Brasileirão Série A

Palmeiras define programação de fim de ano, e Abel participa de planejamento para reapresentação em 2024

Quase campeão brasileiro, Palmeiras definiu início do recesso dos jogadores com participação da comissão técnica portuguesa

O Palmeiras definiu seu cronograma para o fim desta temporada. Os jogadores saem de férias na quinta-feira, 7, dia seguinte a Cruzeiro x Palmeiras que define o Campeonato Brasileiro. Na manhã desta terça-feira, o grupo fdez seu último treino na Academia de Futebol.

O elenco vai retornar a São Paulo depois da partida, mas em um avião de carreira. O avião que a presidente Leila Pereira empresta ao clube está em manutenção. O time chega na capital na madrugada de quinta-feira.

Por essa razão, o clube também viaja para Belo Horizonte, com embarque previsto para as 16h desta quarta (5), em um voo fretado, mas não particular.

O clube não divulga qualquer planejamento quanto a desfile da delegação em caso de possível conquista. Mas a Trivela apurou que, como de hábito, existem planos pré-combinados para o caso de o time se sagrar campeão.

Pontos a definir para 2024

Faltam alguns detalhes para que o martelo seja batido quanto à data de reapresentação para 2024. A tendência é que o elenco volte aos trabalhos no dia 8 de janeiro – 13 dias antes da estreia da equipe no Paulistão.

Abel Ferreira e sua comissão técnica participam ativamente das conversas para o planejamento do próximo ano. Assim como trabalharam e trabalham nos planos de contratações.

Embora tenha contrato com o Palmeiras até o fim de 2024, Abel é pivô de impasse no clube. O estafe do treinador recebeu uma aproximação do Al Sadd do Catar, com uma proposta de R$ 190 milhões anuais, o que faria dele o técnico mais bem pago do planeta.

— Não defini (se fico), vocês sabem. Sabem o que passa comigo, que eu tenho contrato. Isso é especulação — foi o que ele disse na entrevista coletiva concedida após a vitória sobre o Fluminense (1 a 0), que praticamente garantiu a conquista do bicampeonato brasileiro ao Palmeiras.

A Trivela apurou que o Palmeiras, por não ter recebido qualquer proposta do clube catari, não está cobrando resposta de Abel. E entende que, se desejar romper o vínculo, é Abel quem tem de procurar o clube.

O Palmeiras não deseja encerrar a semana e entrar em recesso geral sem definição quanto ao futuro de Abel no clube. O português está ciente desta data.

Pedro Caixinha ou Vojvoda?

Trivela apurou que o nome de Pedro Caixinha, que acabou de renovar contrato com o Red Bull Bragantino para até o fim de 2025, não está sendo discutido como substituto de Abel. Em especial porque o clube não trabalha com a hipótese de Abel sair.

Vale o mesmo para o argentino Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza. Ambos são técnicos de ponta e poderiam ser considerados para o futuro. Mas, para o momento, não há nomes sendo discutidos.

Abel Ferreira enviou mensagens dúbias durante toda a entrevista coletiva concedida após a vitória sobre o Fluminense (1 a 0), que praticamente garantiu a conquista do bicampeonato brasileiro ao Palmeiras. Como, por exemplo:

– É desfrutar da jornada. Não sei até quando essa viagem vai durar… Eu tenho contrato e tem coisas no contrato que devem ser cumpridas.

Mas, no final, após muita insistência dos repórteres sobre o tema, o técnico encerrou a entrevista com uma frase e um gesto emblemáticos:

– Eu não sou ingrato – disse Abel, antes de dar uma piscada na direção da imprensa, bater com a caneta na mesa e deixar a sala sorrindo.

 

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023
Botão Voltar ao topo