Brasileirão Série A

Fluminense entregar para o Palmeiras? Não no que depender de Diniz e Mário Bittencourt

O líder Palmeiras enfretará o Fluminense na penúltima rodada e uma vitória dos paulistas poderia atrapalhar o rival Flamengo na luta pelo título brasileiro

Faltam três rodadas para acabar o que é o Campeonato Brasileiro de pontos corridos mais disputado da história. No momento, o Palmeiras lidera com 63 pontos, mesmo número do Flamengo, mas é superior no saldo de gols (26 a 17), ou seja, depende apenas de si para ser campeão. Um dos três adversários do Alviverde nas rodadas finais é justamente um dos maiores rivais do clube carioca, o Fluminense. Na torcida tricolor há um clamor para uma derrota aos paulistas, prejudicando diretamente o rival estadual. Porém, se depender do presidente do time das Laranjeiras, Mário Bittencourt, o cenário não será esse.

Em entrevista após o sorteio do Campeonato Carioca 2024, na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), o presidente do Flu cravou que a política do clube é “vencer sempre” e mostrou isso ao permanecer invicto no Brasileirão desde a conquista da Libertadores, no início do mês. Ele ainda exaltou como Fernando Diniz, um obcecado pela vitória, não aceitaria jogar para perder, mesmo que fosse prejudicasse o rival Flamengo, e como Germán Cano, o artilheiro do Tricolor no ano, quer jogar todas as partidas até o fim.

A política do Fluminense é ganhar sempre. Está muito claro. Depois que a gente ganhou a Libertadores, estamos invictos no campeonato, temos dois empates e duas vitórias. Diniz disse isso e o Cano também, ao falar que quer jogar todos os jogos até o fim do Brasileirão. Contra o São Paulo tivemos alguns desfalques, contra o Coritiba também, por lesão ou cartões e vamos jogar até o fim do campeonato com o que tivermos de melhor por vários motivos. Nos últimos anos estivemos sempre na primeira página. Tem questão de premiação, que é muito importante, a cada lugar que sobe a premiação vai subindo. Para nós é muito importante do ponto de vista financeiro também, de orçamento.

Bittencourt ainda citou os aspectos financeiros de terminar o Brasileirão em posições acima. No momento, o Flu é o sétimo e, se o campeonato acabasse hoje, levaria R$ 31,5 milhões de premiação. A cada posição abaixo, o prêmio diminui exponencialmente, sendo quase o dobro da sétima colocação ao 12º (R$ 18 milhões).

– Vocês conhecem bastante o nosso treinador. Ele não admite pensar em algo que não seja vitória, vitória e vitória. Vamos jogar por esses nove pontos. Ontem conversamos sobre isso, ter uma meta de, no mínimo, 60 pontos até o fim do campeonato, justamente porque nos últimos anos sempre estivemos no topo do Campeonato Brasileiro. Por exemplo, a diferença de dinheiro da sétima para a 12ª colocação é brutal. Se fizéssemos um fim de campeonato ruim, isso daria um problema em questão de receita também. Vamos disputar e, no final, que vença o Brasileirão o clube que for melhor – completou o presidente do Fluminense.

O duelo contra o Palmeiras acontece no próximo domingo (3), no Allianz Parque, mas antes o Tricolor das Laranjeiras visita o Santos nesta quarta-feira (29). A equipe de Fernando Diniz fecha o Brasileirão contra o Grêmio, em casa.

Ainda há outro fator para o Fluminense pensar no fim desta temporada e, talvez, atrapalhar o foco no Brasileirão com medo das lesões: o Mundial de Clubes. Em 18 de dezembro, eles fazem a semifinal contra Al-Ahly, Al-Ittihad ou Auckland City. Em caso de passar para a final, os rivais podem ser Manchester City, Léon ou Urawa Reds.

Além de Palmeiras e Flamengo, Brasileirão ainda tem outros candidatos ao título

A dupla vencedora de quatro Libertadores e quatro Brasileiros nos últimos cinco anos não está sozinha na luta pelo título nacional desse ano. Além de Alviverdes e Rubro-Negros, o Botafogo, que liderou entre a terceira e a 33ª rodada e chegou a ter 13 pontos de vantagem, ainda tem chances de conquistar o Brasileirão, pois soma 62 pontos, apenas um a menos de Palmeiras e Flamengo. Mais atrás estão Atlético-MG (60), Grêmio e RB Bragantino (ambos 59) – todos ainda com possibilidades de levantar a taça.

Veja os três jogos finais dos seis candidatos ao título do Brasileirão 2023.

Palmeiras

  • vs América-MG, quarta-feira (29), às 21h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque;
  • vs Fluminense, domingo (3), às 16h, no Allianz Parque;
  • vs Cruzeiro, quarta-feira (6), às 21h30, no Mineirão.

Flamengo

  • vs Atlético-MG, quarta-feira (29), às 19h30, no Maracanã;
  • vs Cuiabá, domingo (3), às 16h, no Maracanã;
  • vs São Paulo, quarta-feira (6), no Morumbi.

Botafogo

  • vs Coritiba, quarta-feira (29), às 21h30, no Couto Pereira;
  • vs Cruzeiro, domingo (3), às 18h30, no Nilton Santos;
  • vs Internacional, quarta-feira (6), às 21h30, no Beira-Rio.

Atlético-MG

  • vs Flamengo, quarta-feira (29), às 19h30, no Maracanã;
  • vs São Paulo, sábado (2), 21h, na Arena MRV;
  • vs Bahia, quarta-feira (6), às 21h30, na Arena Fonte Nova.

Grêmio

  • vs Goiás, quinta-feira (30), às 19h, na Arena do Grêmio;
  • vs Vasco, domingo (3), às 18h30, na Arena do Grêmio;
  • vs Fluminense, quarta-feira (6), às 21h30, no Maracanã.

RB Bragantino

  • vs Fortaleza, quinta-feira (30), às 20h30, no Nabizão;
  • vs Coritiba, domingo (3), às 18h30, no Nabizão;
  • vs Vasco, quarta-feira (6), às 21h30, em São Januário.

Veja a classificação do Brasileirão

Brasileiro Serie A
# Seleção J V E D +/- Pontos
1 Palmeiras

Palmeiras

38 20 10 8 31 70
2 Gremio

Gremio

38 21 5 12 7 68
3 Atletico Mineiro

Atletico Mineiro

38 19 9 10 20 66
4 Flamengo

Flamengo

38 19 9 10 14 66
5 Botafogo

Botafogo

38 18 10 10 21 64
6 Bragantino

Bragantino

38 17 11 10 14 62
7 Fluminense

Fluminense

38 16 8 14 4 56
8 Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

38 14 14 10 8 56
9 Internacional

Internacional

38 15 10 13 1 55
10 Fortaleza EC

Fortaleza EC

38 15 9 14 1 54
11 Sao Paulo

Sao Paulo

38 14 11 13 2 53
12 Cuiaba

Cuiaba

38 14 9 15 1 51
13 Corinthians

Corinthians

38 12 14 12 -1 50
14 Cruzeiro

Cruzeiro

38 11 14 13 3 47
15 Vasco da Gama

Vasco da Gama

38 12 9 17 -10 45
16 EC Bahia

EC Bahia

38 12 8 18 -3 44
17 Santos

Santos

38 11 10 17 -25 43
18 Goias

Goias

38 9 11 18 -17 38
19 Coritiba

Coritiba

38 8 6 24 -32 30
20 America MG

America MG

38 5 9 24 -39 24
Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo