nilton Santos, o Santos já começa a sua preparação para enfrentar o Fluminense, quarta-feira (29), às 19 horas (horário de Brasília), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. E nos dois treinamentos que terá no CT Rei Pelé antes de encarar o atual campeão da América do Sul, o técnico Marcelo Fernandes terá que encontrar um novo homem de criação para o meio-campo do Peixe.

Punidos com o terceiro cartão amarelo diante do Botafogo, Nonato e Lucas Lima, que vêm se revezando na função, estão suspensos e não encaram o Tricolor carioca. O substituto da dupla para essa responsabilidade dependerá do esquema que o treinador alvinegro decidir colocar em campo para encarar Fernando Diniz, que mesmo focado na disputa do Mundial de Clubes não abre mão de vitórias nas rodadas finais da competição.

Dodô e Rincón voltam contra o Fluminense?

A escolha do esquema que irá adotar contra o Fluminense ainda depende das condições físicas do lateral-esquerdo Dodô e do volante Tomás Rincón. Em entrevista coletiva após o empate com o Botafogo, Marcelo Fernandes admitiu que Dodô está recuperado, mas entendeu que seria interessante preservá-lo pensando no Tricolor carioca.

– O Dodô está numa fase muito adiantada de recuperação da lesão. Treinou muito bem na sexta-feira (24) e pensamos em trazê-lo para jogar com o Botafogo. Mas estamos com os nossos dois zagueiros com dois cartões hpa quatro partidas. Corremos o risco de perder alguém suspenso e, de repente, a lesão dele poderia se agravar e isso nos faria perder outro jogador importante para o jogo de quarta-feira – explicou o técnico santista.

Já o venezuelano ainda é um ponto de interrogação.

– O Rincón teve uma melhora muito grande, já está correndo em volta do gramado, mas não sei se estará pronto contra o Fluminense – acrescentou o treinador.

Dodô favorece o retorno do 3-5-2

Caso Dodô seja usado, Marcelo Fernandes se vê em condições de voltar a montar o Santos no 3-5-2. Desta forma, o lateral-esquerdo que passou a ser usado como zagueiro poderia formar a linha defensiva ao lado dos pendurados Messias e Joaquim.

Nessa formação, a tendência é que a missão de criar no meio-campo fique sob responsabilidade de Jean Lucas, que poderia atuar ao lado de Lucas Braga, Rodrigo Fernández, Camacho e Kevyson. Na frente, Soteldo, Marcos Leonardo.

Santos contra o Fluminense 2
Com o possível retorno de Dodô, o Santos pode voltar a jogar no 3-5-2 diante do Fluminense

Se Rincón estiver em condições de jogo, Camacho é o favorito para deixar o time titular.

Como ficaria o time no 4-4-2?

Diante de nova ausência de Dodô e Rincón, Marcelo Fernandes deve manter o Santos no 4-4-2. A primeira linha de quatro jogadores seguiria a mesma, com Lucas Braga, Messias, Joaquim e Kevyson.

O meio-campo, porém, passa a ser um grande problema. Se optar pela entrada de Dodi, Jean Lucas tem chances de ‘continuar' como o cérebro do setor, enquanto Rodrigo Fernández, Camacho e o próprio Dodi ficariam com a obrigação de proteger a defesa.

Santos 4-4-2
Caso Dodô e Tomás Rincón não tenho condições de jogo, essa pode ser uma das possibilidades de escalação do Santos contra o Fluminense

Uma outra possibilidade seria substituir Rincón por Maxi Silvera. Nesse cenário, Soteldo acabaria recuado para o meio-campo e jogaria flutuando atrás do atacante uruguaio e de Marcos Leonardo. Jean Lucas contribuiria na construção, enquanto Rodrigo Fernández e Camacho se preocupariam com a marcação do setor.

Santos e Fluminense 3
Uma outra possibilidade para o confronto contra o Fluminense é deixar a missão de criar no meio-campo com o venezuelano Soteldo

Se Rincón for liberado pelo Departamento Médico, as opções aumentam. Nesse contexto, o capitão retornaria ao time para jogar no meio-campo ao lado de Rodrigo Fernández, Camacho e Jean Lucas, ou junto com Rodrigo Fernández, Jean Lucas e Soteldo.

Santos continua fazendo contas contra a Série B

Com 43 pontos conquistados, o Santos ocupa a 14ª colocação e, segundo estudos do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), precisa de mais quatro pontos em três jogos para se livrar do rebaixamento à série B.

Além do Fluminense, o Peixe ainda tem confrontos contra o Athletico-PR, na Ligga Arena, em Curitiba, e Fortaleza, na Vila Belmiro, na última rodada.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna
Botão Voltar ao topo