Brasileirão Série A

Vive um drama o Internacional: sem Renê e com Dalbert desastroso, o que fazer na lateral-esquerda?

Com Renê no departamento médico, Dalbert teve atuação desastrosa na derrota do Internacional para o Coritiba e deixa Colorado vivendo drama na lateral-esquerda

A lateral-esquerda se transformou em drama para o Internacional. Após Renê sentir desconforto muscular na véspera do jogo contra o Coritiba, Dalbert recebeu nova oportunidade, mas teve atuação desastrosa na derrota colorada por 4 a 3, em pleno Beira-Rio, na noite do último domingo (29), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Dalbert tem atuação desastrosa em derrota para o Coritiba

No primeiro tempo, o lateral-esquerdo apresentou fragilidade na marcação, que o Coritiba, com um a mais desde os seis minutos, soube explorar. Foi por ali que surgiram os dois primeiros gols do Coxa. No primeiro, aos 27 minutos, Natanael cruzou rasteiro, Johnny desviou para trás, na trave, e Garcez abriu o placar no rebote. No segundo, aos 48, Robson recebeu em profundidade e cruzou na segunda trave para Matheus Bianqui, que cabeceou para ampliar.

Mas a gota d'água para Dalbert aconteceu aos 17 minutos do segundo tempo. Ele e o goleiro Rochet resolveram tabelar em zona extremamente perigosa, até que o lateral-esquerdo recuasse de forma apertada. O Coritiba retomou a bola, que ficou com Robson, o qual foi atropelado por Dalbert. Inicialmente, no campo, foi assinalado impedimento do atacante do Coxa. Porém, as linhas traçadas pelo VAR confirmaram posição legal, e, com auxílio do vídeo, o árbitro André Policarpo Bento marcou pênalti.

Ainda antes da confirmação da penalidade, Coudet chamou o jovem João Dalla Corte, de apenas 17 anos. Zagueiro canhoto, ele também joga de lateral-esquerdo e ingressou na vaga de Dalbert logo após Robson converter a cobrança e fazer 3 a 1 para o Coritiba. Mas o garoto também teve noite infeliz em sua estreia como profissional. Aos 42 minutos, cometeu pênalti ao se precipitar em entrada sobre Bruno Gomes, no lado esquerdo da grande área. O quarto gol, marcado novamente por Robson, esfriou a reação colorada.

Opções na lateral-esquerda do Internacional contra o América-MG devem ser as mesmas

O problema se estabelece para a sequência do Inter. Se Renê não se recuperar a tempo para o jogo de quarta-feira (1º), às 19h, contra o América-MG, novamente no Beira-Rio, Dalbert é, mais uma vez, a única alternativa da posição. Thauan Lara, outro lateral-esquerdo do elenco, está servindo a Seleção Brasileira nos Jogos Pan-Americanos do Chile.

Além de João Dalla Corte, outra alternativa de improvisação é Nico Hernández, que já atuou como lateral-esquerdo em momentos anteriores carreira. Entretanto, a tendência é que colombiano seja utilizado na zaga, já que Vitão cumpre suspensão por conta da expulsão direta logo aos seis minutos de jogo contra o Coxa.

Dalbert tem pouco tempo para dar volta por cima e justificar renovação

Se Dalbert for escalado novamente contra o América-MG, precisará dar a volta por cima. Antes da desastrosa atuação contra o Coritiba, o lateral-esquerdo já havia falhado na derrota para o Atlético-MG, em que cobrou lateral de forma precipitada, gerando o segundo gol do Galo, marcado por Igor Gomes.

Contratado pelo Inter no início de setembro, depois de mais de um mês sem atuar por conta de grave lesão no joelho, Dalbert assinou vínculo de apenas três meses. Portanto, tem pouco tempo para mostrar que merece renovação de contrato. A amostragem, até aqui, não recomenda.

 

 

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo