Brasileirão Série A

Primeiro clássico de Artur Jorge é chance de comprovar evolução do Botafogo

Com três vitórias seguidas, o Botafogo tem, neste domingo, contra o Flamengo, o seu primeiro clássico pelo Brasileiro e sob o comando do português Artur Jorge

Depois de um começo um tanto quanto turbulento, com duas derrotas, o técnico Artur Jorge já começou a colocar a sua cara no time do Botafogo. E, agora com três vitórias seguidas, o Glorioso tem pela frente o seu maior desafio, até o momento, com o treinador português. Na manhã deste domingo (28), o Botafogo encara o clássico com o Flamengo, às 11h (horário de Brasília), no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Este também será o primeiro clássico do Glorioso na competição e de Artur Jorge no comando do clube.

Nestas três vitórias seguidas, o Botafogo encarou times que eram visivelmente inferiores tecnicamente e com poder de investimento muito menor. O Glorioso venceu o Atlético-GO e o Juventude, clubes que subiram da Série B no último ano, pelo Brasileiro, e o Universitario-PER, pela fase de grupos da Copa Libertadores, quando conquistou a sua primeira vitória na competição.

É claro que é o Botafogo já apresentou uma evolução nesta sequência positiva com Artur Jorge. O time passou a produzir mais oportunidades de gols e, com Bastos, a defesa também passou a dar mais segurança para a equipe e a torcida. Nestes três jogos, foram nove gols marcados e apenas dois sofridos.

Agora, contra o Flamengo, neste domingo, Artur Jorge tem a oportunidade de comprovar, contra um adversário mais qualificado, a evolução do seu trabalho no comando do Botafogo. Uma vitória contra o poderoso rival pode selar a boa fase do Glorioso e embalar ainda mais o clube para a sequência da temporada, que tem o começo da terceira fase da Copa do Brasil e os jogos decisivos da fase de grupos da Libertadores.

Artur Jorge coloca Flamengo na briga do título

Depois da vitória sobre o Universitario-PER, na última quarta-feira, pela Copa Libertadores, o técnico Artur Jorge falou sobre o clássico com o Flamengo, no Maracanã. Para o português, o Rubro-Negro é um dos candidatos ao título do último Brasileiro. No entanto, para ele, a recente sequência de vitórias já deixa o time em situação mais confortável na tabela de classificação.

– Vou começar a falar sobre a expectativa porque sou bem mais positivo do que você. Ganhamos três jogos e é isso que me alimenta. Teremos um jogo muito difícil contra um dos candidatos ao título, é uma equipe de grande qualidade técnica. Tentaremos estar preparados. Ninguém ganha os jogos antecipadamente, tentaremos nos preparar para estar preparados – disse Artur Jorge sobre o clássico com o Flamengo.

Botafogo poda passar o Flamengo na classificação

Além de confirmar a boa fase do time, uma vitória no Maracanã pode ser ainda mais significativa para o Botafogo. Como o jogo abre o domingo, o Glorioso pode até começar o dia na liderança do Campeonato Brasileiro, ultrapassando, entre outros times, o próprio Flamengo. Atualmente, o Glorioso é o quinto colocado, com seis pontos – dois a menos que o Atlético-MG, atual líder da competição e que já jogou nesta rodada. O Rubro-Negro é o terceiro colocado, com sete pontos.

Botafogo vai ter desfalque importante contra o Flamengo

Para tentar buscar a vitória no seu primeiro clássico neste Brasileiro, o Botafogo também vai precisar superar um importante desfalque do time. Com uma lesão no músculo posterior da coxa direita, o atacante Tiquinho Soares deve ficar fora dos jogos do Glorioso por cerca de seis semanas.

Se optar pela mesma substituição que fez durante o jogo com o Universitario-PER, Artur Jorge vai promover a titularidade do meia Eduardo, que entrou no lugar de Tiquinho Soares na partida da última quarta-feira. Assim, o camisa 33 atua mais avançado, ao lado de Júnior Santos, mas com liberdade para flutuar por outros setores do time e até aparecer na área para finalizar, como fez contra o Universitario.

Dessa forma, o Botafogo deve entrar em campo com: John; Damián Suárez, Halter, Bastos e Hugo; Danilo, Tchê Tchê (Marlon Freitas; Luiz Henrique e Savarino, Tiquinho Soares e Júnior Santos.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo