Brasileirão Série A

Mochileiro do futebol: fora do Coritiba, Jesé Rodriguez parte à procura do 9º time em 7 anos

Desde que deixou o Real Madrid, Jesé Rodríguez tem tido dificuldades em se estabelecer em uma equipe. E com o Coritiba isso não foi diferente

Já rebaixado para o Brasileirão Série B, o Coritiba começa a colocar o planejamento para a próxima temporada em prática. Com isso em mente, a SAF alviverde anunciou uma barca na última quarta-feira (29). Entre aqueles que deixaram o Coxa está Jesé Rodríguez, que não correspondeu às expectativas de sua contratação.

Bicampeão da Champions League e do Mundial de Clubes, o atacante se tornou uma espécie de mochileiro do futebol. O espanhol não se firmou no Coritiba e agora precisa arrumar suas malas à procura do 9º clube nos últimos sete anos. Desde que deixou o Real Madrid, em agosto de 2016, Jesé tem tido dificuldades em se estabelecer em uma equipe. E no Coxa isso não foi diferente.

Jesé Rodríguez rodou pelo mundo de chegar ao Coritiba

Considerado uma grande promessa da base merengue, o atacante ultrapassou a marca de 90 jogos com a camisa dos Blancos, onde marcou 18 gols e distribuiu 15 assistências. Na temporada 2016/17, foi contratado pelo PSG por € 25 milhões (cerca de R$ 88 milhões à época), mas seu investimento não se pagou dentro de campo.

Após assinar um contrato longo com os franceses, o espanhol não teve sequência na Ligue 1 e começou a acumular empréstimos. Em janeiro de 2017, foi emprestado ao Las Palmas, onde ficou até junho daquele mesmo ano. Depois, na temporada 2017/18, foi cedido pelo PSG ao Stoke City, tendo permanecido na Inglaterra por um ano.

No início de 2019, Jesé Rodríguez voltou para a Espanha, desse vez para o Betis, após voltar a ficar sem espaço na França. Já na temporada 2019/20, acabou sendo cedido para o Sporting, mas também não teve sucesso em Portugal. Em dezembro de 2020, o PSG decidiu rescindir o contrato do atacante espanhol.

Em fevereiro de 2021, Jesé retornou ao Las Palmas, onde ficou até julho do ano seguinte. No começo da temporada 2022/23, o atacante assinou com o Ankaragücü, da Turquia. Contudo, mais uma vez, o espanhol quebrou seu contrato em janeiro de 2023.

Ainda na Europa, foi a vez de Jesé Rodríguez ir para a Itália, onde defendeu as cores da Sampdoria, que acabou rebaixada. Após ficar livre no mercado novamente, foi a vez do Coritiba apostar na contratação do atacante espanhol. Só que ele também se mostrou uma decepção no Brasil.

Aventura brasileira tem mesmo resultado frustrante

Em setembro, o Coxa anunciou a chegada de Jesé, outro reforço europeu após as contratações de Samaris e Slimani. O atacante chegou com uma missão bem clara: ajudar o Coritiba a queda para a segunda divisão. Porém, a aventura brasileira teve o mesmo resultado frustrante para o espanhol.

Longe da forma física ideal, Jesé Rodríguez fez sua estreia com a camisa alviverde na derrota por 5 x 1 para o Vasco, fora de casa, pela 24ª rodada da Série A, saindo do banco de reservas no 2º tempo. O atacante espanhol só voltaria a entrar em campo pelo Coxa quase um mês depois, na derrota para o Cuiabá por 3 x 0, no Couto Pereira, já na 27ª rodada do campeonato. De novo, ele não começou entre os titulares.

Na rodada seguinte, Jesé entrou quase nos acréscimos finais da derrota do Coritiba para o Palmeiras por 2 x 0, em casa. Já em novembro, o atacante foi acionado nos últimos momentos das derrotas em casa para Grêmio (1 x 2) e Goiás (0 x 1). A última partida do espanhol com a camisa alviverde aconteceu no dia 25 de novembro, quando inclusive marcou seu único gol no Brasil na derrota para o Fluminense por 2 x 1, no Maracanã.

Ao todo, foram 90 minutos somados em seis jogos pelo Coxa. Fora dos planos do Coritiba para 2024, Jesé Rodríguez terá que fazer diferente no próximo time. Caso contrário, a tendência é que ele continue fazendo ‘mochilão'.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo